Kokuhaku Jikkou Iinkai: Serie Ren’ai


       

     Há muito tempo, coloquei esse anime em minha lista no Crunchyroll. Para ser sincera, não fazia ideia de que existiam várias partes, mesmo assim, estavam todas na lista. Não assisti na ordem certa, mas, mesmo assim, foi maravilhoso. Se você está procurando uma história de amor muito fofinha, com um desenvolvimento curto, mas satisfatório, essa é a escolha certa, sem sombra de dúvidas. A novel foi lançada em 2014 e ainda continua em andamento, com 9 volumes até o momento. O nome original da novel é “Kokuhaku Jikkou Iinkai: Serie Ren’ai” (Comitê executivo de confissão: História de amor). A primeira adaptação foi o filme de uma hora, lançado em 2016, que conta o desenvolvimento, com detalhes, de um dos casais do enredo, com o título “Zutto Mae Kara Suki Deshita”. No Crunchyroll, o nome aparece como “I’ve Always Like you”. No mesmo ano, saiu “Suki Naru sono shunkan”, um filme de uma hora, com foco em outros personagens da série. No Crunchyroll aparece como “The Moment you fall in love”. E, somente em 2017, teve a adaptação em anime, com apenas 6 episódios, com um desenvolvimento ultra fofo. Inclusive, foi o que eu assisti primeiro e me apaixonei. O nome é “Itsu datte bokura no koi wa 10 senchi datta”. No Crunchyroll, o título é “Our Love has Always been 10 Centimeters apart”.
            O enredo envolve seis estudantes do ensino médio que são, de alguma forma, amigos ou colegas. Eles têm aprendido como é duro lidar com os conflitos amorosos e como pode ser difícil se confessar à sua pessoa amada. Ao redor deles, também há outros personagens cujas histórias serão compartilhadas. 


            Natsuki Enomoto e Yu Setoguchi são bons amigos de infância e sempre moraram um do lado do outro. Natsuki é uma garota amigável, energética e barulhenta. Por valorizar tanto a amizade que tem com Yu, se encontra em dificuldade para se confessar, pois teme ser rejeitada e perder, pelo menos, esse bom momento que têm como amigos.  Por essa razão, ela continua falando que suas confissões são brincadeiras ou treinos, para que tenha coragem de se confessar de verdade para a pessoa que realmente gosta. Yu é um rapaz bonito, inteligente e simpático. Apesar de não aparentar, pode ser bem tímido.   Esse comportamento de Natsuki o deixa inseguro e chateado, pois, apesar de ser apaixonado secretamente por ela, acredita genuinamente que o que sentem um pelo o outro não é mútuo. Mesmo tentando ao máximo ser aquele que a apoiará, mesmo que ela goste de outra pessoa, não deixa de ser difícil. Assim, eles têm passado por dias difíceis, tentando ter coragem para se confessarem um ao outro, de uma vez.  


            Sota Mochizuki e Akari Hayasaka são apenas colegas de sala e nunca conversaram muito. Contudo, Sota, que é um garoto tímido, gentil e inseguro, se encontra apaixonado, há um longo tempo, por Akari, mas nunca teve coragem de trocar qualquer palavra com a garota. Ele tem que lidar com o ciúme por ver cada garoto que se aproxima dela, enquanto ele mesmo não consegue nem desejar um bom dia. Akari é uma garota bonita, um pouco desajeitada e simpática. Nunca teve qualquer experiência com o amor, porém, tem vontade de entender melhor esse sentimento. No desenvolvimento, Sota consegue falar, pela primeira vez, com Akari, e isso lhe dá forçar para tentar mais a fundo. O que ele fará?


            Miou Ainda e Haruki Serizawa, de alguma forma, acabaram se tornando bons amigos. Por sempre irem embora juntos, surgiram rumores deles namorarem, contudo, eles negam fortemente ter um relacionamento, apesar de se gostarem. Miou é uma garota gentil, tímida e discreta. Ela não se da bem com garotos, contudo, Haruki é diferente. Seu problema de inferioridade acaba atrapalhando que ela siga em frente, tanto na vida quanto nesses sentimentos que guarda por ele. Haruki é um garoto energético, gentil e esperto. Ele ama cinema e sonha em ser um grande diretor. Apesar de gostar muito de Miou, não consegue encontrar coragem para se confessar. No desenvolvimento, Miou descobre algo sobre si que envolvia seu amado. Não sendo capaz de lidar com isso, se tornou cada vez mais distante, fazendo com o que era apenas 10cm para que se aproximassem se tornasse uma distância difícil de calcular. Assim, o mundo de ambos começou a ruir. Quem diria que esses sentimentos tivessem tal poder para despedaçar tudo? Como eles encontrarão o caminho para o outro? Um dia, serão capazes de finalmente não terem qualquer distância para o outro? Esse é o meu favorito, o casal principal do anime.


