Playlist de Doramas - Postagem 2016

           

          Assim como a playlist de animes de 2016, resolvi fazer também a de doramas que passaram aqui durante o ano de 2016. Quem é dorameira sabe que o forte, principalmente dos k-dramas, são as músicas. Cada uma marca de forma tão profunda cada momento da história, que é difícil não amar e se apaixonar pelas canções com letras tão lindas. Coloquei ênfase no k-drama, pois o j-drama ainda sofre essa carência de músicas para dar um toque melhor nos momentos. De um tempo para cá, parece que eles despertaram e alguns doramas já vem com esse toque, que da vida aos momentos. O tw, t e c-drama também fazem uso da música.



            "I Remember you" foi o primeiro dorama que passou aqui no blog, com a música "Remember", cantada pela banda Dear Cloud. Uma canção profunda, que, para mim, fala sobre os dois irmãos. Quem assistiu deve entender bem. Se estiver interessado, leia a postagem clicando aqui. "Proteja você mesmo do desaparecimento. Quando as coisas ficarem difíceis, lembre de mim. Eu realmente quero você, então, eu espero que você pare por um momento e olhe para mim. Não posso parar, eu tenho medo. Eu não consigo me controlar. O que devo fazer? Olhe para mim. Você lembra de mim?"



            "49 Day" é um dorama que tem duas canções muito marcantes: "Falling Tears" e  "Can't Let Go", mas gosto mais da primeira.



            "A Love to kill". Não consegui encontrar o nome da música, mas sei que a cantora é  Lee Soo Young. Talvez o nome seja exatamente o nome do dorama.



            Akai ito é um j-drama que tem uma canção muito linda, “ 366 nichi”, cantada por Hy. “Está tudo bem, está tudo bem porque era amor. Mesmo sabendo que você nunca voltaria para mim, nós ainda estamos conectados.”



            "Ai wo utau yori ore  ni oboreru" é um j-live-action que gosto muito. Não consegui achar o nome da primeira música, cantada no começo. Também gosto da música "Blaue Rozen" que, no filme, foi escrita pela personagem principal para o seu novo amor e é cantado pela vocalista da banda.



            "Ando Lloyd - AI knows Love" esse é um j-drama. Foi muito difícil achar o nome da música dele, "Your Eyes", cantada por Takeuchi Mariya.



            "Arang And the magistrate". Esse k-drama tem muitas canções, entretanto, a que mais gosto e marcou muito o casal principal foi  “Love and Love”, cantada por  Baek Ji Young. Amo a voz dessa cantora.



            "Ao haru Ride". A música do j-live-action é, provavelmente, "Kirari", da cantora Ikimono Gakari.  Por que provavelmente? É muito difícil achar músicas dos live-actions. Eu já vi há muito tempo para lembrar, mas, de acordo com as pesquisas, é essa mesma.



            "Boy Before Flowers". Esse k-drama tem várias canções, mas “Because I’m Stupid”, cantada pelo cantor e ator Kim Hyun Joong, marcou a minha vida. Já escutei-a tantas vezes, que quase furei um CD. “Basta olhar para a sua figura no retrato e é felicidade para mim. Mesmo você não sabendo dos meus sentimentos.”



            "Buzzer Beat". Esse j-drama tem uma música que gosto muito, "Ichibutozenbu", cantada pela banda B’z.



            "Beautiful man" não gosto muito desse k-drama, mas gosto das canções. A que mais marca esse dorama é "I’m Nobody", cantada por Jung Joon Young.



            "Big" esse k-drama tem muitas canções lindas, mas a que mais gosto é “Because it’s you”, cantada pela cantora Davichi. É outra canção que já escutei até furar um CD e já chorei às pitangueiras ouvido-a. "Eu continuo ficando com medo, porque eu te amo. Eu me preocupo que você pode se afastar se eu chegar mais perto. Então eu não posso mesmo falar como um tolo."



