I need romance 3 ( K-Drama)

         
           Eita! A Netflix está a cada dia mais melhorando a seleção dos doramas. Esse que vou falar hoje é um dos doramas que você encontra lá para assistir com muita facilidade. I need romance é como uma série e cada temporada tem personagens diferentes com vidas totalmente diferentes. Eu já falei do I need romance 1 (clique aqui). O dois ainda não assisti. Esse dorama traz umas relações amorosas mais maduras, com direito a cenas mais quentes e beijos de verdade.  Só que o três, comparado com o primeiro, não tem cenas tão "novela da Globo". Achei que, nesse termo de cenas quentes, eles foram mais reservados.
            A história desse é bem interessante. Embora o primeiro rodeie a vida de três mulheres, esse rodeia a de quatro, mas dando mais foco para a que eu vejo como a principal da história. As envolvidas trabalham em uma rede de compras em casa. Sabe aqueles canais que achamos na TV que ficam o dia todo vendendo coisas? Esse é o tipo de trabalho que elas fazem e são uma equipe.
            Dessa vez, escreverei um pouco diferente: contarei a história de cada uma e seus envolventes separadamente.

               Shin Joo-Yeon é uma mulher que perdeu a fé no amor depois de tantas decepções ao longo da  vida. Aos trinta e três anos, ela achava que estava prestes a dar mais um passo com o seu namorado quando ele terminou com ela. Tudo bem, afinal, ela já estava acostumada, pois a vida é assim mesmo. Joo-Yeon é viciada em seu trabalho, uma pessoa que não tem amigos e não faz laços com ninguém, afinal, até mesmo a fé na amizade é algo que ela perdeu há muito tempo. Um dia, Joo-Wan, a criança que ela cuidou quando ainda era uma adolescente e que ela achava tão feio que apelidou de batata doce, voltou da américa pedindo para passar um tempo na casa dela, o que não a deixou contente.

            Joo-Wan, aos vinte anos, volta para rever o seu primeiro amor. Hoje, ele é um produtor de música prodígio muito famoso e, diferentemente do que Shin Joo Yeon lembra dele sendo feio, na verdade, hoje é um homem espetacular. Quando ele a reviu, ficou decepcionado, afinal, a garota que ensinou todos os sentimentos bons da vida e a razão dele amar a música não era mais a mesma. Sem dizer nada a ela, apenas a observando de longe, ele viu uma pontinha da mulher que ele gostava e que apenas a vida a fez ficar assim. No começo, sem dizer nada, eles meio que ficaram amigos e então acabou rolando um beijo. Só que, quando ela descobriu quem ele era, colocou uma parede, dizendo que não conseguia vê-lo como homem.

            Entretanto, depois que esses dois começaram a viver embaixo do mesmo teto, mesmo ela dizendo que não gostava dele e queria que ele fosse embora, logo ela percebeu que não conseguia mais viver sem ele, pois era confortável. Joo-Wan virou um bom amigo para ela, quem a confortava, quem a repreendia. Ele a mudou, transformando-a em uma pessoa melhor. Mesmo que  isso o matasse por dentro, ajudou-a perceber quem ela amava na verdade: a pessoa que ela achava que era apenas admiração, seu chefe. Com o tempo, isso foi ficando difícil para ele. Mesmo que ele dissesse todos os dias que a amava e a tratasse tão bem, ela continuava indo para o outro lado e se apegado a um homem que não sentia o mesmo por ela. Então, ele  a colocou ela na parede e perguntou: “eu ou ele? Como se sentiria se eu sumisse?”. Friamente, ela não o escolheu, então ele foi embora. Nessa época, acho que nem ela imaginava que ele já era muito mais do que ela havia percebido.