            Hina Setoguchi é a irmã mais nova de Yu. Ela se apaixonou pelo gentil senpai, Koyuki Ayase, que, por sua vez, é apaixonado pela Natsuki. Enquanto isso, o único que tem olhado para ela, há anos, é Kotaro Enomoto, irmão mais novo de Natsuki. Hina é meiga e muito fofa. O sonho dela era namorar alguém como seu irmão, porém, acabou se apaixonando por alguém completamente oposto, mas maravilhoso. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para se aproximar cada vez mais. Já Ayase, tenta de tudo para alcançar o coração de sua amada. Chega até a mudar sua aparência. Por isso, não tem olhos para qualquer outra garota, inclusive para sua Kohai. Kotato, um garoto dinâmico e nada sincero com o que sente, está sempre implicando com Hina, mas ele realmente a aprecia e faria qualquer coisa para vê-la sorrindo. Tem ficando realmente inquieto, sem saber como protegê-la de um coração partido e se tornar uma pessoa especial para ela.
            Esses são personagens principais. Os dois primeiros, você verá mais detalhes no primeiro filme. O terceiro casal, no anime. E os três últimos, verá no segundo filme. Não deixe de ver até após a música de encerramento, pois tem cenas muito importantes e divertidas. Tem outros personagens, mas como não existem detalhes sobre eles na animação, resolvi não falar sobre os mesmos. Então, por favor, assista. É realmente muito romântico. Por essa razão: INDICADÍSSIMO!!!


Gênero:   Drama, Romance, Shoujo
Autor:  Tooko Fujitani

Novel:  9 volume ( Em andamento) 
Anime:  6 episódios 
Filme:  2
0 comentário

O despertar de amor entre os 7 pecados – Nanatsu no Taizai




           No mês agosto, tivemos uma Festa do Pijama privada da família Kuro & Shiro (cliqueaqui).  Não entrarei em detalhes agora, pois ficará para uma próxima postagem.  Contudo, o texto de hoje é para falar sobre esse vídeo cheio de amor, que foi gravado na manhã seguinte, com os casais do anime “Nanatsu no Taizai” (clique aqui). Essa foi uma manhã muito importante, acredito, para todas nós. Eu realmente estava em êxtase, porque eu sou muito apaixonada por esses casais. Ainda mais porque seria a primeira vez em que eu poderia estar com meu Ban. Eu esperei muito por isso. Não tenho palavras para expressar o quanto esse momento foi importante para mim. Falarei melhor sobre isso em outro momento.
            Quando foi decidido que, no dia seguinte, usaríamos o cosplay do “Nanatsu”, eu fiquei muito feliz. Isso me encheu de inspiração e eu pensei: preciso aproveitar esse momento.  Então, fiz um pequeno roteiro, sem muitos detalhes, mas com algumas ideias do que eu queria. Gravei tudo pelo meu celular e achei a coisa mais maravilhosa do mundo. Mesmo a qualidade da imagem não sendo da melhor, foi muito prático. Editei com um editor no celular mesmo, e a música foi escolhida, pela maioria, após eu terminar a edição. Como posso dizer? Foi incrível como tudo se encaixou de forma tão perfeita e fofa.





            Perdi as contas de quantas vezes eu assisti a esse vídeo, porque fiquei realmente encantada com esse momento, que, para mim, foi mágico. Em breve, vem mais um vídeo, então, fiquem ligados! Visitem o canal do Kuro & Shiro, se inscrevam e cliquem em gostei, para dar uma força para nos inspirar a produzir mais vídeos fofos, como esse.  Obrigada por tudo! 

