KoiSuru Boukun

 


Esse é um yaoi que tem um lado bom e outro não tão bom assim. Eu já havia o assistido há um tempo, mas decidi revê-lo recentemente. O seu assunto pode ser visto como um pouco polêmico, mas bem interessante. O mangá foi lançado em 2004 e ainda se encontra em andamento, com 12 volumes. O OVA foi lançado em 2010, com apenas 2 episódios, que são suficientes para entender a situação ao todo. A qualidade não é das melhores, mas pode ser um bom aperitivo. Já aviso que tem cenas quentes. Existe uma série de situações que geram problematização, mas a maioria das pessoas passam pano, deixando o fator errado no cantinho do “não foi nada disso”, e achando o resto bem fofo.   Aviso que esta história contém homofobia e estupro, que é a parte que as pessoas passam pano, pela situação ficar fofa depois. Então, não vou ser hipócrita e dizer que não sou uma dessas pessoas, porque, de certa forma, faço o mesmo. Até porque, se observarmos, tem muita história desse jeito, principalmente no tema yaoi, que a gente finge demência para continuar contemplando o lado fofo da história. No entanto, não muda o fato de que isso não foi algo agradável e de que não se deve passar pano para esse tipo de coisa.



A história gira em torno de um calouro universitário que está apaixonado pelo seu senpai, mas tem um problema: ele é totalmente homofóbico. Mesmo sabendo que seu calouro é gay, ele o respeita, desde que não venha com essas ideias para cima dele. No momento, o senpai está totalmente transtornado por saber que o casamento gay foi legalizado na Califórnia e que o seu irmãozinho precioso, que já havia assumido sua opção sexual, estava cogitando finalmente casar com o seu amado. Em meio a tal situação, para desabafar e melhorar os ânimos, ele aceitou beber com o seu calouro, em sua casa. Foi aí que tudo saiu do controle. O jovem kohai, ao ver o senpai totalmente bêbado e ainda excitado após beber um afrodisíaco por engano, não conseguiu se segurar e fez algo que não deveria fazer. E agora, o que vaia acontecer com o relacionamento desses dois?



Tetsuhiro Morinaga é um jovem muito inteligente, prestativo e atencioso. Desde muito novo, assumiu sua opção sexual e se mudou de sua cidade, porque alguns boatos maldosos começaram a constranger a sua família e ele passou a não ser aceito por eles. Assim, finalmente ele conseguiu entrar para a faculdade que desejava e se apaixonou à primeira vista pelo seu senpai, que, para o seu pesadelo, abominava a homossexualidade. Ele deixou claro para o senpai a sua opção, por isso, ao menos como colegas de laboratório, eles se davam bem, e isso era o suficiente. Era o que ele pensava, mas, quanto mais próximo de quem se gosta, mais difícil é para controlar os sentimentos. Ele queria superar e desistir, mas não conseguia não desejar essa pessoa que, apesar de ter uma péssima personalidade, tinha um lado adorável que o fazia ficar apaixonado. Só que ele não esperava que a oportunidade de o ter em seus braços surgiria e que ele tomaria a atitude mais desprezível que um ser humano poderia ter.  E agora, será o fim de tudo?



Senpai Shouchi Tatsumi é um belo homem, de personalidade forte, inteligente e orgulhoso. Ele ama o que faz e, como seu colega que é gay, o tipo de pessoa que ele preferia não ter contato, é uma pessoa muito competente e ainda aguenta a personalidade dele, então acabou o respeitando como ser humano. Shouchi é responsável pela sua família desde que sua mãe morreu, pois seu pai vive viajando o mundo afora. Ele também cuidou dos seus dois irmãos. Recentemente, além de seu irmãozinho ter assumido sua sexualidade, ele foi morar nos EUA para cursar a faculdade, após receber uma bolsa de estudos. O que ele não esperava era que, lá, o irmão encontraria um namorado e que ele teria vontade de matá-lo toda vez que lembrasse. Tudo pirou quando o casamento gay foi legalizado. Isso realmente o fez querer fazer algo, mas seu kohai, um jovem bem sensato, apesar da sua sexualidade, o acalmou e o escutou. Ele só queria beber para esquecer tudo isso, mas a bebida acabou. Assim, ele procurou entre as coisas do seu colega e encontrou uma bebida que lhe fez se sentir estranho. Mal ele sabia que aquela situação os levaria para um caminho sem volta, e que ele veria o pior da pessoa em quem confiou. No entanto, mesmo após ele desejar ver o cão ao invés dessa pessoa, de alguma forma, ele ter sumido de sua vista o fez começar a se sentir preocupado e com um sentimento estranho a respeito. E agora, o que poderia ser isso? O que vai acontecer?

