Doramas que eu quero ver





           Esse ano, tenho visto MUITOS doramas novos. Estou realmente feliz em, finalmente, estar indo de vento em popa na minha lista de anos. Já fiz algumas postagens aqui, falando sobre doramas que quero assistir: “Doramas que quero ver” (clique aqui), postada em 2017, da qual já assisti praticamente todos. Estou muito feliz; “Doramas lançados em 2018 que quero assistir” (clique aqui). Dessa, dei uma olhada e já tem alguns que consegui assistir, mas tem muitos outros que não. Todavia, prossigo na batalha. Dei uma verificada no Viki e na Netflix, nos novos lançamentos, e há vários que estou louca para ver ou muito curiosa. Então, vou compartilhar aqui com vocês.  


            “Ko One Return”: eu dei um grande grito quando vi que a Netflix o disponibilizou. Apesar de ser muito antigo, eu sempre quis assistir a esse drama taiwanês, mas nunca encontrei com legenda. O ator que interpreta o personagem principal é um dos meus atores taiwaneses favoritos (clique aqui). Já falei dele aqui e de vários trabalhos dele. A história envolve viagem no tempo, confronto de gangues adolescentes e poderes sobrenaturais. Estou muito ansiosa para ver agora mesmo.


            “Pretty Proofreader”: esse j-drama encontrei no Viki. Achei muito interessante, embora admita que o que me chamou a atenção foi, de fato, a atriz principal, pois gosto muito do trabalho dela. Dessa vez, ela interpreta uma personagem fashionista, que sonha em trabalhar como editora de uma revista de moda. No entanto, parece que o seu sonho não está tão fácil assim de alcançar.


            “Frankenstein’s love”: definitivamente, esse é um j-drama que me fará chorar muito. Ele envolve aquela velha história da criação do monstro do Dr. Frankenstein, que depois de séculos escondido na floresta, ainda deseja incansavelmente viver como humano. Um dia, ele acaba conhecendo uma mulher e se apaixonando. No entanto, a sua existência guarda tantos segredos, e ainda existe o medo de não ser aceito e ser visto como apenas um monstro.



            “Encounter”: esse k-drama está, com certeza, me fazendo querer vê-lo imediatamente. Ele conta a história de uma mulher que vem de uma família de políticos, recém-divorciada de seu marido rico. Cansada de viver como os outros esperam, ela faz uma viagem para o exterior e acaba encontrando um jovem espirituoso que, provavelmente, mudará a sua vida.


            “Touch your heart”: esse k-drama me atraiu, porque ver esse casal como protagonista é muito satisfatório. Depois de “Goblin”, quem não quereria ver esses dois atuando juntos novamente? A história envolve uma atriz que teve sua reputação manchada, após um escândalo com o filho de uma família rica. Para tentar melhorar sua reputação, ela precisa de um importante papel, que é de uma secretária. Então, para agarrar essa oportunidade, ela decide trabalhar por três meses como secretária. No entanto, acaba trabalhando para um advogado perfeccionista, e seus dias têm sido um verdadeiro inferno. Acho que vai ser bem cômico.


            “O abismo mágico”: a Netflix lançou, recentemente, esse k-drama, que obviamente chamou mais a atenção por causa da atriz, que fez “Stronger girl Bong Soon” (clique aqui).  Porém, a história é, de fato, muito atraente. Envolve duas pessoas que morreram de formas distintas, no entanto, acabam descobrindo que reencarnaram como pessoas totalmente diferentes.


            “I hear you”: atraí-me por esse c-drama, que me parece muito fofo e doce. Ele envolve uma jovem que sonha em ser dubladora profissional. No entanto, sua mãe prefere que ela se case enquanto é nova. Um dia, quando vai ajudar uma amiga em um reality show, acaba conhecendo um rico gênio do violino.


            “Best lover”: esse k-drama envolve casamento falso. Eu adoro esses assuntos. Adoro como as coisas começam de forma errada, mais acabam desenvolvendo sentimentos.   Então, estou cheia de expectativa!


            “Memórias de Alhambra”: o que me chamou a atenção foi a minha atriz favorita, mas parece ser, de fato, muito interessante. Envolve um executivo coreano que, ao procurar um desenvolvedor de um jogo popular, acaba entrando em uma jornada com a irmã mais nova desse desenvolvedor.


            “Eternal love”: esse c-drama está há tempos me chamando a atenção. Ele envolve uma mulher que tem duas personalidades, e ambas acabam se apaixonando por príncipes diferentes. Parece ser bem intrigante. Além disso, é histórico. Nunca vi um dorama chinês histórico. Vai ser a primeira vez.
            Esses são os doramas que têm me chamado a atenção, no momento. Vocês podem encontrá-los tanto na Netflix quanto no Viki. Caso exista algum que queiram me indicar, por favor, não se intimidem.

