Kimi wa maru de, Ano hana no you de



Esse é um mangá shoujo de apenas um volume, com apenas 3 capítulos. É realmente muito rápido. Sua ilustração é muito bonitinha e a história é muito fofa. Acho que, se fosse uma história mais extensa, causaria muito impacto. Seria sofrido. Todavia, como é muito curtinha, não deu para trabalhar tão bem, então foi até tranquilo.
A história gira em torno de uma adolescente que teve seu coração dolorosamente partido pelo seu senpai, do clube de basquete, quando estava no fundamental. Agora, no colegial, deseja encontrar um novo amor. No entanto, o que ela não poderia imaginar era que o seu antigo amor estava ali, na mesma escola. Muito menos poderia acreditar que acabaria sob os encantos dele novamente e que seu bobo coração acabaria apaixonado mais uma vez. A jovem sabia que se machucaria novamente, então, tentou evitar. Acabou entrando para o clube de basquete e ficou chocada quando descobriu que nem ele e nem sua namorada estavam fazendo parte. Era estranho, porque sempre falavam de sua paixão pelo esporte. Então, ela descobre algo que realmente a abalou. Ela conseguirá curar a dor do coração do seu amado? Mais que isso, ela conseguirá florescer em seu coração?
(Atenção: spoiler!!!)


Nazu é uma garota muito fofa, animada, apaixonada e obstinada. No fundamental, começou jogar basquete. Era onde o seu crush estava, mas descobriu que ele tinha uma namorada e, pior que isso, a garota era um amor de pessoa. Então, seu coração foi partido e foi muito difícil. Agora que ela está apaixonada pela mesma pessoa, o cenário não é mais o mesmo. Nazu mostrou ser uma garota muito compreensiva e madura para lidar com a situação. Se dessa vez o amor pudesse florescer entre eles, isso poderia acabar com muitas dores de ambos os lados?


Nao é um adolescente bonito, simpático e amigável. No fundamental, ele tinha uma namorada que era do mesmo clube e eles se amavam muito. Porém, esse relacionamento teve seu fim, quando ela morreu em um acidente. Não sendo capaz de superar a tristeza de viver sem sua amada, Nao não joga mais basquete. Apesar de amar, toda vez que o jogo acaba, seu ser se toma de tristeza. Contudo, muitas coisas que estavam paradas começaram a andar quando uma caloura se declara e se esforça para animá-lo a encarar a vida novamente. Ele conseguirá seguir em frente?
É um amorzinho, esse mangá. Pensando bem, combina muito bem com o anime dessa semana. A história sobre perda é um pouco parecida. Indicado!!!


Gênero:   Shoujo, romance, Drama,
Autor:  Gouto Misaki
Mangá:    1 volume
0 comentário

Photoshoot - Qiu Tong e Sun Jing ( Tamen de Gushi )


Depois de quase um ano que fizemos esse ensaio, finalmente posso compartilhar com vocês esse shoot tão fofinho. A Qiu e a Sun são muito fofas, não dá pra negar né? Já tivemos um Shoot delas aqui (clique aqui) muito amorzinho com a roupa de colegial, vejam por favor porque é muito kawaii mesmo. O de hoje é um casual, o tema é encontro. A minha amiga Tabhi foi quem fez a Sun Jing, olha como ela é maravilhosa, meu coração de Sun Tong fica até agitado.
 Esse photoshoot foi feito pela minha amiga Kohana, que sempre me ajuda, fazendo fotos maravilhosas. Ela editou uma parte depois eu e a Tabh o restante. Todas essas fotos foram tiradas no parque Tia Nair. Foi um dia de muito SOL, mas foi incrível. As fotos ficaram tão lindas. Espero que vocês gostem.












E ai o que acharam? Gostaram??? Eu estou muito apaixonada. Continue de olho em breve terá mais shoot de cosplay.