0 comentário

Heroínas de harém inverso


         

      No mundo dos animes, existem muitas heroínas maravilhosas. A lista seria interminável se juntasse-as. Porém, hoje, não estou aqui para falar de todas, mas das heroínas de haréns inversos. Já disse muitas vezes o quanto eu amo esse gênero, mas nem todos são realmente bons. As histórias, em si, costumam ser boas, mas a heroína é o fator principal para fazer a história se desenvolver bem, mas, muitas vezes, elas são decepcionantes. Então, vamos falar um pouco delas.  


            Heroine é do anime “Amnesia” (clique aqui). Aparentemente, ela é uma gracinha. A história que a envolve é muito intrigante e os personagens masculinos que a cercam são maravilhosos. Contudo, para mim, ela é uma verdadeira cabeça de vento. Que tipo de pessoa perde a memória, não conhece nada ao seu redor, não vai perguntar quem são as pessoas à sua frente e nem se pergunta sobre si mesma? O anime não trabalha a vida da garota e não lhe dá reações que uma pessoa teria. Onde está a graça de uma garota como ela? Ser gentil e meiga pode até servir para atrair os homens, porém, para quem está assistindo, é um verdadeiro tédio vê-la sendo tão cabeça de vento. Chega a ser irritante.  Mesmo achando a história maravilhosa, acho que a heroína coloca tudo a perder por ser assim.


            Princesa Yona, do anime “Akatsuki no Yona” (clique aqui), um dos meus haréns mais queridos. A sua história é fantástica. Os personagens ao seu redor são incríveis e apaixonantes, assim como ela, que vem nos surpreendendo a cada dia mais. Yona era uma princesa mimada, que não entendia nada das dificuldades da vida, então, obviamente, no começo, é bem chatinha, mas não deixa de ser linda. Porém, depois de ter seu coração destroçado e mergulhar em um mar de sofrimento, ela foi subitamente forçada a amadurecer e a entender o que realmente a vida é. Com isso, a cada desafio e a cada etapa que vinha a seguir, ela se tornou uma princesa, da qual eu me encho de orgulho. Para mim, ela é uma heroína fantástica. Eu fico arrepiada cada vez que a vejo tão forte e segura de si. Impossível não se apaixonar.


            Ema, do anime “Brothers conflict” (clique aqui). Para mim, ela é uma heroína muito agradável. A história dela também é bem interessante. Imagina: sua mãe casa de novo e você ganha 13 irmãos bonitões! Eu gosto da Ema. Acho-a uma garota muito pé no chão e simpática. Ela se deu bem com todos os garotos rapidamente, apesar de, no começo, ser um pouco desconfortável uma garota só no meio de tantos homens. Para mim, ela tem o tempêro certo para uma heroína. Não é cabeça de vento e nem sem graça. Porém, me incomoda o fato dela não parecer mexida por nem um deles. Obviamente, esperamos um pouco de romance, então, ansiamos por vê-la mexida ou confusa, no mínimo. Contudo, parece que não importa quem se aproxime ou se declare, ela não parecia ser tocada em nenhum momento. Isso me incomodou bastante.


            Haruno é do anime de curta duração “Bonjour sweet love pâtisserie” (clique aqui). Acho-a muito legal. A história é boa, porém, é muito curta para conhecer bem os personagens e para criar vínculo. A relação ambígua dela com cada um realmente me irritou bastante. Todavia, ela não é uma garota sem graça, além de ser fofinha, habilidosa e amigável.  Estava só correndo atrás de seus sonhos, então, talvez não tivesse tempo para pensar em amor.


            Yui é a heroína do anime “Diabolik Lovers” (clique aqui). É a mais chata e sem graça de todas que já conheci. Apesar de sua aparência ser uma gracinha, é uma personagem realmente irritante, que estragou uma boa história. Eu amo histórias com vampiros. Fazer brotar amor em um ser que, naturalmente, não deveria amar, é realmente intrigante para mim. Porém, essa mosca morta colocou tudo a perder. É a pior heroína de todas. Não tenho nem palavras para expressar o quanto não gosto dela e o quanto me irrita, por ser um poste que nem capacidade de chorar tem. Desculpe, mas realmente essa mulherzinha me irrita.



            Miaka é a heroína do anime “Fushigi yuugi” (clique aqui). É uma garota muito interessante, cheia de energia, sociável e corajosa. Sua história é muito intensa e intrigante. Os personagens ao seu redor também são maravilhosos. No começo, ela só fazia molecagem, mas, no desenvolvimento, ao passar por diversas situações, começou a amadurecer e a se tornar, a cada dia, uma personagem mais impressionante. Gosto muito dessa heroína. Acho que vale muito a pena conhecê-la, apesar de ser bem antigo, o anime.