1 comentário

Is it love: Nicolae




            Esperei tanto por esse dia, pois tudo o que eu queria era terminar logo a rota do Nicolae e falar o quanto foi a rota mais frustrante e decepcionante. Isso porque eu achava que não dava para ser pior. Contudo, o final conseguiu ser o pior dos piores. Quando terminei, estava tão zangada, que se eu fosse escrever naquele momento, com certeza rasgaria o verbo em mil partes. Desenvolvedores do jogo “Is it love?” o que foi essa rota mais ridícula? Sabem o quanto eu estava esperando pela rota do Nicolae? Por que eu tive que gastar meu tempo e as energias em sonhos que, para mim, foram banais? Até poderia estar um pouco interessada no passado dele, mas eu não queria viver o passado. Queria conhecer o passado e fazer de tudo para viver o presente. Agora, me digam por que, durante o jogo inteiro, a PT ficou sonhando sem parar? Sabem quais foram as únicas partes que eu gostei? As partes em que ela estava vivenciando com Nicolae a vida atual.  Sinceramente, estou muito desapontada com essa rota. O Nicolae é um personagem incrível e maravilhoso, mas vocês estragaram a rota dele. Sinto-me inconsolável. Espero que, na segunda temporada, vocês coloquem a mão na consciência e melhorem a situação.
            A história gira em torno Lia (PT). A jovem foi morar em uma mansão misteriosa dos irmãos Bartholy e trabalhar como babá da irmãzinha mais nova. Contudo, logo de cara, ela tem sofrido dificuldades por ser constantemente hostilizada por um dos irmãos, além de passar muitos apuros nas mãos da irmã mais nova e mimada. Mesmo assim, ela tem dado o seu melhor, afinal, precisa de um lugar para morar e do dinheiro. Nem todos a tratam mal. O líder da casa é realmente gentil e o irmão mais novo também não fica atrás, apesar de não conversar muito. No entanto, desde que chegou à cidade, ela tem tido um sonho estranho, em que está correndo numa floresta, perseguida por algo assustador. No final, ela sempre está olhando um medalhão que tem a foto do Nicolae, o líder da casa. Após algumas aulas de mitos e lendas, ela começa a acreditar que, talvez, tenha um poder estranho de ver o passado. Porém, por que Lia está vivendo no passado? Poderia ser que ela estivesse no corpo de outra pessoa, mas quem?


            As coisas não poderiam ficar mais estranhas, era o que ela imaginava. Todavia, logo ela fica ciente de que onde mora é a casa de uma família de vampiros e que a sua melhor amiga é uma bruxa. Por alguma razão, tem um lobisomem que a atrai para a floresta.  Amedrontada, ela pensa em fugir, mas o acolhedor e maduro Nicolae a acalma. Com seu jeito reconfortante e seguro, acaba convencendo-a de que ninguém ali é perigoso para ela. Assim, ela acaba desabafando sobre seus sonhos estranhos, que tem tido desde que chegou naquele lugar. O líder da família parece realmente interessado, então pede detalhes. Logo, ele percebe que se trata do seu passado. Lia estava revendo, através do sonho, o passado de Nicolae e, por alguma razão, ela via as coisas através da noiva dele. Assim, a garota fica a par da realidade desse belo homem à sua frente, que por século vem sofrendo pela perda de sua amada. Talvez, ela seja a única com poder de libertá-lo disso. E agora, como isso influenciará a vida de ambos? Essa aproximação poderia desenvolver sentimentos entre os dois ou ele ficará preso para sempre à sua amada noiva?


            Nicolae Bartholy é um homem belíssimo, atraente, acolhedor e desconcertante. No passado, ele era filho único de uma família rica de banqueiros. O seu pai sonhava que ele seguisse o mesmo rumo, no entanto, o sonho dele era ser mágico. Assim, ele se tornou o filho rebelde e sem futuro, no ponto de vista do seu pai. Um dia, em um baile da faculdade, ele acabou conhecendo uma belíssima mulher, que roubou o seu coração. Mesmo ela estando obviamente nas garras de outro homem, ele a conquistou facilmente. Assim, ambos viveram o maior e profundo amor que poderia acontecer nas mais lindas histórias. Porém, como em toda história de amor, nem tudo ocorre como esperado. Depois de muitos empecilhos atrapalhando o casamento dos dois, a sua noiva foi morta. Tudo indicaria que o autor do crime era o melhor amigo dela, que era um lobo. Até então, não sabia muito sobre a verdade do mundo sobrenatural. Porém, um homem, Viktor Bartholy, deu-lhe uma solução para ser tão forte quanto um lobo e concluir sua vingança, se tornando um poderoso vampiro. Assim, coberto de ira pela sua perda, ele passou séculos e séculos eliminando todo o tipo de lobo que encontrava à sua frente, mas nunca encontrou, de fato, quem procurava.