0 comentário

Given



De um tempo para cá, tenho estado muito na vibe de yaoi. Mesmo com o novo ano, ainda continuo com o mesmo sentimento. Quando, no ano passado, “Given” foi lançado, eu estava querendo ver. Agora, finalmente surgiu a oportunidade. Esse anime é muito amorzinho. Tem uma história muito bonita e personagens cativantes, além envolver música. Para mim, que amo me expressar através da música, foi algo realmente tocante de se ver.  O mangá foi lançado em 2013 e ainda está em andamento. Consegui ler até o capítulo 17, praticamente bem perto do fim da animação. A ilustração é muito boa, ao menos eu gosto. Ele tem um áudio drama que foi laçado em 2016, que se encontra ainda em lançamento. O anime foi lançado em 2019. Com apenas 11 episódios, eles foram capazes de seguir muito bem a história original. Nesse ano, lançarão o filme. Estou bem ansiosa para ver o que vai ser, mas parece que tratará sobre os personagens secundários.
A história gira em torno de dois adolescentes distintos. Um não sente mais prazer nem nas coisas que gosta, como o basquete e a sua guitarra. O outro está parado no tempo, submerso em uma dor que não sabe como pôr para fora, então tudo o que pode fazer é se apegar à guitarra, que um dia fez parte de alguém muito importante. O destino estava para unir esses dois, para que ambos encontrassem seus caminhos e se libertassem daquilo que os prediam de seguir em frente. O jovem desanimado encontra esse garoto, que parecia estar vivendo no mundo da lua, agarrado em sua guitarra como se fosse um bote salva-vidas, sem entender qualquer coisa sobre música. Depois de muita insistência da parte desse menino, ele decidiu ensiná-lo a tocar. Assim, aos poucos, passou a recuperar o ânimo para a música que tanto ama, ficando cada dia mais absorvido pelo seu novo companheiro. No entanto, ele ainda não tinha notado que seus sentimentos iam muito além de amizade. Até que o passado do qual seu parceiro não conseguia se libertar veio à tona e ele foi envolvido por um sentimento de ciúme incontrolável. Poderia estar gostando de um garoto de forma romântica? E que passado é esse que parece consumir em dor esse garoto?


(Atenção: spoiler!!!)
“Queria alguém que entendesse como é difícil e doloroso... querer gritar e chorar, mas não sou capaz de me expressar.”
Mafuyu Satou é um garoto bonito, quieto, introvertido e reservado. Na sua infância, ele sofria violência doméstica de seu pai. Assim, ele conheceu o seu melhor amigo, que o ajudou e sempre ficou ao lado dele, até crescerem. Dessa união de amizades inseparáveis, começou a ter um relacionamento romântico entre os dois. Porém, não durou muito. Após uma briga, uma tragédia os separou subitamente, de forma cruel.  Mafuyu simplesmente não sabia como lidar com tudo isso, não conseguia se perdoar e muito menos o perdoar. Ainda que não transparecesse, ele ainda está sob uma dor de que não era capaz de se libertar. Aquela guitarra de uma marca muito famosa, que ele carregava para todos os lados, mesmo não entendendo nada sobre música, pertencia à essa pessoa. Após Mafuyu encontrar Ritsuka, ele aprendeu sobre a música e reconheceu o seu talento como vocalista. Apenas quando teve que escrever uma letra para a sua primeira canção, foi capaz de se libertar de todo o passado doloroso e, enfim, começar a seguir em frente.  Ele estava gostando de uma nova pessoa e se apaixonando mais e mais pela música. Tinha um longo caminho a percorrer.


“Eu acho que o coração é como uma corda. É difícil e árduo, e tem vezes que isso não pode ser contido. E isso é porque dói como se uma corda esticada no peito estivesse sendo dilacerada. Como dedilhar uma guitarra apertada até o seu limite. Às vezes estala e você acha que não pode mais consertar, mas se você colocar uma nova corda, desse jeito, e tiver alguém para consertá-la.... Não vai curar a ferida, mesmo que só um pouco?”
Ritsuka Uenoyama é um rapaz atraente, de personalidade forte, atencioso e compassivo. Pode facilmente se irritar também. Aprendeu a tocar guitarra sozinho e faz parte de uma banda. Apesar de amar isso, com o tempo, foi esquecendo sobre sua paixão pela música e outras coisas da vida. Mesmo sendo popular, nunca esteve em um relacionamento e nem parece ter tido interesse. Apesar de ter uma vida comum, ele faz trabalhos de meio período para manter o hobby de músico junto de sua banda, que até então é só instrumental. Quando um garoto avoado apareceu em sua vida, muitas coisas mudaram. Apesar de não admitir, a cada dia mais queria saber sobre esse menino. Assim, começou a ensiná-lo, mesmo não tendo ideia de como o fazer. Quando ouviu Mafuyu cantar pela primeira vez, se apaixonou pela voz dele. Foi realmente tocado profundamente. Com muita luta, o convenceu a ser o vocalista de sua banda, mas o que ele não sabia era que esse sentimento estranho em relação a essa pessoa era amor.