Esse OVA é bem curto, mas, apesar dos apesares, eu adoro ver um passivo tsundere (risos). Como já avisei, a história tem muitas cenas picantes, mas quem aprecia yaoi e consegue deixar a parte tensa de lado vai gostar do enredo. Então, é isso.

 

0 comentário

Retrospectiva 2020- Mangá



E aqui estamos nós, com mais uma retrospectiva atrasada de 2020. Desta vez, trago os mangás que passaram por aqui. Claramente, como o blog ficou uns meses sem postagens, não são tantos como os demais anos em que, às vezes, passam por aqui cerca de 200 mangás. Desta vez, tivemos vinte e oito postagens. Ainda foi muito, considerando que 2020 foi um ano em que eu não estava conseguindo me concentrar nas leituras. No entanto, vamos ver o que passou por aqui.

O primeiro mangá foi Love Hina. Depois de um ano tentando, com todas as forças, terminá-lo, só posso levantar a mão para o céu e agradecer por ter conseguido. Se me perguntar o porquê desse drama todo, eu tenho a resposta certinha para você: eu acho essa história MUITO chata.


O segundo mangá foi Koi, Hirari. Eis um shoujo adolescente com personagens tão bonitos que nos fazem desejar ser uma ilustração mode on. Esse mangá é muito bom. O maior defeito é ser curto.




O terceiro mangá foi Given, um yaoi muito amorzinho, que é provavelmente a sensação do momento. Ele está sendo lançado aqui no Brasil.




O quarto mangá foi Kimi wa maru de, ano hana no you de. Outro shoujo fofo, mas com historinhas bem comuns e adoráveis, do jeito que amamos.



O quinto mangá foi Kanojo ga café ni kayou wake, com historinhas muito boas. Parece yaoi, mas não é, minha gente. Tem vários casais fofos.



O sexto mangá foi Tate no yuusha no nariagari. Para mim, o mangá é mil vezes melhor, em todos os sentidos. Leiam, é sério.



O sétimo mangá foi Kakumei no hi. Quer um mangá com um assunto polêmico e interessante? É esse! Sério, você vai querer conhecer.



O oitavo mangá foi Lily love 2. Esse yuri é muito amorzinho. Isso me faz lembrar que já tem algum tempo que não leio um yuri. Vamos balancear isso, né?



O nono mangá foi A pets aesthetic, outro yuri que, apesar de não ser um dos melhores que já li, é muito bom.



O décimo mangá foi Hataraku saibou. Esse mangá, li após ver o anime. O bom é que tem partes que foram cortadas do anime. Bem legal.



O décimo primeiro mangá foi Koi suru piano. Eis um mangá muito fofinho, shoujo. Vocês vão gostar.



O décimo segundo mangá foi Kimi no kachi. Esse é uma coletânea de vários oneshots shoujo que, com toda a certeza, vocês gostarão.



O décimo terceiro mangá foi Kanchigai musume buchigire ouji, outra coletânea de oneshots, com historinhas bem fofas e cômicas de romance adolescente.




O décimo quarto mangá foi Kimi ni moete ii deu ka. Eu só posso dizer que esse mangá é lindo.



O décimo quinto mangá foi Kimi wo omou toki, outra coletânea de oneshots salvando o dia. Um shoujo com muitas historinhas românticas escolares para todos os gostos.



O décimo sexto mangá foi Kimi to koi ni ochiru mahou de. Essa história é uma delícia, literalmente, porque estamos falando de uma mangá em que tudo gira em torno de uma padaria.



O décimo sétimo mangá foi Clover. Essa é uma obra CLAMP, maravilhosa e inacabada, que me deixou com uma pulguinha atrás da orelha. É maravilhosa.