            Agora, ele vive nessa mansão com os seus dois irmãos e uma irmãzinha. Como o pai deles, Viktor Bartholy, não se encontra, por ser o mais velho e o mais maduro entre eles, se tornou o líder, o qual os demais devem obedecer e ele tem que cuidar do bem-estar de todos. Quando Nicolae conheceu Lia, ficou fascinado, porque ela lembrava muito a sua amada, em aparência, o que, talvez, o fez ser mais apegado e cuidadoso com ela. Porém, depois de descobrir que ela era capaz de voltar ao passado, no sonho, pediu a ajuda dela, para descobrir o que realmente aconteceu naquela época. Foi assim que se tornaram tão próximos. Lia, por sua vez, estava cada dia mais cativada pelo jeito acolhedor e carinhoso de Nicolae para com ela. Porém, ela sabia que tudo isso era por ele querer saber sobre o passado e, muito provavelmente, por elas serem semelhantes. Quando ele a via, quem ele enxergava: a sua noiva ou ela mesma? Lia queria ser amada por Nicolae, mas, para isso, ela estava disposta a descobrir tudo e livrá-lo dos antigos sentimentos.


            Ludwig Eberwald é um homem extremamente atraente, estudioso e um pouco duro.   Ele não vive no presente, pois é um personagem do passado. É o melhor amigo da noiva de Nicolae. Anteriormente, antes dela cair nos braços de Nicolae, parecia que os dois tinham um relacionamento além de amizade, porém, não parecia estar desenvolvido. Ele a amava e não conseguia aceitar o fato dele tê-la roubado. Mesmo assim, não acho que a faria mal e nem acho que ela era indiferente aos sentimentos dele. Ludwig acabou sendo infectado por um lobo e se tornando um lobisomem. Assim, ele tem estudado profundamente para achar a cura para isso, porque perde severamente o seu controle.  Ludwig está constantemente tentando mudar a cabeça de sua amada. Mesmo ela sabendo que causa sofrimento a ele, não é capaz de se afastar. Em alguns momentos, a Lia do futuro começa a desconfiar que, talvez, a Lia também tivesse sentimentos por ele, mas que amava mais o Nicolae. Eram sentimentos bem complexos. 


            Viktor Bartholy, pela primeira vez, faz sua aparição no jogo. Apesar de ainda não ser nítida, deixando ainda sua imagem um mistério. Ele é a pessoa que persegue Lia no corpo da noiva de Nicolae, no sonho. O motivo dele estar ali é um mistério. Obviamente, ninguém se toca que é ele, até que, um dia, a própria Lia acha uma fotografia. Durante um sonho mais nítido, acaba vendo melhor a face de seu perseguidor. Muito das manias de fala dele lembram o Drogo, então, acho que o jovem Drogo tem muitos maus hábitos que adquiriu de seu pai.
            Nessa rota, Drogo simplesmente não suporta Lia. Foi a primeira vez que o vi sendo, de fato, tão mau com alguém. Ele não confia nela e diz várias vezes que irá matá-la.  Realmente da para ver que ele não a suporta. Só não entendo o motivo disso tudo. A Lore também parece não suportar a coitada da Lia e vive fazendo o triplo de inferno na vida dela, comparando às demais rotas. O Peter é o único tranquilo, que a trata socialmente e a protege quando é necessário. Diz estar feliz com a relação dos dois. Quanto a Sara, pela primeira vez, não tem sentimentos de amor pela Lia, até mesmo tem um namorado. Inesperado, mas achei muito legal. 
            Como eu disse acima, o final me desapontou muito. Não irei entrar em detalhes para não estragar as surpresas. Porém, queria muito falar. Por muito tempo, venho fazendo postagens dos jogos do “Is it love?”, a cada vez que termino a rota. As rotas do “Is it love? Carter Corp” que já passaram por aqui foram: Gabriel; Matt; Ryan; Colin; E Adam. Já do “Is it love? Mystery Spell” foram: Drogo; Peter; E, agora, Nicolae. No momento, estou jogando a rota do Sebastian e a segunda temporada do Drogo. Da outra série, estou jogando a segunda temporada do Ryan.  Ainda não consegui jogar a segunda temporada do Matt e nem sei quando vou conseguir. É isso. Caso queiram conhecer esses jogos, é só baixar nos seus celulares.

0 comentário

Kurosaki-kun no iinari ni nante naranai


     


       Há um bom tempo, encontrei esse mangá, que tinha apenas um capítulo, na época. Fiquei muito animada, querendo mais, porém, quem acompanha os lançamentos de shoujos sabe o quanto, às vezes, demoram. Com isso, acabei deixando de lado, até que o live-action me lembrou de sua existência. O mangá foi lançando em 2014 e ainda continua em andamento. Gosto da ilustração e de como a história se desenvolve de forma clara e profunda. Eu adorei ler novamente e já estou ansiosa para os próximos. Espero que não demore, porque parou numa parte muito boa. O dorama, se é que posso chamar de dorama, foi lançado em 2015, com dois episódios. Ele conta o começo de tudo, embora não siga de ponta a ponta a história original. Então, em 2016, lançaram o live-action, que é uma continuação do dorama. Nele, eles pegaram vários pontos e acontecimentos do mangá. No entanto, ele não seguiu tão profundamente a história, o que ficou bem corrido e superficial, ao meu ver. Não entendi por que começaram um dorama e não deram continuação.