Não tem como não se apaixonar, afinal, Mafuyu é um ser tão fofo, que dá vontade de pôr em um pote. Como não amar? Entendo totalmente os sentimentos de Ritsuka, inclusive o de ciúme, após descobrir o passado. Pensar que os sentimentos da pessoa que você gosta ainda estão em outra pessoa e que é um relacionamento que nem tem como dizer “sim” aos sentimentos, meu egoísmo não se dá bem com isso. Porém, o melhor te tudo foi um cara que não sabia que era gay perceber que estava gostando de um garoto pela primeira vez. Mesmo assim, não teve muitos problemas ao aceitar e nem sofreu muito. É claro que Mafuyu tinha muito a pôr no lugar. Porém, não acho que, apesar de ele ainda ter um passado difícil em seu coração, não tinha nutrido sentimentos por Ritsuka. 


Haruki Nakayama é um universitário gentil, alegre e despreocupado. Foi ele que montou a banda. É quem toca baixo. É uma boa pessoa que age como irmão mais velho, sempre resolvendo os problemas. Apesar disso, ele também pode ser bem sensível e tímido quando se trata de seus próprios sentimentos. Muito provavelmente, ele é bi, mas está apaixonado por seu colega baterista, que faz parte da banda. Nunca demonstrou tão abertamente os seus sentimentos, embora ele acabe o mimando muito. Então, continua levando seu amor platônico trancado a sete chaves. Às vezes, fica difícil disfarçar quando Akihiko acaba se aproximando tanto.


Akihiko Kaji é um universitário. Apesar de passar um ar assustador, é um cara muito legal, muito popular entre garotas e garotos. Também é bi, porém, parece carregar só amor pelo seu amigo, com o qual curiosamente mora, apesar de não terem um relacionamento romântico. Enquanto isso, ele fica com várias garotas diferentes. Na banda, ele toca bateria, apesar de tocar vários outros instrumentos, como violino, guitarra e baixo. Ele é o primeiro a reparar tudo que está acontecendo por baixo dos panos e até mesmo a aconselhar Ritsuka e Mafuyu. Existe muito sobre ele, e ainda estou muito na dúvida se ele percebe ou não os sentimentos de Haruki. Também quero muito entender melhor o relacionamento dele com o suposto amigo.
Esse anime é muito amorzinho. Eu gostei tanto! Vi que muitas pessoas o amaram também. Estou ansiosa para ver o desenvolvimento desses relacionamentos. Então, se você gosta desse gênero, você gostará muito dessa história. Ele é bem tranquilo. O desenvolvimento do romance foi bem puro e delicado. INDICADÍSSIMO!!!!


Gênero:   Yaoi, Drama, romance
Autor:  Natsuki Kizo
Mangá:  5 volume  
Anime:  11 episodio + 1 filme 
0 comentário

Projetos: Cosplays Futuros – Atualização 2020



Quando se é cosplayer, não existe esse negócio da lista de projetos diminuir, pois, pelo contrário, ela só aumenta. Como vocês me acompanharam até aqui, eu já fiz MUITOS cosplays, mesmo assim, a lista não diminuiu. Outros projetos surgiram e vão surgir, não tem como escapar. Muitos projetos de cosplays da lista do ano passado já estão em processo ou já foram feitos, por essa razão, saíram dessa lista. Agora, vamos à lista atualizada.