O décimo oitavo mangá foi Wish. Tenho esse mangá em minhas mãos, pois a JBC o trouxe para o Brasil. Tem uma historinha muito amorzinho. É outra obra da CLAMP, então, não tem como não ser boa, né?

O décimo nono mangá foi Tokyo Babylon. Eu comprei esse mangá no ano passado. É uma obra da CLAMP que eu não sabia que tinha sido lançada no Brasil. Quando descobri, a certeza que eu tive era que o precisava. Achei por um preço bacana. Apesar de antigo, alguns volumes estão bem conservados.


O vigésimo mangá foi Koigokoro koushinchuu, um romance entre amigos de infância. Quem está procurando, aqui tem um quentinho, acabou de sair!



O vigésimo primeiro mangá foi Kiss/hug. Esse mangá é simplesmente magnífico. Sua história, seus personagens... o maior defeito é ser curtinho.


O vigésimo segundo mangá foi Magic Knight Rayearth, outra obra da CLAMP. Eu prefiro mil vezes o mangá, que é mais direto e o final é muito melhor. Você ainda deve conseguir ter a coleção, porque a JBC trouxe, há alguns anos, essa obra para o Brasil.


O vigésimo terceiro mangá foi Koishite nanbo! Eu gostei bastante dessa história. É um romance adolescente, com personagens totalmente opostos se apaixonando? Já quero ler!



O vigésimo quarto mangá foi Koisuru heart de taishite, um josei, romance adulto caliente. Esse aqui é uma coletânea com várias historinhas desse tipo. Só vem.



O vigésimo quinto mangá foi Koisuru heart ga no to lu, mais um mangá de coletânea de oneshots com romances aleatórios adolescentes.



O vigésimo sexto mangá foi Beastars. Para ser sincera, apesar de eu gostar do anime, foi no mangá que eu fui capaz de me apaixonar pelos personagens, principalmente por aqueles que não me chamaram tanto a atenção no anime.



O vigésimo sétimo mangá foi Kimi ga suki, um mangá cheio de dramas e adolescentes que dá vontade de dar um cascudo. Aqui está ele, mas, brincadeira a parte, é uma boa história.



O vigésimo oitavo mangá foi Koori no kiss de toroketai, uma dancinha de patins no gelo e um possível romance para nos aquecer. Esse mangá é bom.



Esses foram os nossos mangás. Como já esperava, muito pouco, mas é isso aí. Este ano, não sei quantos serão, pois não podemos prever o futuro. No entanto, eu creio que será muito mais do que no anterior. Vamos lá. Até breve.

0 comentário

Witch’s romance ( K-drama)

 


Se eu falar para vocês que tentei assistir a esse dorama umas três vezes, vocês acreditam? Eu não sou de desistir facilmente, mas aconteceram muitas coisas. Na primeira vez, não consegui achar todos os episódios. Na segunda, eu assisti um pouco e não me empolguei. E, na última vez, achei todos os episódios disponíveis e me forcei a encarar, porque sabia que aquela poderia ser a última chance de o encontrar disponível para ver online. Por que me forcei? Então, apesar de ser um dorama de nonna, o que nós adoramos, eu não curti muito. Não sei se assisti em um tempo que não estava na vibe, mas achei esse dorama um pouco sem gracinha, sabe? Ele foi lançado em 2014, com 16 episódios. O elenco é interessante e a história dá para dar algumas risadas, porque realmente tem muitas situações engraçadas. Também temos personagens que dá vontade de pôr no potinho ou morder.

A história gira em torno de duas vidas distintas: uma mulher madura que faz qualquer coisa para conseguir uma matéria para sua editora, e um jovem rapaz que vive de fazer bicos, apesar de, na verdade, ser de uma família rica e ser estudante de medicina. Um dia, as vidas deles se cruzam de uma forma muito cômica. Eles discutem logo no primeiro contato. No entanto, o destino está preparado para balançar a vida dessa mulher, que podemos dizer que é um tanto rude. Um dia, após ser humilhada publicamente por um homem a mando de seus colegas que estavam de saco cheio de sua arrogância, esse jovem rapaz a salva de tal situação, a beijando na frente de todos e declarando seu amor. Claro que não era verdade. Ele só estava querendo a livrar de tamanha humilhação. Após beberem muito juntos, ela fia bêbada e é levada para casa. O clima acaba acontecendo. Estava tudo bem, até que ela, no meio do envolvimento, enxerga a carteira de habilitação dele e vê que ele é uns 15 anos mais novo que ela. E agora, o que ela fará diante de tal situação?