            Uma das coisas que me incomodam no live-action é que achei a protagonista muito fraca. Acho que a do mangá tem mais atitude, é mais brilhante e mais obstinada. Enfim, não curti muito a intepretação da Yuu. Achei o ator que fez o Kuro perfeito. Ele interpretou muito bem, além de aparentar muito aquilo que eu imaginava que ele seria, se fosse na vida real. Simplesmente amei. Já o Takumi, não gostei muito do ator que foi escolhido para ele. Acho que fugiu do que eu imaginava que ele seria, porque esse ator fica bem fazendo personagens fofos, esse é o charme dele. Porém, alguém brilhante e de presença, não consegui vê-lo dessa forma. Então, fugiu um pouco para mim. Não achei que encaixou. Para ser sincera, não gostei muito. Achei muito fraco. Esperava mais, já que, quando lançou, muitas pessoas estavam atônitas sobre isso.
            A história envolve uma adolescente simples, que está determinada a mudar e ter uma nova vida no ensino médio. Ao ir morar em um dormitório perto da escola, que seria o começo das grandes mudanças de sua vida, ela acaba cruzando o caminho de um garoto violento e grosseiro, que tem o apelido de demônio negro, que ali também morava. Após cometer o erro de, em meio a uma confusão, cortar o cabelo dele, o rapaz diz que ela terá que obedecer a ele a partir daquele momento. Então, passa a persegui-la de todas as maneiras, a fazendo fazer limpezas pesadas no dormitório ou fazer tarefas da escola. Ela não conseguia recusar, já que ele era muito assustador. Em meio a tudo isso, existia outro rapaz, conhecido como príncipe branco, que a encantava com o seu jeito doce de trata-la e com seu carisma. Ele acaba totalmente interessada nela e começa a cortejá-la. Poderia ser apenas um sonho? Esses dois opostos eram melhores amigos um do outro. O que ela fará para conseguir sobreviver às perseguições do demônio? Como ela lidará com as investidas do príncipe branco? Que rumo essa vida de mudanças tomará?


            Yuu Akabane é uma garota que, no fundamental, sofreu muito bullying, sendo excluída e maltrata por causa do seu jeito simples e nerd. Depois de passar por tal terror, ela decidiu mudar, ao chegar ao ensino médio, se dedicando à maquiagem e às roupas fashions. Seu objetivo era fazer amigos e arrumar um namorado. Esse encontro, que parecia mais um infortúnio, acabou levando ao seu primeiro beijo. Para ser pior ainda, eram vizinhos de carteira, na escola. Mesmo que ela negasse fortemente a fazer algo que ele mandava, acabava cedendo, por ele ser muito assustador. Em meio a essas intrigas, ele fazia umas coisas que lhe faziam ficar confusa, como forçar um beijo e marcá-la inesperadamente, dizendo que era para não esquecer a quem ela pertencia. Esses atos, aos poucos, pareciam se espalhar em seu ser como um veneno e lhe faziam sentir coisas que não era capaz de entender. Ao mesmo tempo, ela estava perdida nos encantos do príncipe branco, que lhe tratava carinhosamente, mas ao mesmo tempo lhe passava uma sensação estranha. Esse sentimento poderia ser amor? No mangá, ela, na verdade, já era apaixonada pelo príncipe branco há um bom tempo, mas, no dorama, ela só o conhece quando se muda para dormitório. 


            Haruto Kurosaki é chamado de demônio negro por causa de suas atitudes e expressão ruins, seu comportamento grosseiro e atitudes violentas. No entanto, a verdade é que ele é muito gentil, só não sabe demonstrar de forma sensata, como as demais pessoas. Essa sua expressão ruim sempre lhe trouxe problemas, fazendo-o se meter em várias confusões e conquistar muitos inimigos. Porém, ele é muito forte fisicamente e tem multitalentos. É inteligente e está sempre em primeiro lugar no ranking da escola. Também é bom nos esportes, contudo, não participa, porque os demais o temem e acabam não se divertindo enquanto jogam. É bom nos afazeres domésticos. Gosta de tudo organizado e certinho.  Até mesmo toca piano de forma fascinante. Após ter sido obrigado a cortar o cabelo, quando a garota irritante e corajosa o enfrentou e fez aquilo, ele acabou mostrando sua beleza, que fez as meninas se apaixonarem, mesmo ele sendo mal-encarado, mudando seu apelido para príncipe negro. Assim, se tornou muito popular. 