O primeiro cosplay é o personagem Xie Lian, um príncipe e deus marcial da novel chinesa “Tian Guan Ci Fu”. É um projeto que estou fazendo com a minha querida amiga, Athena.  Esse foi uma paixão que nasceu já quase no fim do ano e virou um amor que não tem como medir. Eu me apaixonei tanto pelo personagem e pela história, que decidi fazer 3 versões dele. Acreditem, não são trajes baratos, Hanfus são extremamente caros, então, será um projeto bem caro. Mesmo assim, eu quero muito fazer. Esse ano, provavelmente, só investirei mais nesse projeto. O primeiro traje é o que ele mais usa no dia a dia, um Hanfu branco bem simples com um chapéu de bambu. O segundo traje é uma roupa de casamento, um Hanfu vermelho. Na tradição chinesa, eles se casam de vermelho. O terceiro traje é o Hanfu mais caro de todos, que é a roupa de príncipe dele. É simplesmente fabulosa demais. Já comprei a peruca e a lente.


O segundo é o personagem Lan Yuan/ Sizhui junior da seita Gusu, do anime chinês “Mo Dao Zu Shi” ou o dorama “O Indomável”, que está na Netflix (vou fazer a propaganda logo). Eu me apaixonei por esse personagem tão doce e educado. É um projeto que farei junto das minhas amigas, Senpai e Hiakki. A-Yuan é um personagem tão amorzinho, que não tem como não amá-lo. Estou muito ansiosa para fazê-lo, embora queira muito um Jin Ling para ser meu par. Como vocês podem ver na imagem acima, o traje dele é esse Hanfu branco e uma espada. Outro projeto nada barato. Já comprei a peruca e a lente, agora tenho que esperar ter dinheiro para o traje, mas o que acho mais difícil é a espada.


O terceiro é a personagem Yuuki Kuran, do anime “Vampire Knight”. Eu tenho um caso de amor e ódio com essa personagem. Caso você se pergunte por que farei, apesar de não amá-la tanto, eu tenho a resposta certa para isso: eu amo a parte dela que ama o personagem Kanami, meu crush da vida. Como eu não o faria, quero muito ser amada por ele. Acho que tem alguém querendo fazê-lo, então estou animada. Farei a Yuuki versão vampira, uniforme branco.


O quarto é a personagem Rin Kagamine, do “Vocaloid”. Quando decidi fazer algum personagem, escolhi uma que me agradou visualmente e pelas músicas. Porém, me senti deslocada. Quando a minha senpai me sugeriu fazer a Rin, no começo, fiquei relutante. Contudo, depois de pesquisar muito sobre ela, acabei gostando, mas só fui me apaixonar mesmo quando a fiz ela pela primeira vez, na festa do pijama. Foi muito natural a forma que entrei na personagem. Foi incrível. Então, além do traje tradicional dela, que já está em produção, quero fazer mais quatro. O primeiro, versão “Bring it on”, que traz um ar bem rebelde para ela. A música fala muito sobre crescer e lidar com seus problemas da vida. A segunda é uma versão de anjo dela. Eu adorei muito esse traje. O terceiro é um vestido preto e amarelo, coisinha mais fofa do mundo. O quarto é a versão “Paradise”, um vestido branco muito fofinho.


O quinto personagem é Yuzu, do anime “Citrus”, um projeto que pretendo fazer com a minha amiga, Tabhi. Eu sempre gostei muito desse anime. Para ser sincera, nunca havia pensando em fazer cosplay dele, mas, baseada no fato de que a minha amiga adora e eu gosto muito, dei isso de presente de aniversário para ela. Vamos ver como se desenvolverá.


O sexto personagem é o Yue, do anime “Cardcaptor Sakura”. Eu nunca havia pensando em fazê-lo, mas, agora que não sou mais imune à personagens masculinos, eu decidi fazer alguns que sempre amei e admirei, mas nunca havia pensando em fazer. Embora, na verdade, Yue não tenha exatamente um gênero, sua aparência é masculina. Eu o acho simplesmente maravilhoso. Vai ser um sonho fazê-lo, só não sei quando.


O sétimo personagem é o Fay, do anime “Tsuabasa Chronicles”. Sempre amei muito esse personagem, mas nunca pensei em fazê-lo ainda. Tinha uma amiga que iria fazer, mas, por diversas situações, ela desistiu do cosplay. Depois de um tempo, eu realmente queria dar vida a esse personagem. Então, um dia, ainda não sei quando, eu o farei, com certeza.