            Hinako é a heroína do anime “Kenka Banchou Otome” (clique aqui). É uma personagem muito interessante. Queria conhecê-la melhor. É uma garota corajosa e forte, fisicamente, o que eu adorei. Sua história é interessante, mas o desenvolvimento não foi um dos melhores. Acredito que é uma heroína que tem muito mais a nos oferecer daqui para frente.


            Tamaki é a heroína do anime “Hiiro no kakera” (clique aqui). Ela é uma das poucas que são realmente cheias de presença e nos envolvem de forma impactante. Eu gosto muito de como ela é cheia de coragem e bondade. Amo como a história se desenvolve ao redor dela. Os demais personagens são muito cativantes. Eu os amo. Apesar de achá-la um pouco ingênua, para mim, o que conta é a personagem fazer e acontecer, correr atrás e mostrar seus sentimentos, sejam bons ou ruins, ao máximo. É uma personagem muito amável.


            Angelique é a heroína do anime “Neo angelique Abyss” (clique aqui). É uma garota realmente amável, corajosa e tem coração enorme. Apesar de ser de um anime antigo, sua história é intrigante e os personagens à sua volta também são muito cativantes.  Quem dera as personagens dos haréns que são adaptações de novels fossem como ela, tão marcante.
            Como são muitas, decidi dividir em duas partes, para não ficar muito extenso. Então, espero que tenham gostado da postagem. Aguardem pelas próximas.

0 comentário

Touch Your Heart (K-drama)




           Desde que vi que o ator Lee Dong Wook e a atriz Yoo In Na estariam atuando como personagens principais, fiquei louca para assistir. Tudo isso porque eles foram um casal secundário em um dos doramas mais incríveis que já vi, então, queria muito vê-los juntos novamente. Esse dorama foi lançado em 2019. A produção, como sempre, impecável. A história é legal, mas nada que cause impacto e marque para sempre. É uma história bem simples, com um pouco de comédia e um romance bem fofinho entre duas pessoas muito opostas. Gostei, mas confesso que queria que desse casal surgissem situações para abalar todas as nossas estruturas, mas já esperava que não seria assim, já que tinha um pouco de comédia no meio.
            A história gira em torno de uma atriz famosa que foi pega em um terrível escândalo envolvendo drogas e o filho de uma família rica. Com isso, sua reputação foi abalada totalmente, ainda que tivesse sido comprovado que ela não tinha nada a ver com a situação ou envolvimento com drogas. Alguns anos se passaram e, agora, ela vê uma luz de esperança para voltar a fazer o que mais ama: atuar em uma novela em que ela seria uma advogada, escrita por um roteirista muito famoso. Para conseguir esse papel, está disposta a fazer qualquer coisa. Então, passa a trabalhar em segredo em um escritório de advocacia, como secretária de um dos advogados mais sérios daquele local. Sem senso qualquer de ser uma pessoa normal, ela chega com seu jeito extravagante, esperando que todos caiam de quatro aos seus pés. Contudo, leva um balde de água fria quando seu chefe não se importa com quem ela é e só quer que faça seu trabalho direito. E agora? Ela conseguirá trabalhar como secretária, ainda que não tenha nenhuma experiência? Ou desistirá e, sendo assim, perderá esse importante papel?


            Oh Yoon Seo, ou Oh Jin Sim, que é seu nome verdadeiro, começou a sua carreia ainda na adolescência. Na verdade, nunca foi uma boa atriz, mas sua beleza e simpatia conquistaram espaço facilmente, ainda que não fosse tão boa em atuar. Ficando muito famosa, ela virou a fada da Coréia, mas tudo foi arruinado quando um homem rico e possessivo se apaixonou por ela, destruindo sua carreira. Apesar de se fazer de forte, aqueles tempos foram pavorosos, afinal, ser perseguida por alguém poderoso foi realmente assustador. Ver sua carreira sendo arruinada, sem nada que pudesse fazer, foi doloroso, mesmo assim, ela mantinha a postura. Trabalhar no escritório de advocacia, como secretária pessoal do advogado Kwon Jung Rok, mudou sua vida e seu modo de ver as coisas. Passou a levar muito mais a sério o seu trabalho, tanto como secretária quanto como atriz. Porém, o que ela não esperava era que encontraria o amor e teria a experiência mais mágica de sua vida.