            Em relação a Yuu, ele passou a fazer a vida dela impossível. Chamava-a de escrava e de cachorro. Sempre que ela estava com seu amigo, ele a repreendia, chamando de cachorro infiel, e dizia que, mesmo que ela quisesse ficar com o amigo dele, ela não conseguiria, porque era sua propriedade. Kurosaki não entende sobre gostar. Por alguma razão, ela era a única garota com quem ele implicava e tinha vontade de fazer coisas pervertidas. Porém, quando era questionado sobre isso, ele dizia que fazia isso apenas para irritá-la, por odiá-la demais. Porém, quanto mais ela o empurrava para longe e tentava não obedecê-lo, saindo com seu amigo, mais Kuro espalhava seu veneno nela.  Quanto a Yuu, não queria aceitar de jeito algum que, apesar dele ser mau com ela, estava também mexida. Além do mais, sua única primeira amiga estava gostando dele. Era óbvio que, para ela, era impossível, tanto por essa razão quanto por ele ser esse tipo de pessoa.  No entanto, ela a passou ver que ele não era mau, de fato, apenas não sabia expressar as coisas de forma mais branda. 


            Takumi Shirakawa é conhecido como príncipe branco. É um rapaz sereno, carismático e popular. Quando criança, sofria bullying, e por ser salvo pelo Kuro várias vezes, viraram grande amigos. Tamaki tem uma grande admiração e respeito por ele, porém, ao mesmo tempo, carrega uma rivalidade. Por ele ser tão implacável em tudo, acabou lhe enchendo de frustração. Então, ele dominou a única área que ele não conseguia dominar: a de ser popular entre as garotas, o oposto total do seu amigo. No mangá, tem vários detalhes sobre suas infâncias e como eles acabaram se separando e, depois, voltando à essa amizade. Mesmo Takumi amando o amigo e o protegendo de se envolver em confusão, ele ainda se sente tentado a competir com seu amigo. Quando ele percebeu o interesse de Kuro por Yuu, ele acabou fazendo um jogo, conquistando-a para o provoca-lo ou, ao menos, estar um passo à frente. No mangá, as coisas acontecem diferentemente do live-action. No fim, ele acaba mesmo se apaixonando por Yuu, mas, percebendo que a atenção dela estava focada no amigo, acabou partindo para a ameaça, dizendo que não seria mais amigo de Kuro, se eles ficassem juntos. Será que esse príncipe não é mimado demais, não?
            Não gostei do dorama, muito menos do live-action. É sério, leiam o mangá, pois tem muito mais detalhes, muitas coisas mais interessantes e intensas. Nem se compara ao que foi esse dorama, que não me conquistou nem por um segundo. Fiquei bem desapontada. Sei que são poucos minutos, mas, ainda assim, acredito que dava para trabalhar de forma muito melhor nele. Então, deixo a minha indicação para o mangá com toda a certeza. O live-action, assistam se quiserem, mas eu não assistirei novamente de jeito algum.


Gênero:   Romance, Shoujo, Slice of life 
Autor: Makino 
Mangá:  10  Volume 
Dorama:   2 episódios  
Live-action:  1

0 comentário

Kyou koi wo hajimemasu




       Desde o ano passado, venho enrolando para falar sobre esse título, porque tive problemas para rever todos os conteúdos, por um motivo bem bobo. Romances adolescentes são muito inconstantes, pois há muitos mal-entendidos e falta de maturidade para lidar com eles. Por isso, tenho que me preparar psicologicamente para os altos e baixos das minhas emoções. No entanto, finalmente, consegui terminar de ler o mangá e ver as demais adaptações. O mangá foi lançando em 2007. Tem uma ilustração que eu gosto e uma história intensa e profunda. Tem algumas cenas mais quentes também, embora não seja nada explícito. É um bom mangá para adolescentes. O mangá já foi finalizado, mas não há muito tempo. Eu acompanho desde 2013. Foi um longo sofrimento, mas, finalmente, chegamos ao final. Fiquei simplesmente encantada que, depois de tanto transtorno, o final foi simplesmente incrível, maravilhoso, do jeitinho que amo. Nessas horas, percebo que sofri à toa, mas estou feliz com esse final sensacional.


            A adaptação em OVA foi lançada em 2010. A produção não é lá essas coisas, e ele foca em uma das partes importantes do começo da relação dos personagens. Porém, mesmo, assim foi satisfatório. Eu imagino que esse OVA foi feito mais para a publicidade do próprio mangá.  Em 2012, foi lançado o live-action, porém, só tive acesso uns tempos mais tarde. A produção não é ruim. A história foi trabalhada de forma bem resumida, focando apenas nos pontos mais importantes. Achei interessante o modo como trabalharam isso, mas, se você ler o mangá, com certeza não é capaz de ficar satisfeito com a adaptação. Mesmo assim, não foi ruim. Quem gosta da história deve ter aproveitado bastante esse filme.