O oitavo personagem é a Yona Hime, do anime “Akatsuki no Yona”. Claro que já falei dela aqui antes. Eu já tenho a versão dela fora do castelo, mas meu sonho é fazer a versão princesa. Esse é um traje bem caro e, no momento, não tenho previsão de quando farei. É um projeto que quero muito fazer, porque eu amo muito essa princesa.


O nono personagem é a Akane Tsunemori, do anime “Psycho-pass” (esse anime está na Netflix, assistam). Na verdade, já tenho todo o traje da personagem, só falta a arma e o meu parceiro resolver fazer. Tudo depende dele para esse projeto dar certo.


O décimo personagem é a Haruhi Fujioka, do anime “Ouran High School host club”.  Já falei desse projeto ano passado. Na verdade, não faço ideia de quando esse projeto sairá. Porém, ao menos uns casuais sairão, com certeza.


O décimo primeiro personagem é a Kyoko Mogami, do anime “Skip Beat”. Como já tinha dito a vocês no ano passado, eu tenho no mínimo 5 versões que gostaria de fazer dessa personagem. A primeira é a da própria personagem, que veste macacão rosa. A segunda é a da personagem que ela interpreta, Setsu. A terceira personagem é um anjo que ela interpreta. A quarta é a Natsu, também personagem que ela interpreta. A última personagem é a que é uma ninja. Não tenho previsão de quando farei. O macacão está pronto e, apesar de eu já ter o traje da Setsu, só teria graça fazer se fosse com o Cain. Por ora, estou um pouco desanimada com essa personagem.


A décima segunda personagem é a Michiru Kaiou, do anime “Sailor Moon”. Dessa minha Sailor Netuno, quero fazer duas versões. Primeiro o uniforme e segundo a roupa de combate. Esse é um projeto de grupo, então só sairá quanto todas decidirem fazer.


A décima terceira personagem é a Rukia, do anime “Bleach”. A versão dela de Shinigame é um projeto a longo prazo. Não tenho certeza quando farei. Veremos.


A décima quarta personagem é a Shirayuki, do anime “Akagami shirayuki Hime”. Na verdade, já tenho até os tecidos comprados. Era um projeto que pensava fazer nesse ano. Contudo, acabou que surgiram projetos que são mais caros. Estou louca para fazer, mas, por ora, não sei quando sairá. Também quero comprar outra peruca para ela, porque não gostei muito da que comprei. Apesar desse projeto estar assim, estou animada, porque farei com a minha amiga Athena. Um dia sai, definitivamente.


A décima quinta personagem é Nike Lemercier, do anime “Soredemo sekai wa utsukushii”. Eu amo muito essa história, mas fazer esse projeto depende da pessoa que se propôs a fazê-lo comigo. Como não sei se ela ainda fará, por ora, está aqui, em espera.


A décima sexta personagem é a Haru Kaidou, do anime “Super Lovers”. É outro personagem que está em espera, porque também dependo do meu parceiro nesse projeto. Apesar de eu já ter a peruca, não sei qual é a visão da minha amiga sobre esse projeto ainda.


A décima sétima personagem é Kazama Chikage, do anime “Hakuouki Shinsegume”. Esse é um projeto em grupo. Não sei exatamente quando sairá, pois depende da pessoa principal. Agora, mesmo se sair esse ano, não vou conseguir, por causa dos projetos caros. Então, veremos o que dá para fazer.
Então, por ora, esses são os meus projetos. Espero continuar parada nesses, mas acho impossível. Mesmo assim, vamos lá ter foco ao máximo. E aí, o que atualizou na lista de cosplay de vocês?

0 comentário

Ashes of love ( C-Drama)