            Kwon Jung Rok é um homem sensato, sério e correto. Um advogado que ama o que faz e se dedica muito a isso. Por essa razão, provavelmente, nunca esteve realmente aberto a ter um relacionamento. Quando decidiram que a atriz Oh Yoon Seo trabalharia como sua secretária, ele negou totalmente, pois não queria alguém sem experiência atrapalhando o seu trabalho. Porém, foi forçado a aceitar. No começo, ele realmente sentiu que não daria certo. Ela era uma garota totalmente sem senso, que não sabia nada sobre o trabalho. Então, decidiu simplesmente ignorá-la e fazer tudo sozinho. Todavia, a própria decidiu mudar e tomar uma posição melhor como secretária, mas, mesmo tentando o seu melhor, ele não estava disposto a aceitá-la. De alguma forma, após ouvir rumores, decidiu lhe dar uma chance. Sem perceber, eles já eram uma boa equipe e, pela primeira vez em muito tempo, ele se sentia diferente em relação a uma mulher.


            De alguma forma, depois de muitos desentendimentos, eles acabaram se entendendo. Rapidamente, Oh Yoon Seo se encontrou pela primeira vez caindo de amor por alguém. Porém, não seria fácil, pois um homem como ele nem parecia vê-la como mulher, já que tudo que enxergava era seu trabalho. Ainda que várias vezes tentasse falar sobre o que sentia, parecia passar despercebida por ele. Contudo, até o inexperiente Jung Rok começou a notar que se sentia diferente em relação a essa mulher. Sentimentos diferentes, que nunca havia sentido. Cada dia mais, ele a via cada vez mais bonita e o interesse que, geralmente, não tinha pela vida dos outros, quando se tratava dela, era diferente. De forma bem lenta, sendo sacodido e advertido por um amigo próximo, acabou entendendo seus sentimentos. Assim, um relacionamento secreto estava para se desenvolver. E agora? Como será esse romance entre um advogado e um atriz?
            Tem vários outros personagens e vários outros casais que vão se formando de forma muito fofa. Contudo, senti que, se eu fosse falar de mais um, eu teria que falar de todos, e são quase 10 personagens. Então, ficaremos apenas com os principais. Eu gostei muito desse dorama, mas nada que me marcou, pois era um enredo bem simples. É uma história bem fofa. Espero que gostem.


Gênero:   Romance, Drama, comedia
Dorama:   16 episódios 

0 comentário

Triple kiss



Logo de cara, quero dizer que esperava mais desse mangá. Não que seja ruim nem que a história tenha se desenvolvido de forma tão ruim, o problema é que eu acho que poderia ter sido muito melhor. Porém, pode ser só a minha chatice, já que estou em uma fase em que nada me agrada. A ilustração é ótima e a história tem um teor muito intrigante. Eu só desejava que fosse um pouco mais séria e impactante, apenas isso.
            A história gira em torno de uma estudante do ensino médio que nunca teve um namorado e que, apesar de não lembrar totalmente, guarda em seu coração uma promessa de infância com o garoto que gostava. Um dia, quando ia para a escola, se depara com um garoto muito bonito, que logo de cara a encanta. No mesmo dia, mais tarde, o professor apresenta um aluno transferido. Apesar dela ter certeza que era o mesmo garoto bonito que vira, naquele momento, todos o acharam estranho, pois seus cabelos tampavam seu rosto. O seu comportamento totalmente estranho fez, automaticamente, todos o evitarem. Sem entender exatamente o que estava acontecendo, ela sentia a necessidade de conhecê-lo. Quanto mais próxima se tornava mais apaixonada ficava. Mesmo achando triste que ele fosse o excluído da escola, resolveu guardá-lo para si. E agora? Quanto tempo ela continuará, egoistamente, o privando?