            O enredo envolve uma adolescente pacata que está para começar sua vida no ensino médio. Frustrada por não ter entrado na escola que desejava, respira fundo para encarar sua realidade em uma escola de classe média, onde os alunos quebram as normas de vestimentas e comportamento. Na cerimônia, ela fica chocada quando a pessoa que passou em primeiro lugar, um rapaz descolado com cabelo comprido, mostrando seu estilo rebelde, faz o seu discurso. Para ela, que havia estudado a sua vida toda para estar sempre com notas altas, foi chocante um cara que nem aparentava ter tal inteligência estar acima dela. O que ela não esperava era que esse garoto popular seria seu vizinho de carteira e que logo de cara já implicaria com ela, por causa do seu estilo nerd de se vestir e portar. Irritada e incomodada com as atitudes do rapaz, enquanto puxava suas tranças, ela corta o cabelo dele. Todos, inclusive ele, ficaram pasmos por tamanha coragem e sutileza. Então, ele a leva para trás da escola. Ela reconhece seu erro e pede desculpas, dizendo que arrumará o cabelo dele e deixar bem melhor do que estava, usando a sua pouca habilidade com a tesoura. O rapaz, irritado, diz que, como pagamento pelo o que fez, roubaria todas as suas primeiras experiências. Então, rouba o seu primeiro beijo. E agora? O que ela fará a respeito disso? Quais são essas primeiras experiências que ele roubará? Como esse encontro inesperado se desenvolverá?


            Tsubaki Hibino é uma adolescente pacata que passa seus dias estudando para ser sempre o orgulho de sua mãe, a qual respeita muito. Com isso, não anda na moda e nem liga muito para a sua aparência. Segue sempre as normas e as coisas do jeito que devem ser, segundo o que lhe foi passado. No entanto, ela é apaixonada por cortar cabelos e fazer penteados. Um dos seus sonhos era ser designer de cabelo, mas, após sua mãe ter uma crise por causa disso, ela esqueceu a ideia completamente. Uma garota que, apesar de não ser inteligente, da duro para suprir suas debilidades, estudando muito e esquecendo totalmente de curtir sua vida de adolescência. É uma garota ingênua, esforçada e sincera. Quando o seu rebelde colega de carteira, que era o primeiro no ranking da escola, começou a implicar com sua pessoa, ela realmente o odiava. No entanto, a forma que ele envolvia as pessoas e as ajudava quando dava na telha, mesmo se houvesse segunda intenção, aos poucos, foi mudando a sua visão. Apesar de ela ter certeza que ele não valia nada e que era um mulherengo sem solução. Contudo, cada vez que ele tentava lhe roubar alguma experiência, lhe forçando sua presença, algo nela começava a mudar. Até mesmo a vontade de mudar para lhe chamar, de fato, a atenção, para não ser apenas um jogo, mas levada a sério. Assim começa a sua primeira experiência em ter interesse por um garoto.


            Kyouta Tsubaki é um lindo e atraente estudante do ensino médio, inteligente, hábil e mulherengo. Completamente popular por onde quer que passe, ele está sempre movendo a todos à sua volta, com seu jeito de ser. Parece não levar a vida a sério e sequer estuda nas horas da aula. Ele sempre está agarrado a alguma garota diferente. Apesar de tudo, suas notas são as mais altas da escola toda. Seu passatempo é apostar com seu melhor amigo quem será sua próxima vítima, que cairá como um patinho em sua lábia e lhe dará sua primeira vez. Mesmo estando rodeado de garotas se oferecendo, ele gosta de mexer com as quietinhas e nerds, por pura diversão. Então, por essa razão, a garota que carrega o seu mesmo nome, Tsubaki, virou a sua presa. Todavia, ele não esperava que ela tinha algo diferente das demais pessoas, que era uma inocência e convicção implacáveis. No final, de alguma forma, essa garota nerd acabou mexendo com a sua estrutura de dentro para fora. Poderia ser que, pela primeira vez, ele de fato se interessara por uma garota de forma genuína?


            Eles compartilhavam o mesmo nome. Isso era provavelmente uma coincidência, mas o seu encontro deveria estar escrito nas estrelas. Uma paixão inesperada começou a invadi-los, mas Kyouta, que sempre levou tudo na brincadeira e ainda lidava com feridas do seu passado, não aceitaria tal coisa tão facilmente. Por essa razão, quando Tsubaki deixou seus sentimentos transbordarem, o garoto ficou desapontado, dizendo que, no final, ela era como todas as outras garotas. Kyouta foi abandonado por sua mãe, após ela dizer tão amorosamente que o amava, e isso ficou marcado para sempre em seu ser, o fazendo ser alguém que não acredita no amor das outras pessoas. Se alguém diz que o ama, só pode ser alguém que não vale a pena lidar, porque uma hora ou outra irá traí-lo. Então, ele prefere ser aquele que pisa e machuca outras pessoas do que ser machucado novamente. No entanto, Tsubaki, com muita convicção sobre seus sentimentos e determinação naquilo que queria, fez de tudo para provar que entre eles havia algo muito maior e diferente. Assim, eles começaram um relacionamento cheio de altos e baixos que fará nosso coração sair pela boca por diversas vezes, mas palpitar de amor cada vez que as coisas derem certo.
            É complexo falar dos demais personagens. Acho que apenas falar dos protagonistas já é suficiente. Muitos personagens interessantes vão aparecendo em cada arco, cada um causando algum transtorno na vida dos dois, mas fazendo com que o relacionamento fique cada vez mais forte. Então, por essa razão, cada um é importante. No dorama, teve algumas fusões que só vão entender quando lerem o mangá. Então, eu indico com toda a certeza o mangá. Ele é maravilhoso. Tem uma história muito boa mesmo. Se puderem, assistam ao live-action e ao OVA. INDICADÍSSIMO!!!