Ban Ji Yeon é uma mulher madura, inteligente e arrogante. Ama jornalismo e é muito boa nisso. Não se importa de usar os mais terríveis métodos para conseguir um furo. Apesar de já ter uns 40 anos, ela não se casou ainda, o que é uma das maiores preocupações da sua mãe. É claro que todos a julgam por isso. Todavia, a verdade é que ela, no momento, não superou o último relacionamento que teve. Ela teve um noivo e eles namoraram durante anos e anos e se amavam. Ele a deixou esperando no altar, no dia do casamento, sem muitas explicações. Apenas desapareceu. Isso a machucou muito e deixou um buraco irreparável. Ela não conseguia superar tudo isso, o que a tornou ainda mais dura. Por ser muito arrogante, seus colegas implicam com ela. Apenas alguns conseguem enxergar o seu verdadeiro charme e que, atrás de toda aquela arrogância e jeito bruto, existe alguém que se importa com outros. Todavia, a vida não foi fácil, e ela não facilitará para ninguém.



Ela conhece um jovem, o qual caiu de paraquedas em sua vida. De alguma forma, os mal-entendidos e os encontros por acaso estavam, a cada vez, a levando para um caminho que ela estava se recusando a entrar. Afinal, o rapaz era 15 anos mais jovem do que ela. O que ela poderia ter com um rapaz que, provavelmente, nem sabe o que quer da vida ainda? Mesmo resistido, a aproximação entre esses dois estava cada vez mais irresistível. O amor foi se desenvolvendo, até que, um dia, alguém que ela esperava mais do que tudo nunca mais ver e, por outro lado, gostaria, sim, de ver, aparece: o seu ex-noivo. Ele parecia estar decidido a conversar com ela sobre o que de fato aconteceu para não aparecer todos esses anos. E agora, o que ela fará? Viverá um novo amor? Dará chances para ouvir o seu antigo amor?



            Yoo Dong Ha é um rapaz muito bonito, inteligente, atencioso e prestativo. Vem de uma família que administra um hospital, então sua família vem de gerações de médicos, o que o levou a se apaixonar pela profissão. Ainda que ele seja uma pessoa alegre e otimista, a verdade é que, no meio do seu estágio, a sua namorada, que tinha uma saúde muito frágil, acabou morrendo, por não ter sido operada a tempo. Ele culpou o seu pai, pois mesmo que ela tenha chegado como emergência, ele decidiu operar um outro paciente primeiro, por causa do seu prestígio na sociedade. Ele nunca perdoou o seu pai por isso. Saiu de casa, abandonou o estágio e passou a fazer bicos. Por alguns anos, foi difícil, mas agora, apesar de ele não a ter superado totalmente, está aberto para conhecer outras pessoas. Foi assim que ele conheceu a tão problemática Ban Ji Yeon.



Apesar de ela ser problemática, está longe de ser o seu tipo de mulher. O fato de ela ser mais velha, para ele, não era problema algum. Ele acabou sendo o primeiro a se apaixonar por ela, apenas por alguns gestos que ele reparou ao observá-la nesse meio tempo. Atrás de tanta arrogância, havia alguém que ninguém conhecia. Quando finalmente ele agarraria o coração de sua amada, foi o primeiro a saber sobre o porquê o ex-noivo dela não apareceu no casamento. Ficou em cima do muro, sem saber o que fazer, se contaria, mesmo que isso significasse perdê-la. Só que o nosso jovem rapaz tem um coração realmente maravilhoso. Mesmo em sofrimento, porque as chances de perdê-la eram muito grandes, ele decidiu que a verdade era o melhor remédio. Se fosse para ela ficar com ele, ficaria, com a verdade ou sem a verdade. O que acontecerá?

Tem muitas pessoas que adoram esse dorama. E, se você gosta de histórias de mulheres mais velhas se envolvendo com homens mais jovens, aqui está o seu dorama. É uma gracinha, mas, em algum momento, fica meio chato. Eu, ao menos, achei. Bom dorama. Aproveita que ainda está disponível na Viki.