            "Blood" esse k-drama tem várias canções, mas "Only one", da cantora Tiffany, é tão meiguinha. Gosto muito dela.



            "Brideof the century". Esse k-drama também tem várias canções, mas "Words I couldn’t Say yet", da cantora Choa (AoA), é a minha favorita. É outra canção que já escutei muito e chorei até ouvindo.



            "CinderellaMan". Esse k-drama é bem antigo. Suas músicas são todas bem animadas. "My man" combina bastante com a situação, então foi a escolhida.



            "Can you hear my heart?" Esse k-drama tem essa canção que eu amo tanto e tem tudo a ver com a história: "Only you can hear", cantada pelo cantor Kim Jae Suk. É uma das minhas canções coreanas favoritas e outra que escutei até furar um CD. Choro só de ouvir. "Mesmo se disser 'eu te amo', mesmo se disser 'eu sinto sua falta', eu não posso ouvir seu coração".        




            "CityHunter". Desse k-drama, escolhi a canção "So goodbye", cantada pelo cantor Jonghyun.



            "Cunning Single Lady". Desse k-drama, escolhi "I Really love you", da dupla Yoo Sung Eun & GB9. Essa canção é muito linda.



            "Devil Beside you". Esse tw-drama tem a canção "Rainie yang", cantada pela Ai Mei, a atriz que interpretou a personagem principal.



            "Dream high" é um k-drama amado por muitos, menos por mim. É um musical, então tem muitas músicas, mas a que mais marcou foi "Love High".



            "Doctor Stranger". Esse k-drama tem várias canções, mas não gosto de quase nenhuma, por ser trilha sonora do casal principal e eu não gostar da atriz que fez a personagem. Então, escolhi a que tocou mais nos momentos em que ele e a personagem eram fofos e eu gostava, a canção "A good day like this", cantada por Jeon Hye Won.



            "Me too, flower". De todas as canções desse k-drama, escolhi "A Lot Of tears", da cantora Suzy.



            "D Day". Esse dorama maravilhoso tem a canção que o marcou muito, "The Day", do cantor Jung Dong Ha.



            "Easy Fortune Happy life". Desse tw-drama, foi difícil achar o nome de alguma música. "Wo de kuai Le" é a que mais o marca.




            "Emergency Couple". Esse k-drama tem a música "Scent of a flower", da  cantora Lim Jeon ghee, que é que mais marca o relacionamento dos personagens principais.



            "Fabulous boy". Esse tw-drama tem várias canções, afinal, é um dorama que envolve músicos. A que mais gosto é  “Can’t Stop”, cantada pela cantora Tseng pei tsz.



            "Faith". Desse k-drama, podem-se passar anos, vou sempre gostar da mesma música, "Carry on", da cantora Ali.



            "Fall in love with me". Esse é um tw-drama que tem muitas canções legais cantadas, principalmente, pelo cantor e ator Aaron yan, que atuou como personagem principal. Escolhi a música que mais gosto, "That’s not me", do cantor Aaron Yan.



            "Full Houde Take 2". Desse k-drama, escolhi a canção que os personagens, que são uma dupla de cantores no dorama, cantam. "Touch", da dupla Take One.



            "Fated To love you". São muitas canções lindas desse k-drama, mas escolhi  "Destiny Sonata", do cantor Jung Dongha.



            "Fallind For innocence". Desse k-drama, escolhi a canção "Paradise", cantada por Davink.



            "Gakusen" é um j-drama que, por um milagre, achei uma canção da segunda temporada. "Kizuna", do grupo Kat-tun.




            "Gu Family Book" é um k-drama que eu amo de paixão. Tem tantas canções que amo, que fica difícil escolher, mas a que mais amo é "Don’t Forget me", da cantora Suzy, que fez parte do elenco. Escutem também "Only you", de 4 men; "Last word", de Lee Seung Gi e "The One", de Best wishes to you. São canções lindas e profundas de encher a alma.