Quando eu digo que estou apaixonada por doramas chineses de época, não é brincadeira. Se eu não tivesse o compromisso de manter esse blog, estaria mergulhada em um dorama atrás do outro. No fim do ano de 2019, comecei a assistir “Ashes of love”, que vocês encontram disponível na Netflix e no Viki. Esse dorama é muito cheio de magia, deuses, fadas e demônios. Um amor ardente, inveja, cobiça, traição e vingança. Vocês verão tudo isso nessa história maravilhosa. “Ashes of love” foi baseado em um romance chamado “Heavy sweetness, ash like forst”, de Dian Xian. O dorama foi lançado em 2018, com uma produção maravilhosa e um elenco formidável. Claro que não conheço muitos atores chineses ainda, mesmo assim, estou encantada com a atuação deles. Os efeitos ainda não são incríveis, mas estão melhores do que uns que vi anteriormente.
A história gira em torno de uma fada das flores de gelo que não consegue sentir algumas emoções, como o amor. Isso porque sua falecida mãe, que passou dificuldades com o amor, desejou que sua filha não passasse pelo mesmo. Contudo, o destino não seguirá o curso desejado. A jovem e ingênua fada, que viveu presa a vida inteira sem nem entender seu próprio gênero, deseja mais do que tudo liberdade e conhecer o mundo. Um dia, a oportunidade de sair dali surge, quando um homem pássaro imortal cai machucado perto de sua moradia. Após curá-lo, ele ouve o desejo da jovem a leva para fora, sem imaginar os problemas que isso causaria. Logo, o jovem rapaz percebeu que essa fada não era um homem, mas uma mulher, porém, não disse nada. Aos poucos, acabou se apaixonando pela linda fada. Contudo, seu irmão mais velho, que a conheceu por acaso, também acabou se encantando pelo jeito ingênuo, animado e doce da jovem. Ambos não sabiam sobre a ingenuidade dessa fada, que não sabe diferenciar sentimentos, quanto mais realmente sentir o que é amor. Assim começa um triângulo amoroso, que levará duas divindades que compartilham o mesmo sangue a entrar em guerra pelo amor de alguém que nem sabe o que é isso. Por quanto tempo ela continuará ignorante sobre o amor? Algum dia, ela será capaz de amar e corresponder algum deles?


Jin Mi cresceu acreditando que era um elfo da uva, vivendo em completa ignorância, presa no reino das fadas. Com sua personalidade alegre e travessa, era sempre repreendida pela rainha das fadas. O seu maior desejo é sair desse lugar, conhecer o mundo e conseguir, de alguma forma, ressuscitar sua melhor amiga elfa, que morreu salvando-a. Alguém lhe contou que talvez um imortal pudesse ajudá-la. Assim, um dia, um pássaro queimado caiu em seu quintal. No começo, achou que fosse realmente um pássaro, porém, não demorou muito para esse pássaro voltar à sua forma original, um belo homem. Para Jin Mi, tanto fazia quem ele era, de fato, pois, se pudesse levá-la para fora dali, qualquer pessoa serviria. Após sair do lugar de onde nasceu e viveu a vida inteira, ela passou por muitas experiências, mas ainda era ingênua demais para entender certos tipos de emoções.  Foi nisso tudo que ela descobriu quem realmente era, sobre seu verdadeiro gênero e sobre não ser um elfo, mas uma fada. Muitas coisas ao seu respeito seriam reveladas e mudariam para sempre a sua vida.


Xifeng é um deus do fogo, segundo príncipe, filho do imperador celestial com a imperatriz. Uma fênix cuja presença causa medo aos seus inimigos e respeito aos seus aliados. Apesar de, às vezes, ter atitudes arrogantes, ele é uma pessoa com coração grande, que tenta sempre entender as pessoas ao seu redor. Muitos o seguem com fidelidade e admiração. Assim, ele ganha a todos com sua simpatia, apesar de sua forte presença.  Quando ele caiu no quintal de Jin Mi, foi porque foi atacado quando estava em um processo importante. Todos acreditavam que ele havia morrido, porém, apesar da surpresa, ele conseguiu se proteger, embora tenha se machucado bastante. Ao cair no reino das flores, ele passou por alguns constrangimentos, mas conheceu alguém muito interessante. Por ela ser sua salvadora, ele decidiu levá-la consigo. Em seu reino, ele a fez sua serva e discípula, a ensinando muitas coisas sobre magia. Ao mesmo tempo, se divertia, porque ela era esse tipo de pessoa que trazia bons momentos. No começo, ele acreditou que ela gostava dele, mal ele sabia que ela nem conhecia esses sentimentos românticos. Ele a amava cada dia mais, ainda que sua mãe dissesse para ele não se envolver com essa fada e se casasse com outra. Xifeng a queria, não importava o que.