 

 

 

0 comentário

Best Actors Life: Take

 


No ano que se passou, me peguei viciada nos manhua yaoi, e devorei vários, porque, se você for uma fujoshi, deve saber como é. Agora, se não for, é melhor continuar não sabendo e não passar dessa linha, que é um caminho sem volta. Não posso dar muitos detalhes sobre a origem desse webtoon, mas tudo indica que foi lançado em 2018 e que é chinês. Ele tem 150 capítulos concluídos, então, meus caros amigos, se joguem, porque é muito bom. A ilustração, eu amei. O desenvolvimento da história é muito interessante, mas, se você for aquela pessoa sedenta por romance, talvez, no começo, acabe não gostando muito, já que o romance mesmo demora para acontecer. O que tem de diferencial nessa história é que ela não tem foco no casal. Ela tem foco na situação e o romance é mais um bônus para nós. Então, fiquei muito ansiosa, porque queria romance, mas amei esse enredo.

A história envolve um ator famoso que morreu em um acidente de carro, mas o seu espírito, por alguma razão, estranhamente foi parar no corpo do amante do seu maior rival da profissão. O corpo em que reside pertence a um ator iniciante, que concidentemente tem uma aparência que lembra muito a dele. Antes de se preocupar com o fato de que teria que fingir ser o amante desse homem, ele estava mais preocupado em entender o que havia acontecido para que ocorresse a sua morte. Uns momentos antes, a pessoa que ele amava havia terminado e, quando eles foram se encontrar para se entender, um acidente aconteceu. No entanto, apesar de ninguém fazer ideia, não foi apenas um incidente. A realidade é que alguém causou a sua morte. No entanto, por que mesmo após morrer, ele se encontra no corpo de outra pessoa? Poderia ser a sua segunda chance de fazer tudo diferente?



Yan Um é um ator muito bonito, extremante talentoso e muito dedicado. Seus pais faleceram quando Yan Um era muito jovem, e assim ele ficou responsável pela sua irmãzinha mais nova. Ele passou a vida dele trabalhando muito, gostando das pessoas erradas, que somente o sugaram, e acabou sendo deixado pela pessoa que amava, morto, sem nem entender o porquê disso. Agora que estranhamente ele está no corpo do jovem ator Cheng Jiamu, que tem uma vida longa pela frente, tudo o que ele quer é entender o que aconteceu e seguir em uma nova vida, fazendo coisas diferentes. Uma coisa estranha é esse homem que, apesar de parecer não ter sentimentos quaisquer pela pessoa que é dona desse corpo, ter demonstrado um comportamento estranho diante da sua morte, mesmo que eles nunca se dessem bem. De alguma forma, esse homem, no final, parece não o odiar como se pensava.



Huo Yi é um homem belíssimo, extremamente rico e presidente de uma grande empresa, além de ator, mas está pausado, por agora. Apesar de ele ser rico, trabalhou como ator. Ninguém entende o porquê disso, mas a realidade mesmo é que ele só entrou no mundo do entretenimento para se aproximar da pessoa que ele gosta. No entanto, por ser mais jovem que seu crush e muito talentoso, acabou pegando os holofotes do seu amado, que o olhou como um rival. Assim, tudo desandou e nada foi como ele queria. Além disso, ainda tinha que lidar com o fato de ele estar namorado outra pessoa, o que também o deixou indiferente. Um tempo depois, ele conheceu um ator novato, que estava na sua empresa e que lembrava muito seu amado. Ele começou a ter encontros casuais com esse jovem e apenas pensava em Yan Um enquanto estava com ele.



Só que o arrependimento de nunca ter sido claro sobre seus sentimentos tomou todo o seu ser quando a morte dele foi anunciada. Com o arrependimento que dominava seu corpo e o seu ser despedaçado, ele não sabia mais o que fazer. Então, algumas coisas estranhas começaram a acontecer. O seu amante, que estava com ele por conveniência, apesar da aparência, era o total oposto do teu amado, mas estava tendo comportamentos cada vez mais parecidos com Yan Um. Ele não sabia se estava alucinando aquilo por conveniência, por sentir falta ou por desejar tanto que a morte dele fosse mentira. Contudo, era muito estranho que ele falasse coisas que somente aquela pessoa falaria. O talento para atuação que o rapaz não tinha, agora, estava cada vez mais talentoso. Tinha as mesmas técnicas de atuação daquela pessoa. O que seria isso? O que está acontecendo?