            "Good Morning Call" é um j-drama. A canção que foi usada em seu tema foi   "The end of the world", da banda CASPA.



            "Good Doctor" é um k-drama muito bom, que tem essa música que eu gosto muito. Acho muito linda: "How come you don’t know?", do cantor Kim Jong Kook.

            Achei que eu nunca iria terminar, mas teve muitos doramas ou live-actions  japoneses que não encontrei as canções temáticas, se é que têm (pensativa). Como são doramas que vi há muito tempo, não consigo me recordar. Os que ficaram fora da playlist foram Anna-san , Antique, Arakawa under The Bridge, Bokuraga ita, Clover e Youkai Ningen Bem e Honey And Clover. Espero que se divirtam escutando essas canções muito boas.  Me diz aí, desses doramas que passaram aqui, que música gosta?
0 comentário

Another (live-action)

         

         Esse título já apareceu aqui bem no começo do blog, entretanto, eu apenas fiz um breve comentário sobre ele. Dessa vez, eu vim falar do live-action, mas não posso deixar de falar um pouquinho do anime e do mangá. O anime "Another" é um dos melhores de terror e suspense que já assisti. Realmente me deu aquele medinho e arrepios. Tem uma produção fantástica e personagens muito bonitos. O mangá também é muito bom. Foi lançado aqui no Brasil pela editora JBC e finalizado com 4 volumes. Ele faz parte da minha coleção. A ilustração é maravilhosa e tem apenas alguns detalhes diferentes do anime, mas nada que deixe um ou outro ruim. Existe também a light novel, que o anime, mangá e live-action foram adaptados dele. Foi trazido também pela editora JBC. Eu tenho, mas ainda não tive tempo de ler.


            O live-action me surpreendeu. Confesso que não fui assistir cheia de expectativas, mas a produção estava muito boa. Os atores escolhidos para os personagens principais foram muito bons. Teve algumas diferenças, como não ter todos os personagens relacionados como no anime. Acredito que seguiu mais o mangá, porém também não é um problema. Para quem não assistiu ao anime, pode achar esse live-action impecável, entretanto, as mortes não foram tão assustadoras como no anime. Acho que o que deixou mais macabro o anime foi a forma que as mortes aconteceram. No live-action, para passar uma situação real, eles mudaram um pouco, mas não ficou ruim, só não deu aquele ar tão macabro quanto o anime.
            A história gira em torno de um jovem que, em seu primeiro dia de aula, acaba sendo internado no hospital, perdendo todos os detalhes importantes do começo de aula.  No hospital, ele acaba vendo uma garota muito misteriosa com uma boneca em sua mão. Curioso, entra no elevador com ela e a garota acaba descendo para o subsolo, onde fica o necrotério. Ele avisa que não tem nada naquele andar, entretanto, sem nem uma palavra, a garota entra numa sala. Depois de um tempo, recuperado de seus dias de hospital, ele volta para a escola. É bem recebido por todos e, então, ao olhar pro fundo da sala, nota a mesma garota, sentada. Ao desviar a visão por um instante e olhar de novo, ela não está mais lá. Ao perguntar aos seus colegas sobre a menina que sentava no último assento, eles dizem que não existe ninguém naquela última carteira.


            Ele continua vendo-a pela escola, então questiona seus colegas, que, preocupados dizem: “pare de perguntar sobre alguém que não existe.” Um dia, ao conseguir vê-la de perto, o estudante tenta puxar conversa, então moça diz que era bom ele não falar com ela. Nisso, uma de suas colegas de sala o olha assustada e, ao acusar de algo que ele não entende, ela escorrega e cai em cima do guarda-chuva, que perfura seu pescoço. Naquele momento, ele descobre que sua sala, 3-3, está sobre uma maldição de muitos anos, em que a morte inevitável acontece uma vez que a regra é quebrada. E agora? Que regra é essa? Essa garota está viva ou morta?