            Yukino Ninomiya é uma garota de beleza comum, simpática e amigável. Quando criança, brincava com um garoto tímido e fez a promessa de se casar com ele quando crescessem. Ela não lembrava do rosto do garoto, mas aquela promessa continuou em seu coração e, talvez, por isso, nunca abriu o seu coração para se apaixonar ou estar em um relacionamento. Contudo, ao conhecer Seiji, seu coração balançou de uma forma diferente. Como destino, ela simplesmente não pôde parar seus sentimentos. Porém, era um garoto bonito. Como ele realmente poderia gostar dela? Não demorando muito, todos descobriram a sua beleza e, assim, as coisas se tornaram difíceis, mas seu coração continuava fortemente apaixonado. Enquanto seu relacionamento com ele se desenvolvia, um rapaz, primo de Seiji, começou a se intrometer na relação, deixando seu coração confuso, quando declarou que era o garoto que conheceu na infância. E agora? Como ela lidará com essa confusão em seu coração?


            Seiji Soeguse é um garoto muito doce, ingênuo e inteligente. Perdeu seus pais quando ainda era muito pequeno e foi viver na casa de seu primo mimado, Hikaru, que, apesar de fazê-lo de escravo, aliviou toda a sua solidão e tristeza. Seiji sempre foi muito bonito e chamava a atenção de todos. Por essa razão, seu primo sempre fez de tudo para apagar seu brilho. Foi assim que Seiji se tornou uma pessoa estranha, que escondia sua beleza atrás de suas longas franjas e comportamento estranho. Quando encontrou Yukino, ele já sabia que era ela, pois foi a única criança a brincar com ele, no passado. Sempre esperou vê-la novamente, mas ficou triste quando ela não o reconheceu. Seus sentimentos de amor persistiam desde aquela época e, agora, ele queria estar ao lado dela, porém, era muito tímido para dizer isso.


            Hikaru Ichinose é um rapaz excêntrico, mimado e egoísta. É realmente muito bonito, mulherengo e adora estar no controle de tudo. Foi inaceitável seu primo mudar de escola sem sequer o avisar, então, não hesitou e mudou também. No começo, ele não sabia porquê seu querido primo queria mudar, mas, quando viu Yukino, logo percebeu. No começo, ele quis destruir o que eles tinham, por ciúmes ou por inveja. Quem sabe o que seria isso? Porém, ao passar um tempo com a garota, algum sentimento doloroso é desencadeado dentro dele. Quando descobriu quem ela era, resolveu fazer de tudo para tê-la. Então, disse a ela que era a criança que conheceu. Como ela poderia estar amando Seiji se havia prometido que casaria com ele? Então, começa a fazer todo o tipo de coisa para tomar seu coração. O que ele realmente quer? Em alguns momentos, vocês se perguntarão isso.
            Não foi melhor mangá da minha vida. Como disse, poderia ter sido melhor. Porém, não é de todo ruim, não. É até fofo, apesar de eu não aguentar muito os garotos lentos. Pelo menos a heroína tem atitude, se não, eu quereria socar um dos dois.


Gênero:      Shoujo, romance
Autor:   Shimaki Ako
Mangá:    2 volume
0 comentário

Hoshi o ou Kodomo – Viagem para Agartha




          Talvez esse seja o mês de ver os filmes da Netflix. Digo isso porque, hoje, falarei desse filme animado japonês, cujo nome original é “Hoshi o ou Kodomo”. Na Netflix, você o encontrará com o nome “Viagem para Agartha”. Ele foi lançado em 2011. É mais um filme produzido por Makoto Shinkai, o mesmo de várias obras que já passaram por aqui. A mais conhecida do momento é “Kimi No Na Wa” (clique aqui). Acreditava que fosse mais antigo, devido ao estilo da produção. Bem, são 8 anos, não é tão atual também.  Curti a história, mas acho que faltou alguma coisa para causar mais impacto e cravar as garrinhas no coração de quem está vendo.
            A história gira em torno de uma estudante do fundamental que, devido às várias situações, foi obrigada a amadurecer mais rápido do que as demais crianças de sua idade. Em seus momentos solitários, ela passa o tempo escutando músicas estranhas, transmitidas por um receptor que ganhou de seu pai. Um dia, quando estava voltando para casa, encontra o gato que sempre cuidava, mas há dias não via. Ao segui-lo, se depara com um monstro. Quase sendo atacada, é salva por um rapaz misterioso, que se machucou no processo. Enquanto cuidava de seus machucados, o jovem retribui a cortesia, lhe abençoando com um beijo na testa. Eles conversam e ela descobre que ele vem de um mundo místico subterrâneo, chamado de Agartha, e que está atrás de algo muito importante. Com a promessa de se verem no dia seguinte, ela nem imaginava que havia uma organização militar que ambicionava encontrar o portal para o mundo místico. Sendo assim, Agartha e seu misterioso amigo estavam em perigo. E agora? Como essa história se desenvolverá?