Em meio a muitas situações, Yan Um conquistou seu novo lugar no mundo do entretenimento, reviu o seu amor perdido e, através dos olhos de outra pessoa, ele viu que o rapaz não era lá grande coisa. Na verdade, não era nada do que ele pensava. Recebeu amor de quem nunca esperou receber, descobriu da forma mais avassaladora do mundo quem estava envolvido na sua morte e encontrou um novo amor em alguém que nunca. em mil anos, havia imaginado que poderia amar essa pessoa. Sim, o seu maior rival se tornou o seu mais profundo e verdadeiro amor. Só que, como isso tudo se desenvolveu, você só verá lendo.

            Então, é isso, minha gente. Tem muitos personagens legais, mas prefiro falar apenas dos principais. Espero que vocês deem uma oportunidade, porque vale muito a pena. O melhor de tudo é que está COMPLETINHO!!! INDICADO!!

0 comentário

Junjou Romântica

 


Esse foi o meu segundo anime no estilo yaoi da vida. Na verdade, aqui foi o começo da minha decadência (risos). Nunca vou esquecer quantas vezes esse anime cruzou o meu caminho e eu sempre dizia que nunca o assistiria. No entanto, quando assisti, meus caros amigos, eu me apaixonei. Acho que foi aqui que comecei a perder muito dos meus preconceitos. Naquela época, eu o assisti, mas eu o vi tantas vezes, que ele acabou marcado um momento não tão bom da minha vida, por isso não conseguia assisti-lo mais. Por um longo tempo, eu tentei rever, mas sempre me sentia mal, pois me lembrava do momento ruim da minha vida. Todavia, existem coisas que devemos seguir em frente. Para superar certos traumas, você tem que encarar aquilo que te traz o sentimento de novo e vencê-lo. Foi o que fiz quando o assisti, no ano passado. Superei os meus medos e as minhas debilidades. Superei e apenas curti o anime, que por sinal é muito bom e gera muitas boas risadas, entre outros sentimentos divertidos.

O mangá foi lançando em 2002 e se encontra com 25 volumes. Ainda está em andamento, no Japão. O legal do mangá é que é obviamente mais completo. Não gosto muito da ilustração, mas não é de todo ruim, não. Até onde eu li o mangá, acredito que estamos próximo ao fim dessa história. Só espero que seja um final que nos faça transbordar. A primeira temporada do anime foi lançada em 2008 e, ainda no mesmo ano, lançaram mais uma temporada, cada uma com 12 episódios. Após isso, lançaram um ova, e somente em 2015 lançaram a terceira temporada, na qual mudaram bastante o design dos personagens. Ficou tudo um tanto arredondado demais, se é que me entende. Não sei se vão, mas, deem uma olhada nas diferenças lá embaixo. Essa temporada também teve 12 episódios e a história deu um salto de alguns arcos no mangá, mas nada realmente de extrema importância. O que era de fato importante, pudemos ver com muita clareza nesse anime, que me deixou transbordando. Eu gosto muito do casal principal, mas também gosto de mais um casal secundário, que é nomeado por Junjou terroret.

A história gira em torno de um jovem que está prestes a terminar o ensino médio e precisa de um tutor para conseguir reforço e passar para a faculdade que deseja. Por essa razão, o seu irmão mais velho convence seu amigo, que é um escritor renomado, a ser o tutor do seu querido irmãozinho. Ao conhecê-lo, logo de cara, o jovem estudante não tem uma boa impressão. Acha estranho o comportamento dele, íntimo demais com o seu irmão, além de ter uma personalidade questionável. Ao chegar à casa do escritor, isso se aprofunda mais ainda, pois a casa luxuosa estava cheia de brinquedos e esse homem era nada mais do que uma criança grande. No entanto, o ponto final para ele ter certeza da estranheza desse homem foi achar um dos livros que ele escreveu, em que o nome de seu irmão estava envolvido em uma história homossexual. A partir daí, começa uma verdadeira confusão entre os dois. Contudo, entre tal situação e a obrigação de estudar e ensinar, ambos, que no começo se aturavam, acabaram conhecendo melhor um ao outro. Nessa aproximação, o jovem começa a ter que lidar com emoções que nunca vivenciou. Tudo fica mais intenso quando os dois passam a morar juntos, após ele começar a faculdade e seu irmão mudar de cidade a trabalho. E agora, como esse relacionamento entre eles se desenvolverá?