            Kouchi Sakakibara é um garoto de saúde frágil. Perdeu sua mãe em seu nascimento e foi viver no interior com seus avós, depois que seu pai foi fazer algumas pesquisas na Índia, a trabalho. Ele parece ser bem sociável. Acredito que ele nem imaginava que iria se meter com uma situação tão sinistra. Depois de ver alguém morrer em sua frente e ficar sabendo da verdade sobre sua sala, ele começou a procurar formas de entender o acontecimento. Por ele ter quebrado a regra de se comunicar com uma pessoa que não existe, seus colegas passaram a evitá-lo e ignorar a existência dele. 


            Mei Misaki é a moça misteriosa, que não sabemos se está morta ou viva. Está  sempre perambulando pela escola e desaparecendo do nada. Existe muita coisa sobre ela que gostaria de dizer, entretanto, quebraria muitas coisas que seria bom vocês descobrirem quando forem assistindo. Eu gosto muito dessa personagem, mesmo que talvez ela seja apenas um fantasma. Achei muito boa a atriz que a interpretou.

            Muitas coisas acontecem, muitas mortes agonizantes, mas nem se compara com as mortes sinistras do anime, como eu já disse. Então, pode ter um pequeno desapontamento nesse ponto. Entretanto, eu gostei. Achei muito bem feito e nós, que acompanhamos live-actions, sabemos que isso é raro. Então, superindicado. Se quiserem conhecer outros personagens, os que aparecem no anime, clique aqui para ver a postagem que saiu aqui no blog.

Gênero:   Terror, Suspense, Sobrenatural
Autor: Yukito Ayatsuji
Ilustrador: Hiro  Kiyohara

Mangá:   4 Volumes 

Anime:   12 episódios

Live-action:  1  filmes


Onde Assistir Liveaction:  
0 comentário

Dakara Ore ni Shina Yo


           Eu já li, no mínimo, duas vezes esse mangá e não importa quantas vezes eu leia, nunca me sinto entediada. Amo essas histórias de amor intenso, que envolvem perigo e a garota acaba se atraindo pelo cara mau. Tem uma ilustração bonita. Essa luta entre dois badboys que entram em um conflito maior por causa de uma única garota realmente  é excitante.
            A história envolve uma garota que voltou para sua cidade natal depois de 5 anos e resolveu ir para uma escola mista, em busca de, enfim, encontrar um namorado. Seu amigo de infância, que veio alegremente buscá-la para levar à escola, fica chocado quando descobre que ela escolheu ir para o colégio norte e a tenta convencer de mudar de escola, o que ela não da a mínima. Mais tarde, em sua nova sala de aula, sentada em sua carteira, um rapaz chama sua atenção e diz o nome dela enquanto se aproxima e tudo se apaga. Quando acorda, está deitada sobre o colo desse garoto com olhar ameaçador, que diz que ela é uma refém.


            Ela estava sendo refém da gangue do seu colégio norte, pois era a preciosa amiga de infância do líder da gangue do colégio sul. Sem acreditar no que aquele garoto disse, seu amigo chega nocauteando todos que estão à sua frente. Mostrando uma figura muito diferente do que ela sempre conheceu, nem parecia ser o garoto que cresceu com ela. A jovem, furiosa com seu amigo, ao invés de agradecer por ser salva, briga com ele por ter virado um delinquente. Enquanto eles interagem, o líder rival, que a sequestrou, pergunta o motivo dela ter ido para aquela escola. Ingênua, ela diz que é porque queria arrumar um namorado. Com um sorriso cínico, ele diz que será um dos candidatos. Totalmente vermelha, ela sente que pisou em um território perigoso.


(Atenção!! Contem Spoiler)
            Saeki Hina é uma garota sociável, alegre e pé no chão. É um tanto ingênua, mas tem atitudes de uma garota forte. Está decidida a encontrar um namorado, mas não esperava que estivesse envolvida em uma situação tão perigosa, que era entre duas gangues rivais. Talvez, seu lado certinho quisesse evitar o máximo possível um garoto tão problemático quanto o líder da gangue de sua escola, mas não conseguiu não se atrair, afinal, ele era intrigante. Seu jeito de garoto mau era totalmente abalador, juntando com as vezes que ele mostrava ser gentil. Caindo feito patinho na rede dele, mal ela sabia que seria traída da pior forma possível. 