Gênero:   Romance, Shoujo, Slice of life 
Autor: Kanan Minami
Mangá:  15  Volume 
Ova:   2 episódios  
Live-action:  1

0 comentário

Gekkan Shoujo nozaki-kun



            Há muito tempo, eu quero assistir a esse anime, e, finalmente, consegui chegar até ele. Quando comecei a assistí-lo, fui sugada pela história, que me encheu de expectativas, apesar de ter certeza que era uma comédia. No entanto, fui ficando desapontada, porque, nem que fosse uma pontinha, eu esperava que tivesse romance. Todavia, além dos sentimentos existentes da heroína, o romance nessa história é um verdadeiro fracasso. Então, se estiver esperando romance, recomendo que assista a outra coisa. Aqui, vai apenas encontrar vários possíveis casais que você vai shippar com a alma, mas nada acontecerá, no fim das contas. Apesar de não ser o que eu esperava, gostei muito. É muito divertido e foi possível dar boas risadas.


            O mangá foi lançado em 2011 e se encontra ainda em lançamento. Tem uma ilustração bacana. A história está bem mais adiantada do que o anime, então, se quiser ver mais sobre eles, terá que acompanhar o mangá. Eu li tudo. Estou ansiosa para ser surpreendida, em algum momento. A adaptação em anime foi lançada em 2014. Tem uma ótima produção e a história corre de forma mais detalhada do que no mangá, apesar de não fugir dos arcos. Tudo acontece exatamente como tem que ser, mas alguns arcos pequenos foram cortados. Inclusive, o último acontecimento do anime não aconteceu. No mesmo ano, foram lançados seis ovas, mas eu não encontrei para assistir.
            A história gira em torno de uma estudante que é apaixonada pelo seu senpai. Um dia, ela cria coragem para se declarar, no entanto, não sai do jeito que havia imaginado. Devido ao seu nervosismo, ela acaba tropeçado nas palavras e dizendo que sempre foi fã dele. Então, para sua surpresa, ele acaba lhe dando um autógrafo. Tentado corrigir o mal-entendido ela tenta reformular as palavras e diz que gostaria de sempre estar ao lado dele. Com isso, o jovem rapaz a convida para ir à sua casa. Mesmo nervosa com as coisas indo tão rapidamente, aceitou, pois era a sua chance. Ao chegar na casa dele, ele a coloca para pintar uns desenhos. Ela ficou sem entender, mas o fez. No fim de tudo, ela descobre que ele, na verdade, é um mangaka de shoujo. Ele pensou que ela soubesse, e foi assim que ao invés de namorada, passou a ser uma de suas assistentes. E agora? Como ela fará para esse amor evoluir?


            Chiyo Sakura é aluna do ensino médio e participa do clube de arte. É uma garota meiga, alegre e amigável. Ela é apaixonada pelo Nazaki há um bom tempo. Quando finalmente teve coragem de se declarar, não deu muito certo. Agora, virou assistente de seu trabalho com mangás, cuidando de preencher os betas. No final, ela fica feliz em, ao menos, poder ser a única garota mais próxima dele, que está o ajudando e sendo requisitada por ele para alguma coisa. Às vezes, ele tem comportamentos que a fazem ter expectativas, mas, em seguida, ele quebra essa expectativa, deixando-a desapontada. No mangá, ela diz que tem medo de se declarar novamente e o faz, mas, ao invés dele levar a sério, acaba vendo isso como uma boa referência para suas obras. Então, ela resolveu armar algum esquema para ele notá-la mais e sentir sua falta. Se vai dar certo ou não, veremos.


            Umetarou Nazaki é um estudante do ensino médio. Não participa de nenhum clube, no momento, mas é mangaka e trabalha duro nisso. Um rapaz bonito, obstinado e, às vezes, sem noção. Mesmo que faça mangás do tipo shoujo, a verdade é que ele nunca esteve em um relacionamento, mas é perito em observar as pessoas à sua volta e, com isso adquiriu experiência para trabalhar nas suas histórias e aconselhar as pessoas. No entanto, quando se trata dele, as meninas e o amor, ele é um completo sem noção. Não entendeu as intenções da declaração de Chiyo e, mesmo ela estando sempre ao seu lado, pondo-o em primeiro lugar e todos ao redor percebam que ela gosta dele, o próprio não é capaz de ver isso, ou pelo menos finge não ver. Às vezes, parece que realmente gosta dela, mas não da para ter certeza sobre o que ele, de fato, pensa. A vida dele parece girar em torno de seu trabalho. Nazaki usa muito seus conhecidos como referências para suas histórias.