 


Misaki Takahashi é um garoto um esforçado, determinado e sincero. É muito sensível aos sentimentos dos outros e, apesar da sua sinceridade, ele não é tão sincero quando se trata de seus próprios sentimentos românticos sobre alguém, provavelmente por não saber lidar com eles ainda. Sendo assim, apesar de ter desenvolvido sentimentos pelo seu tutor, Akihiko Usami, que ele chama carinhosamente de Usagui-san, ele se tornou um tanto tsundere. Sua cautela, claramente conseguimos entender, mas não deixa de ser irritante. Além disso, ele não gosta de causar problemas aos outros e se preocupa muito com o que vão pensar, por essa razão, está sempre em cima do muro e nunca deixa claro nem para si mesmo o que sente pelo Usagui-san. No entanto, obviamente todos nós sabemos o quanto ele gosta do Usagui. Acho uma graça, mas, às vezes, ele magoa o escritor com suas atitudes incertas, e isso nos irrita um pouco. Eu, ao menos, fico com vontade de lhe dar uns cascudos.



Akihiko Usami é um homem belíssimo. Vem de uma família muito rica, mas não faz muita questão de se envolver com tal legado. É um homem de personalidade forte, esbanja carisma e uma certa malícia. Apesar de ser alguém que chama a atenção de todos, ele não gosta muito de se envolver com as pessoas. Ele é bem indiferente com todos e só com poucas pessoas se torna atencioso e até mesmo carinhoso. Quando criança, ele passou muito tempo sozinho e por muitas situações que o levaram a querer ficar longe da família, depois de adulto. Ainda mais por causa da sua opção sexual, da qual ele já tinha certeza desde muito tempo. Então, como sempre adorou escrever, se tornou um escritor de grande sucesso, e daí ele se sustenta. Porém, para um homem maduro, ele é um tanto estranho, porque adora brinquedos e é apaixonado por ursos. Apesar de viver sozinho, não sabe muito bem se cuidar. Quando está ligado ao trabalho, esquece de comer e dormir. Quando dorme, odeia ser acordado e fica muito mal-humorado. Usagui, como é chamado apenas pelas pessoas íntimas, tem apenas um amigo de infância e um amigo de escola, pelo qual guarda seu amor não correspondido por muitos anos.



Apesar desse amor não correspondido pelo seu amigo e decepções ao longo do caminho, acabou se afeiçoando ao irmãozinho mais novo de seu interesse amoroso, justamente quando o garoto o consola após uma grande decepção em relação ao irmão dele. Desde então, Usagui passou a olhar para o rapaz com outros olhos. No começo, o relacionamento deles começou um tanto ameaçador e de forma errada, e o próprio Usagui reconhece isso, tanto que chega a ter medo de perdê-lo. Contudo, ele passa a cobri-lo com seu amor, dia após dia, e por mais ousado e malicioso que fosse, tudo o que ele sentia era que não poderia viver sem essa pessoa. No entanto, o que era mais difícil era que ele sabia que o Misaki seria capaz de viver sem ele. Usagui se tornava cada vez mais inseguro, pois o rapaz, apesar de, às vezes, demonstrar ter sentimento mútuo, principalmente quando estavam juntos intimamente, estava constantemente hesitando em relação a ele. Nenhuma vez foi sincero sobre os seus sentimentos. Assim, por mais seguro que esse homem parecesse ser, a real é que não estava seguro, mesmo que ele tivesse certeza de que nunca o deixaria ir, mesmo se ele quisesse. Ele também sabia que não era realmente possível não o deixar ir, se ele quisesse. E agora, o que vai ser desses dois? Misaki será capaz de assumir os seus sentimentos e o relacionamento?