            Asuna Watase é uma garota muito esforçada, responsável e solitária. Seu pai faleceu quando ainda era bem pequena e sua mãe trabalha como enfermeira em longos plantões. Por essa razão, Asuna passa muito tempo sozinha, tendo que cuidar de suas responsabilidades em casa. Quando não tem nada para fazer, ela passa o tempo em seu esconderijo secreto, onde guarda mantimentos e, acima, faz seu breve piquenique, enquanto escuta músicas misteriosas pelo seu transmissor. Quando conheceu o jovem rapaz, Shun, ficou encantada com suas características diferentes e com sua habilidade, que com toda a certeza não poderia ser desse mundo. Foi um breve momento, mas aquele amigo, que lhe abençoou com beijo na testa, ficou cravado em seu coração. Mal ela sabia que aquele era seu primeiro e último encontro. Que tipo de experiência amarga essa criança experimentará?


            Ryuuji Morisaki é professor substituto da classe de Asuna. Ele é um tanto misterioso.  Depois de dar uma aula um tanto sombria, que despertou totalmente o interesse de Asuna, eles tiveram uma conversa sobre Agartha. Assim, ele disse que, nesse lugar, se encontra o portal da vida e da morte, em que é possível ressuscitar os mortos. Ingenuamente, a garota confiou nele, porém, ele fazia parte da organização militar que ambicionava achar o portal. Obviamente, ele tinha seus próprios motivos, que era ressuscitar a sua amada esposa, que faleceu há muito tempo. Ele nunca foi capaz de superar. Após se separar de seus companheiros, se juntou à garota em uma aventura em Agartha, ambos com o mesmo objetivo.


            Shun Canaan Preases é um rapaz muito gentil e educado. Apesar de não ser bom que fique muito tempo sobre a superfície, ele decidiu ir mesmo assim, pois havia algo que queria encontrar, nem que fosse uma única vez. Havia um preço a ser pago, ele sabia bem, mesmo assim, se arriscou, porque encontrar isso era mais importante que sua própria vida.  Encontrar Asuna foi um momento muito precioso, quem dera pudéssemos ver um pouco mais disso. Muitas dúvidas sobre ele ficaram no ar, para mim. Eu queria saber muito mais sobre ele. O desenvolvimento dele não foi muito detalhado, infelizmente.


            Shin Canaan Preases é o irmão mais novo de Shun. Eles são praticamente idênticos, na aparência. Foi mandando à superfície para resgatar a “claves”, que foi levada por seu irmão. Encontrou Asuna, que o confundiu com Shun e acabou envolvendo a garota em sua fuga, por causa dos militares que começaram a persegui-los. Assim, a levou para o portal de Agartha. Quando voltou ao seu mundo, se separou de Asuna e Ryuuji, porém, foi ordenado a persegui-los para recuperar a outra “claves” e matá-los, se possível. No processo, apesar de saber de sua missão, teve sentimentos de empatia por Asuna, que havia o salvado e, atenciosamente, o cuidava. Então, acabou a protegendo, o que o fez um traidor, em seu mundo.
            Esse filme é muito bom, mas achei que algumas coisas valiam a pena serem trabalhadas. Queria ter tido tempo de conhecer os personagens mais profundamente. Achei tão linda a música de encerramento! É muito emocionante. Indicado!

0 comentário

Sumika Sumire (J-Drama)



          Esse dorama foi uma surpresa para mim. Embora eu tivesse ficado interessada, após ler a sinopse, eu realmente não tinha qualquer expectativa sobre ele, mas realmente me surpreendeu. Sua história é bem diferente. Acabei shippando errado também. Cá entre nós, teria sido incrível e muito mais diferente se o meu shippe tivesse vingado. Esse dorama é uma adaptação do mangá, que tem o mesmo nome. Não sei a data em que foi lançado. Eu dei uma lida no mangá, que ainda está em lançamento entre os scans. Gostei bastante da ilustração, pois os personagens são muito mais bonitos. A história corre um pouco diferente, já que, no dorama, os personagens são universitários, porém, no mangá, são colegiais. O dorama foi lançado em 2016. A produção é muito boa e a história se desenvolve muito bem.