            Kanata é o amigo de infância apaixonado desde criança por Hina. Depois que ela foi embora por um tempo, muitas coisas mudaram. Ele, que era um garoto forte, acabou  se tornando um delinquente respeitado e temido. Tem um conflito muito grande com o pessoal do colégio sul e mais alguns inimigos por aí. Ele colocou o nome de sua gangue de Hina, em homenagem a ela, o seu grande amor. Mesmo depois de ele demonstrar tão insistentemente o seu amor por ela e a salvar de situações difíceis, ela não foi capaz de enxergar o seu amor até ser traída tão dolorosamente por Shuugo. Acho Kanata extremamente fofo, principalmente em relação à Hina. Ele diz que é o cachorrinho dela.


            Shuugo é um cara estilo badboy. Tem muita raiva de Kanata e, por isso, sem pensar duas vezes, sequestra a suposta mulher dele. No começo, suas intenções ao se aproximar dela são incertas. Poderia ser realmente que ele estivesse apaixonado por ela, por ela ter tido uma atitude forte com o cara mais temido por caras assustadores. Contudo, ele mostrou ser uma pessoa realmente perversamente sexy, ao ponto de entregar uma garota para caras maus abusarem dela, enquanto ele estava olhando. Só que, por alguma razão, ele sentiu pena dela, no fim das contas. Sua boa atitude, depois dela quase ter sido estuprada, não poderia ser perdoada, mesmo que ele se arrastasse pedindo por perdão. O pobre não tinha notado seus sentimentos e cometeu algo que não poderia ser jamais perdoado.

            Essa história deu o que falar. Muita violência. Eu ainda me pergunto o  porquê as garotas se sentem atraídas por garotos maus, quando tem uns caras que as tratam como preciosas. Vai entender. Eu, particularmente, acho intrigante em histórias, mas eu mesma não suportaria um cara sendo mau comigo. Aqui não, meu bem!! Eu gostei muito desse mangá. Teve umas reviravoltas, daquela dúvida sobre quem realmente a menina vai escolher.  

Gênero:   Drama, Romance, Shoujo, Vida escolar
Autor:  Minase Ai

Mangá: 2 Volumes

Onde ler: 
2 comentários

Neo Angelique Abyss


             Esse anime me deixou com um gostinho amargo na boca. Sabe aquele final que faz um buraco em enorme em seu coração? Será que só eu me senti tão solitária com esse final? Não estou satisfeita com esse fim, quero chorar. O anime "Neo Angelique Abyss" foi baseado em um jogo. E tem muitas características além do  nome da personagem principal,  lembra o anime “Koi suru Tenshi Angelique”, que já foi falado aqui no blog. Leiam a postagem e conheçam (clique aqui). Entretanto, a qualidade é muito melhor e o envolvimento da história é mais cativante. O que me chamou a atenção e me levou a assisti-lo é por ele ser harém reverso. É,  vocês já devem estar cansados de  saber disso, mas vou afirmar de novo: eu AMO harém reverso. Estava esperando um romance  entre a personagem principal e algum dos rapazes, mas quebrei a cara.
            A história acontece em um mundo fictício, chamado Arcádia, onde monstros conhecidos como thanatos drenam a vitalidade  dos seres humanos e destroem tudo ao seu redor. Somente os purificadores são capazes de extermina-los, mas existem muitos poucos com esse dom, o que os levam a não dar conta de proteger Arcádia. Entretanto, existe uma esperança a qual todos se apegam: a rainha que irá nascer um dia e protegerá Arcádia. Um dia, em uma escola feminina, uma garota com um dom curioso chama a atenção de um purificador, que foi recrutá-la já desconfiado que talvez ela fosse o ovo da rainha, a única esperança desse mundo decadente. Assim começa a aventura dessa jovem, que tem o desejo genuíno de poder ajudar as pessoas que estão sofrendo. E agora? Poderia ela ser a esperança que esse mundo precisa?  