             


Hiroki Kamijou é amigo de infância de Usami-san, por quem carrega um amor não correspondido durante anos. Ele é um homem um tanto antissocial, um pouco tímido e pode se irritar muito facilmente. É apaixonado por literatura clássica e se tornou professor de literatura em uma universidade. Entre os seus alunos, ele é conhecido como demônio, pois não tolera que ninguém saia da linha em suas aulas. Hiroki teve seu coração e expectativa totalmente partidos, vendo que, provavelmente, nunca chegaria ao coração de seu amado. Solitariamente, começou a chorar em um parque, onde acabou sendo visto por um jovem energético, que fez de tudo para o animar. Só que ele não esperava que esse rapaz fosse tão assustador e persistente. Um dia, ele chega em casa e o jovem estava em seu apartamento, exigindo que ele fosse seu tutor, pois queria passar em medicina. A pergunta que não quer calar é: como ele entrou nesse apartamento, não é mesmo, minha gente? Hiroki ficou cismado, hesitou, mas aceitou dar aulas a ele. Foi aí que algo novo em sua vida começou.



Nowaki Kusama é um jovem que está estudando para entrar na faculdade de medicina. Ele é muito gentil, atencioso e carinhoso. Se apaixonou à primeira vista por Hiroki e fez de tudo para ser visto e aceito pelo homem. Depois de conseguir o que queria, finalmente entrou na vida do seu amado, mas ele era constantemente inseguro, por, às vezes, Hiroki ser indiferente e não dizer também que gostava dele. Além disso, seu amado era muito ocupado com o trabalho e quase não lhe dava atenção ou ouvidos. Até que, um dia, ele decidiu ir para os EUA sem nem avisar. Porém, ele não avisou porque não quis. Tentou muitas vezes dizer, mas Hiroki não lhe deu atenção. Depois de muito tempo sem entrar em contato, pois isso dificultaria ficar longe, ele voltou e, como já esperava, Hiroki estava uma fera. Seria o fim desse relacionamento?



You Miyagi é um professor da mesma universidade que Naoki. É um homem que está somente dedicado ao trabalho, não liga muito para a vida pessoal, por assim dizer, e, talvez, esse tenha sido um dos maiores motivos do fim de seu casamento. No entanto, o que ele não esperava era que seu jovem cunhado declararia seu amor por ele. No começo, achou que só podia ser uma piada, pois nunca havia olhado para homens de forma sexual. Sempre teve relacionamento com mulheres e, mais que isso, já era muito velho em relação ao jovem que estava à frente. O que esse rapaz poderia ter visto nele que o fez se apaixonar de tal forma? Contudo, ele ficou surpreso com a coragem e a persistência que estavam nesse pequeno e magro corpo. Por isso, ele resolveu levar tudo isso na esportiva e pensar que o garoto teve uma gripe de verão que logo passaria. Era o que ele esperava, depois do fora que lhe deu, mas não esperava que teria que cuidar dele em sua casa por uns dias, a pedido de seu ex-sogro.



Shinobu Takatsuki é apenas um aluno do ensino médio, um rapaz bonito, delicado e obstinado. Se apaixonou por seu cunhado no dia do encontro para o acordo de casamento, e ficou tão decepcionado com a situação, que resolveu estudar na Austrália. Sim, o garoto mimado e filho de família rica pode estudar onde quiser. Quando seu irmão finalmente se divorciou, ele voltou para o Japão sem pensar duas vezes e resolveu investir tudo o que podia para conquistar esse homem. Eu só consigo pensar que existem umas crianças muito perigosas por aí. Shinobu é uma verdadeira chave de cadeia. Não desistiu de conquistar o seu amado, mesmo que ele o rejeitasse muitas vezes. Ele deu o seu melhor. Até que, um dia, ele conseguiu conquistar o coração do veio. Claro que não foi tão fácil. Claro que ele não cedeu tão facilmente, mesmo que seu coração tenha sido capturado por um adolescente. Contudo, Shinobu não fazia ideia do quão profundo ele chegou ao coração de Miyagi. Ele chegou no mais profundo, que o professor nunca contava para ninguém. Que lugar profundo é esse?

Essas são as histórias de amor tão fofinhas, que não tem como você não gostar. A não ser que você tenha uma visão que problematiza tudo, então não vai gostar mesmo. Eu acho muito divertida e fofa, então, indico com toda a certeza. Você não pode entrar na onda do yaoi sem passar pelo anime que inicia sua caminhada. INDICADO!!!

1 comentário