Inspiring Generation (k-drama)


              Quando esse dorama foi lançado, fiquei muito empolgada, afinal, já fazia uma vida que o ator Kim Hyun Joong não aparecia em nenhum outro dorama. Por ser um dos primeiro atores que  eu conheci, meio que tinha muito carinho por ele. Entretanto, minha empolgação acabou a partir do momento em que comecei a assistir. Primeiro que  o personagem dele não me conquistou de jeito algum. Não sei, talvez o que gostava dele era a imagem que ele passava nos personagens anteriores e aí não consegui gostar nem um pouco do personagem atual dele.
            Provavelmente, esse era só um dorama que não era o meu tipo, por isso que não gostei. Foi por causa dele que eu passei a não suportar uma certa atriz em particular, Jin Se Yun. Eu poderia dizer que não gostava da personagem dela, mas seria mentira, afinal, não importa a  personagem que ela faz, eu continuo não suportando-a e já deixei de ver vários doramas por causa dela. Motivo? Também queria saber.  Outro, foi que eu shippei completamente errado. Isso acabou comigo e me fez perder totalmente interesse no dorama, afinal,  esse relacionamento que eu esperava era o que eu acreditava que ia dar um up na história toda.


            A produção é bem diferente e, como sempre, muito bem feita. O elenco também tinha muitos e muitos atores bons. A história é muito boa. Na verdade, não é ruim, só não andou como eu esperava, o que me levou a não agostar. Eu demorei mais do que o normal para terminar este dorama, por ele não ter me empolgado nem um pouco no final. Não fui fisgada mesmo, ainda o terminei bem brava. Esse dorama é baseado na série de quadrinhos "Age of feeling", de Bang Hak Ki.
            Uma história começa na época de 1930, em Xangai, China. Contém  amor, amizade, patriotismo e muita violência. Mostrando também os conflitos entre os principais países orientais: China, Coreia e Japão. Nessa época, era muito difícil para as pessoas viverem, pois tinha muita fome, as mulheres eram severamente maltratadas  e os gangster e organizações de assassinos secretos eram quem mandava no pedaço. Então, um lutador se levanta e tenta mudar essa realidade para proteger sua família e sua terra, que ama com toda sua força.

            Shin Jung Tae  é um homem que já passou muitas coisas. Quando tinha 15 anos, viu seu pai ser morto por um soldado japonês  em uma ocupação japonesa em Xangai e acabou por ser falsamente acusado do crime. Sem poder buscar qualquer justiça, ele vive seus dias fazendo justiça nas ruas de Xangai, usando seus punhos. E assim se tornou um dos melhores lutadores e agora usa sua habilidade para proteger quem ama.  Quando ainda era adolescente, conheceu  uma garota, a qual acabou por se tornar um grande amigo. Entretanto, algo deu errado  e eles nunca mais se viram.


            Gaya Teguchi, minha favorita dessa história, acho uma pena terem ressaltado tão pouco sobre ela.  Quando mais nova, fazia de tudo para sobreviver, até mesmo roubar. Ela vivia somente com seu pai. Um dia, alguém assassina seu pai, sem entender nada, sem saber para onde ir, algumas pessoas dizem que ela é neta do presidente de uma organização mafiosa japonesa (yakuza). E ela vai embora daquele lugar, deixando para trás apenas um amigo que estimava, Shin Jung Tae. Agora, ela tem que se tornar a sucessora perfeita e começa desde cedo com toda a aprendizagem. Até que um dia, volta para Xangai uma mulher totalmente diferente de antigamente, habilidosa e friamente calculista.  O que ela não sabia é que um dos seus inimigos seria seu único amigo daquele lugar e talvez o primeiro amor.

            Kim Ok Ryeon,  ela é alguém que eu queria pular, mas por ser uma das principais, não posso deixar passar, já que ela é muito importante. Essa moça conhece Shin Jung Tae  desde que eram muito novos e ela sempre foi apaixonada por ele. Sim, rolava alguma coisa entre eles,  afinal, Ok Ryeon era uma das pessoas que mais o apoiava e o ajudava com muitas coisas, até mesmo cuidar da irmãzinha doente dele. Shin Jung Tae  sumiu por um tempo, ela foi para lugares em que poderia ser possível encontrá-lo.

            Não tenho muito a dizer sobre esse dorama. Para ser sincera, como assisti há algum tempo e eu não gostei dele, acabei apagando muitas coisas sobre ele da minha memória. Tem outros personagens interessantes também. Os conflitos dos chineses, coreanos e japoneses são bem interessantes.  Muita ação, de certa forma, e pouco de romance para complementar.  Como disse, não é ruim, eu não gostei por motivos particulares. Também, se está esperando muito romance, esquece, vai ver que é por isso que não gostei dele, pois esperava muito romance e acabou sendo neutro. Nem foi para o lado que eu queria. Já assistiram?

Gênero:  Romance, Drama, ação

Dorama:   24 episódio 

0 comentário

Postar um comentário