            Angelique é uma garota de 16 anos, encantadora, com um grande coração, muito generosa e está sempre pensando no bem estar das pessoas. Sonha muito em ser médica e ajudar os pobres enfermos como puder. Tanto ser médica quando ajudar as pessoas foi algo que ela herdou de seus pais, que eram pessoas maravilhosas que ajudavam sempre o próximo, não importando a situação. Hoje, ela e órfã. Embora esteja sempre com um sorriso no rosto, ela se encontra muito solitária. Quando vieram atrás dela, dizendo que ela poderia ser alguém que tem o poder de salvar Arcádia, ela hesitou e disse que alguém como ela não poderia ser tão especial assim. De alguma forma, ela viu que havia algum certo poder. Se ela era de fato o ovo da rainha, como todos estavam dizendo, é algo que o tempo diria, mas, se o que ela tinha pudesse salvar vidas, estava disposta a dar o melhor de si.


            Nyx é um nobre cavaleiro que tem o dom de purificador e combate com um chicote. Ele foi o homem que descobriu Angelique e a convenceu a usufruir de seu poder, ajudando outras pessoas. Um homem muito misterioso. Sempre fiquei confusa com algumas ações dele, entretanto, conforme ia vivendo com Angelique, ele ia ficando mais carinhoso e mais protetor. Nyx foi o homem que deu uma nova casa e uma nova família para Angelique, e ainda a deu um caminho a seguir. Então, ela é muito grata a ele, a quem considera parte de sua família. Mais tarde, muitas coisas são reveladas sobre o mistério que o envolve, algumas um tanto tristes.


            Rayne é um jovem cientista. Tem o dom de purificador e combate com uma arma. É um rapaz inteligente, impulsivo e elegante. No começo, ele parecia  extremamente irritado com a presença de Angelique, entretendo, estava mais que na cara que foi amor à primeira vista, mas como ele não sabia lidar, ficava irritado. Logo, ele se entregou aos encantos dela, ficando muito apegado e protetor. A mansão onde ele mora com Nyx agora está mais brilhante com a presença dessa delicada senhorita. No passado, ele era um professor científico da fundação de seu irmão, mas abandonou a profissão. 


            J.D. é um homem alegre, com voz suave e tem o dom de purificador. Por acaso, um dia, acaba conhecendo Angelique e se encanta por ela à primeira vista, principalmente depois de presenciar o seu poder. Logo em seguida, é recrutado pela própria Ange para fazer parte de seu grupo. Então, ele passa a viver na mansão com o único propósito de proteger o sorriso dela, o qual estima tanto. Embora ele pareça ser tão vívido, a verdade é que J.D. não é humano. Ele é um artefato, uma arma biológica. Acredito que é uma espécie humanoide, que foi considerado defeituoso por tomar suas próprias decisões e até mesmo adquirir emoções. J.D. é um personagem bondoso e muito estimado por Angelique.


            Hyuuga é um ex-cavaleiro de prata da Terra Santa que tem o poder de purificador. Combate o inimigo com uma lança. Ele jura lealdade à Angelique assim que a reconhece como ovo da rainha e diz que a protegerá com sua vida. Entretanto, Angelique diz que prefere que ele seja um bom amigo e o convida para morar na mansão. Hyuuga carrega um peso dentro de si, o que não revela para ninguém, mas Ange percebe que existe algo errado. Ele se recusa a pisar na Terra Santa e diz que o seu corpo é impuro, por esse motivo, não deve entrar.  Mesmo depois de Ange dizer que ele é um bom amigo, ainda age como servo.