            Mikoto Mikoshiba ou Mikorin, apelido carinhoso que deram a ele, é um aluno do ensino médio. Um garoto bonito, popular e tímido. Apesar de ser popular e ser levado, às vezes, pelo fluxo, ele sempre acaba extremamente envergonhado das suas ações impensáveis. Mesmo sendo popular entre garotas e garotos, ele mantém uma certa distância. Por ser muito tímido, ele prefere ter um relacionamento 2D. Trabalha como assistente de Nazaki, e a sua personalidade foi usada para fazer a heroína do mangá do amigo, apesar dele nem ter se tocado ainda. Também é melhor amigo Yuu Kashima, que é ao mesmo tempo seu rival, embora Yuu ganhe dele, no fim. Mikoto é bem perspicaz quando se trata do interesse amoroso alheio e está disposto a ajudar. Ele tem sido de grande ajuda para Chiyo. Pergunto-me quando ele se interessará por alguém.


            Yuzuki Seo é uma aluna do ensino médio e a melhor amiga de Chiyo. É uma garota popular, habilidosa e impetuosa. Ela é constantemente chamada para participar de atividades extracurriculares como substituta, embora ela acabe fazendo as coisas sozinha e ainda jogue de forma violenta, fugindo das regras. É uma verdadeira causadora de problemas, mas não dá para entender se faz propositalmente ou se ela é realmente irracional. Assim, ela ofende as pessoas ao seu redor, que muitas vezes não a suportam, mas a chamam por necessidade. Apesar de tudo isso, ela faz parte de um do clube de canto. Por incrível que pareça, tem uma voz realmente linda e é conhecida no mundo da música como Lorelei. Todo mundo fica pasmo quando descobre. Ela também foi usada como referência para novos personagens. Sua personalidade foi adaptada em um personagem masculino.


            Yuu Kashima é o príncipe do ensino médio. Charmoso, cavalheiro e galanteador. Apesar de ser o popular e cobiçado príncipe, na verdade, Yuu é uma garota alta, com aspectos masculinos. Pode ser meio idiota e sem noção. Ela faz parte do clube de teatro e sempre foge de suas atividades, levando à loucura o presidente, que sempre corre atrás dela e a leva à força, afinal, Yuu faz os papéis principais. Não da para entender que tipo de relacionamento ela tem com o presidente do clube. Nota-se que ela tem muita afeição por ele, mas parece não entender seus próprios sentimentos ou só não sabe admitir isso.  No entanto, é impossível não shippar o presidente e ela, embora, confesso, me dê uma pequena vontade de shippar o Mikoto e ela, porém, são apenas bons amigos.    


            Masayuki Hori é um aluno do ensino médio, do terceiro ano, e presidente do clube de teatro. Antes, ele atuava, mas agora cuida mais das partes internas. Ele também é um dos assistentes de Nazaki e quem cuida da parte do cenário. Em troca disso, Nazaki escreve os roteiros das suas peças e pede para manter esse segredo, no entanto, acaba descoberto por Chiyo. Assim, os demais assistentes o conheceram. Sakayuki-senpai admira a beleza de Yuu mais que ninguém. Sempre diz que não existe ninguém que supere tal beleza, mesmo quando ninguém está dizendo nada. Vai entender. Diariamente, ele corre atrás dela e a leva ao clube. Chega, às vezes, a ser muito duro, usando um pouco de violência em sua repressão. No entanto, Yuu deve ser masoquista, porque quanto mais ele é duro com ela mais ela o provoca. Yuu se sente abandonada quando ele fica razoável. Não dá para entender o que senpai sente por ela, pois é meio distorcido o relacionamento deles. Parece que se gostam, mas ao mesmo tempo parecem ser apenas bons amigos. Veremos onde isso tudo parará.


            Hirotaka Wakamatsu é aluno do ensino médio. Faz parte do clube de basquete. É um rapaz descontraído e ingênuo. Ele trabalha como assistente de Nazaki, sendo aquele que apaga e que tonaliza. Hiro não suporta Seo e tem passado por grande estresse, por causa da participação dela no clube de basquete. Por alguma razão, ele é sempre o alvo principal dela e nem consegue dormir, de tanta irritação. No entanto, um dia, encontrou uma cantora cuja a voz era o suficiente para relaxá-lo e trazer paz. Lorelei virou sua paixão. Ele é louco para conhecê-la. No entanto, ele não faz ideia de que Lorelei é, na verdade, Seo. O que vai acontecer quando ele descobrir? Isso é tão cômico que Nazaki, que sabe de tudo, mas não se atreve a dizer, está usando os dois como referência para um novo casal, em seu mangá.
            Apesar desse anime não ser o que eu estava exatamente esperando, ele é muito bom.  Se você curte uma boa comédia, vai adorar. É ótimo para nos encher de expectativas o tempo todo. Então, espero que, se você não o assistiu ainda, possa assistir. IDICADO!


Gênero:   Comedia Romanca
Autor: Izumi Tsubaki 
Mangá:  10  Volume 
Anime:   12 episódios  + 6 ovas
0 comentário

Doramas ドラマ












































































































































































































































































0 comentário