            Park Hyo Joo é uma mulher de trinta e cinco anos também (nessa faixa, não lembro ao certo), solteira, que  vive apenas de sexo casual, sem um compromisso sério qualquer. Um dia, começa a ter uns encontros casuais com um homem para o qual ela mentiu sua idade e nome. Depois, ela começou a se sentir estranha, por isso vai ao médico e descobre que está para entrar na menopausa, o que a deixa devastada. Contudo, depois de um tempo, ela faz um exame e descobre que está grávida e pode ser a sua última chance de ser mãe. Agora ela estava totalmente perdida, sem saber o que fazer e que decisão tomar. E agora? O que será que ela vai fazer? Contatar o pai da criança ou ser mãe solteira?

            Yoon Seung-Ah é uma moça que namora há muito tempo um rapaz que está estudando muito para passar em uma espécie de concurso. A vida deles é economizar, por isso nunca têm dinheiro para sair ou até mesmo conseguir um lugar privado para namorar. Ela sempre o incentivou nos estudos, afinal, era o futuro de ambos que estava em jogo. Só que isso começou a frustrá-la e ela o pressionava mais ainda, querendo que ele vivesse para mais nada além de estudar. Um dia, depois de brigar com o seu namorado, ela desabafa com seu colega de trabalho, Park Yoo-Hwan, e acaba rolando um beijo entre eles. Agora ela não sabe como lidar com ambas situações.

“Se não há amor, não há ódio.”
            Oh Se Ryeong é uma estilista muito conhecida e bem odiada por Shin Joo-Yeon, mas nem sempre foi assim, pois elas foram muito amigas no passado. Só que a má personalidade de Se Ryeong, que faz o que quer e ao invés de querer desfazer mal-entendidos prefere botar lenha na fogueira, gerou muitos mal-entendidos na vida dela, que é muito orgulhosa. Ela é uma mulher que dá duro em seu trabalho e faz qualquer coisa por ele, mesmo que isso não seja algo realmente digno. Por causa disso, ela perdeu Kang Tae –Yoon, o homem com quem ela teve momentos maravilhosos. Ela mesmo terminou com ele, pensando que não seria nada demais. Entretanto, agora, depois de revê-lo, ela vê o quanto ele ainda é importante para ela.

            Kang Tae-Yoon é o chefe de Shin Joo-Yeon, um homem que também parece ter perdido a fé no amor. Só que, quando ele encontra Oh Se Ryeong, ele resolve dar uma chance a ela e eles voltam a namorar, mas ao perceber que ela não havia mudado nada, dessa vez ele mesmo terminou. E aí, para ser cruel com ambas as mulheres, usou Shin Joo-Yeon para fazer ciúmes ou dar um basta na relação. Tudo isso porque ele não sabia dos sentimentos de Joo-Yeon. Depois, ele resolveu namorar com ela e fazer o possível para que ambos pudessem, de fato, ter uma boa relação. Embora ele não levasse em consideração Joo-Wan como rival, logo ele viu uma Shin Joo- Yeon diferente quando estava na presença daquele moleque, o qual ele começou a se preocupar.

            É basicamente isso que acontece na vida de cada um desses personagens. Eu gosto muito. Inclusive, a trilha sonora desse dorama é ótima, têm duas que gosto muito e até coloquei na minha playlist. Eu superindico esse dorama, porque corre tudo de forma intrigante e, vamos lá, é bem mais profundo.

            Semana passada, eu indiquei doramas de Noona e esse foi para lista, afinal, a mulher principal tem trinta e três anos e o garoto vinte anos. Também tem todo esse lance de idade, que é bem legal, interessante e curioso. Eu fico bem curiosa em saber como seria um relacionamento assim.  E aí? Já assistiram??? O que acharam???

Gênero:   Romance, Comedia e Drama
Dorama:  16  episódios

2 comentários:

  1. Não tenho netflix, será que encontro esse dorama no viki? fiquei com vontade de assistir!

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então tinha no Viki, so que como esta na netflix acho que bloquearam para ver. mas deve achar para abaixar acredito.

      Excluir