            Bernard é um repórter que só escreve a verdade. Ele não consegue acreditar no rumor sobre o poder de Angelique, então vai conferir por si mesmo. Depois de ver que ela poderia ser o ovo da rainha, escreve um artigo que da esperança ao povo de Arcádia, o que pode ser bom, mas pode ser ruim também. Mais tarde, ele descobre que eles têm parentesco. Ele é um primo com quem conviveu um pouco quando era criança.


            Roche é um jornalista, quase um paparazzo, que ama muito dinheiro e mulheres. Ele faz qualquer coisa por dinheiro e o que o atraiu em Angelique foi o fato de que ela seria um saco de dinheiro, se ele conseguisse pegar algo grande sobre ela. Depois de passar uma tarde em particular com a jovem, ele acaba se cativando por ela, até mesmo se apaixonando. Ele é o único que diz claramente ter sentimentos por ela. 


            Rene é um menino de 15 anos que já tem seu futuro traçado. Ele será o futuro líder religioso, então não lhe é permitido sair das muralhas da Terra Sagrada. Por isso, se considera um pássaro em um gaiola, pois o que ele mais deseja é conhecer o mundo afora. O atual líder religioso, que é seu tutor, é uma pessoa de extrema importância para ele. É uma pena que sua ingenuidade não o fez perceber desde o começo que havia algo de muito errado. Talvez, se tivesse percebido, teria salvado o coração da pessoa mais importante para ele ali dentro. 

            Mathias é o atual líder da organização religiosa que apoia os cavaleiros da Árvore Sagrada. Entretanto, ele não é o líder original. Acontece que, quando o líder original faleceu, ainda não havia nascido o próximo líder e ele foi escolhido por ser uma criança prodígio. Porém, alguns anos depois, nasceu o verdadeiro, Rene. Embora ele ficasse um tanto na defensiva por estar quase perdendo seu posto, ele se apegou ao jovem Rene e o criou. Ele ama a Terra Santa mais que ninguém.


            Erenfried é um cientista de 14 anos. Embora seja muito inteligente, é um tanto imaturo e se deixou levar muito facilmente pela inveja e pela ambição de querer ser melhor. Tem como rival Rayne, que é considerado um dos melhores cientistas, o deixando em segundo plano sempre. Ele foi reconhecido pelo presidente da fundação, que o chamou para fazer parte dela, por isso tem muita admiração por ele. Tenta sempre ser motivo de orgulho, entretanto, ele se deixou se exaltar demais por causa de sua ganância em querer ser reconhecido. Acabou fazendo muitas coisas ruins. 


            Jet é um artefato, igual a J.D., mas é diferente dele, pois não se apega à emoções e somente cumpre ordens. Está sempre chamando J.D. de defeituoso por ele ter emoções. Uma vez, ele foi ordenado a recuperar o artefato original, que no caso é J.D., o que ele não consegue. Depois, foi ordenado a raptar Angelique, foi o primeiro contato mais próximo que teve com ela. Por alguma razão, depois disso, não conseguia esquecê-la e, pouco a pouco, Jet também começou a criar emoções. Ele começou a considerar que era defeituoso também, e a culpa era dessa menina.

            Muitas coisas rolam nessa história cheia de homens bonitos e cativantes, não sei como o coração de Angelique não se moveu para ninguém. Embora, por um pouquinho, eu achei que ela estava um tanto mexida demais com o Nyx. Poderia ser por causa da situação, um tanto difícil ter certeza. O fato era que todos eles a amavam muito e, no mínimo 4 deles, era como mulher. Agora, eu que estava aqui, esperando o tal romance, dou de cara na parede, porque nada assim aconteceu. Também não consegui shippar. Foi muito difícil. Acho que Ange é tão neutra, que não consegui shippar. Estranho, agora que penso nisso. É um ótimo anime. Vale a pena sim assistir. E aí? Já assistiram???


Gênero:   Fantasia, Harem reverso
Autor: Yuka Yamada
Anime: 2 temporada= 13 Episódios +13 Episódios 


0 comentário