Às vezes, era realmente doloroso, pois Jin Mi parecia realmente não ter coração, por não perceber os sentimentos das pessoas. Mesmo assim, Xifeng a amava cada dia mais e lutaria com o mundo para protegê-la. Seja possível ou não. (Atenção: spoiler!!!) Quando a verdade sobre a existência de Jin Mi foi revelada, também foi descoberto que a morte da mãe dela foi causada pela imperatriz, causando uma inimizade ainda maior e tornando ainda mais difícil o relacionamento deles. Apesar de que o sentimento de inimizade tenha nascido pela imperatriz, Jin Mi não vinculou seu bom amigo aos erros da mãe. Porém, as pessoas de fora não viam dessa forma. A jovem fada, após descobrir quem era seu pai, descobriu também que estava noiva. Como não entendia sentimentos românticos, ela aceitou de bom grado. Contudo, quando ela teve que passar por uma prova no mundo mortal, para se tornar imortal, o destino dela como humana também a levou até Xifeng, que por acidente também teve que passar pela prova mortal. Ali, eles formaram um vínculo de amor ainda mais forte. Contudo, em suas voltas às verdadeiras vidas, muitas coisas difíceis aconteceram para balar a estrutura desse amor, que ainda tinha muito para se desenvolver. Quem diria que o destino desses dois seria ainda mais doloroso do que possamos imaginar?


Runyu, deus da noite, é o primeiro príncipe, filho do imperador com uma amante. Foi acolhido pela imperatriz. Não por bondade, é claro, pois existem muitos motivos. Ele é um jovem bonito, gentil, atencioso e simpático, mas muito solitário. Apesar de ser o primeiro príncipe, quem é realmente visado como herdeiro e admirado é o segundo príncipe. Então, é tratado como ameaça pela imperatriz e ninguém realmente sente prazer em serví-lo. Mesmo assim, ele procura viver dignamente. Tem um bom relacionamento com seu irmão mais novo. Runyu tinha uma noiva prometida que nem nascido ainda tinha. Ninguém sabia quando isso realmente aconteceria, porém, ele parecia ansioso para esse dia. Contudo, acabou se apaixonado pela fada Jin Mi. Ele notou que seu irmão mais novo estava apaixonado, então segurou seus sentimentos. No entanto, após descobrir algumas coisas, começou a ficar competitivo sobre o amor dessa pessoa, mesmo que isso significasse virar inimigo do seu irmão. Runyu, dessa vez, não estava disposto a ceder.


Em meio a tudo isso, aconteceram coisas terríveis com ele. Muitas descobertas que o feriram profundamente, despertando um eu dele que ninguém poderia imaginar que existia. Runyu se tornou uma pessoa assustadora. Fez coisas realmente terríveis, que nos deixaram de boca aberta e tristes. O que ele sentia por Jin Mi era realmente amor ou apenas sentimento de posse? Isso são coisas que começam a ser questionadas pela própria fada, porque, apesar de ele salvar a vida dela tantas vezes, existem coisas que quem ama talvez nunca faça. Runyu induziu Jin Mi a cometer um crime que ela nunca se perdoaria. Isso foi fatal para o relacionamento deles. Antes de tudo isso, eram bons amigos e confidentes. Jin Mi sempre gostou muito dele, não como homem, mas como um amigo inestimável. Como tudo isso chegou a esse ponto? Ela passou a pensar que todas essas coisas terríveis que aconteceram realmente foram por causa dela. Se ela não existisse, a história poderia ter tido outro curso. Poderia mesmo ser assim? Poderia realmente evitar tudo isso? Como dois irmãos que se respeitavam e se amavam chegaram em um ponto tão terrível como esse?


Suihe é a líder das fadas-pássaro, sobrinha da imperatriz. Então, tem total apoio dela.  É muito apaixonada por Xifeng. Ela é, com certeza, a pessoa mais apropriada para ser a futura noiva. No começo, parecia ser uma boa pessoa, mas ao ser influenciada de modo ruim pela imperatriz, passou a mostrar lados realmente ruins. A cada dia foi ficando pior. Quando ela descobriu os sentimentos dele por Jin Mi, seu caráter foi ficando cada dia pior. Passou a tramar coisas junto da imperatriz para matá-la. Não duvido do amor dela por Xifeng, mas ele nunca a olhou dessa forma. Era sua boa prima, isso era tudo. Obviamente, fazendo coisas ruins, não ganharia o coração dele. Suihe acabou se autodestruindo aos poucos.


Liuying é a princesa do reino demoníaco. É muito bonita, habilidosa, um pouco encrenqueira, inteligente e tem um bom coração. Ela luta contra Xifeng e, a partir dali, nasce uma amizade entre os dois. No começo, da aquela sensação de que ela gosta dele mais do que um amigo. No desenvolvimento, descobrimos que, na verdade, ela gosta de um servo chamado Muci, que desapareceu. Liuying foi uma amiga que ajudou muito Xifeng e protegeu a Jin Mi quando descobriu que havia um plano para matá-la. O que mais gosto nessa personagem é o quanto ela é fiel às pessoas e aos seus ideais. Acho a história de amor dela muito linda e triste também. Essa personagem é aquela que vai, com certeza, te surpreender muito no final.


Qiyan, conhecido por Muci, é do reino demoníaco. Sua família foi dizimada por um dos governantes desse reino, porém, ele foi salvo por LiuYing e seu pai, que também é um governante. Assim, passou a servir essa família por muitos séculos. Também nutre amor pela princesa e, no final, foi correspondido. Porém, ele desapareceu depois de um tempo. Acabou virando refém da imperatriz, que o controlava por causa de algo que pôs no corpo dele. Começou a fazer todas as coisas sujas para ela. Uma das coisas que o fez ser descoberto foi ser designado a matar a Jin Mi. Sua amada acabou o encontrando por causa disso. Ela passou o tempo todo tentando fazê-lo parar e o salvar desse controle. Quem diria que um amor tão puro e lindo seria tão curto?


Liuying é um deus raposa, o casamenteiro. Ele cuida das histórias de amor dos mortais e imortais. Bom, dos imortais, ele tenta. É o irmão mais novo do imperador. Ele se cativou pela jovem fada, Jin Mi, logo que a conheceu, por causa de sua gentileza. Ao ver que Xifeng e Jin Mi eram perfeitos um para o outro, virou o torcedor número um deles. Fez de tudo para eles ficarem juntos. Eu adoro esse personagem. Ele é bondoso, gentil e divertido. Houve um tempo em que ele ficou decepcionado com Jin Mi, mas lhe deu a oportunidade de entender a situação e voltou a ajudá-la novamente. No coração dele, Xifeng e ela deveriam ficar juntos, nasceram um para o outro.


Yan You, conhecido como Senhor Puchi, é um homem bonito, animado, narcisista e mulherengo. Ele é o amigo mais próximo de Jin Mi. Eles se conheceram após ele salvá-la de ser morta. Assim, ela deve proeza mágica a ele. No desenvolvimento, descobrimos que ele é filho adotivo da mãe biológica de Runyu. Yan You tem feito algumas coisas ruins por causa do desejo dessa senhora. Contudo, ele espera, no fundo do coração, que Runyu possa salvar a sua mãe. Acredita que apenas ele possa fazer isso. Infelizmente, por causa disso, muitas coisas complicadas aconteceram. Esse personagem é daqueles que você vai amar até o fim.
Existem muitos personagens que eu poderia falar aqui, porém, decidi falar apenas desses, por serem os que mais interagem entre si. Resolvi deixar os mais velhos de fora, ou teria que falar de mais 5 personagens. Esses aqui já são o suficiente. O que quero comentar é que eu odeio o imperador. Sabe um homem bosta? É ele mesmo. Sobre a imperatriz, nem preciso dizer, que mulher odiosa! Os dois se merecem. São pessoas podres, no fim das contas. Eu amei o deus da água. Ele é um homem íntegro e tem um coração maravilhoso. 
Esse dorama é maravilhoso. Eu acho que todos deveriam dar a oportunidade de conhecer. Não se arrependerão. Os chineses estão me surpreendendo muito com esses doramas de época. Estou a cada dia mais apaixonada. Então, é isso. Assistam enquanto podem. INDICADÍSSIMO!!!


Gênero:   Romance,  Fantasia, XianXia

Dorama:    63 episódios 
0 comentário