            O enredo envolve uma senhora que passou sua vida toda apenas se dedicando a ajudar seus pais. Nunca sequer teve tempo para ter um relacionamento. Agora, no funeral de sua mãe, ela está com 65 anos e percebe que não fez nada da sua vida e nem sabe o que fazer a partir de agora. Em completa angústia por ver que, apesar de estar tão velha, não construiu nada para si mesma, acaba adormecendo. Enquanto sonhava, continua repetindo que queria voltar a ser jovem. Então, desperta com um barulho e dá de cara com um gato preto gigante, que diz que realizará o desejo dela. Totalmente em choque, desmaia. Ao acordar, pela manhã, acha que tudo se passou de um pesadelo. Contudo, quando se olha no espelho, fica assustada com o que vê: ela voltou a ser uns 45 anos mais jovem. Um belo homem suspeito, que parece totalmente à vontade em sua casa, explica ser o gato da noite passada e que apenas realizou o que ela desejava. Assim que ela conseguir realmente alcançar a felicidade plena, ele será liberto da prisão em que foi selado por séculos. Como ela viverá a partir de agora?


            Sumi Kisaragi é uma senhora de 65 anos, trabalhadora, atenciosa e educada. Desde pequena, sempre ajudou seus pais na floricultura, se privando totalmente de ter uma vida normal como qualquer criança, adolescente e jovem. Ela nunca provou dos prazeres da vida, sempre se dedicou muito a cuidar de sua avó, pai e mãe. O tempo passou tão depressa que, quando percebeu, estava totalmente sozinha e nunca havia, de fato, criado nada para si mesma. Velha demais para construir uma família e para tentar uma vida profissional, era assim que se via. Totalmente sem esperança sobre a vida, ela ainda tentava ser positiva. Mesmo assim, isso estava realmente a frustrando e a machucando, a cada vez que ela lembrava do que deixou para trás, para viver apenas pelo bem dos outros.  O milagre de poder voltar a ser mais jovem a assustava, mas, se essa era a chance de recomeçar a sua vida, por que não tentar? Com aparência de 20 anos, ela conseguiu um registro com um novo nome, Sumire. A primeira coisa que o gato preto, que se chamava Rei, a aconselhou a fazer foi ir à faculdade, fazer amigos e encontrar um amor. No começo, não foi fácil, afinal, seu modo de se vestir e os costumes de idosa faziam as pessoas a estranharem e a tratarem como se fosse algo bizarro. Contudo, boas pessoas se encantavam com seu jeito de ser, como seu colega, Yusei, que fez seus dias serem mais confortáveis. Pouco a pouco, mesmo que parecesse difícil, ela começou a conquistar seu espaço. O amor é realmente possível? Apesar da aparência ser de 20 anos, a mulher dentro dela sabia, mais que qualquer um, que tinha 65 anos. E agora? Como ela lidará com todas essas mudanças?




          Yusei Machida é um universitário de 20 anos, inteligente, amigável e gentil. Ele é bem popular entre muitas pessoas. Foi a primeira pessoa a falar do Sumire. Ele se encantou com o jeito dela, que era muito diferente de qualquer menina da sua idade.  Mesmo que ele tentasse ajudá-la a não ficar deslocada ou ser intimidada pelas pessoas da faculdade, aquela jovem tão educada se saiu tão bem em tudo, que só vez aumentar sua admiração. Sem perceber, ele já estava gostando muito dela, o que foi bom e difícil para Sumire, que não sabia lidar com esse tipo de situação e ainda se preocupava com a sua idade real. Porém, a aproximação foi cada vez mais impossível de ser evitada. Como esse relacionamento se desenvolverá? Se ele descobrir tudo, ainda assim será capaz de amá-la?


            Rei é uma espécie de demônio, um gato preto. Ele foi selado em uma pintura, em um biombo, há muitos séculos. Viveu por muito tempo na casa dos Kisaragi. Quando Sumi ainda era criança, ele tentou a aconselhá-la a não viver assim. Porém, a garota ficou assustada e seus pais simplesmente guardaram o biombo. Desde então, sempre a observou. Depois de 55 anos, ela encontrou o biombo e, ao abri-lo, fura o dedo, fazendo um contrato de sangue. Isso tornou possível o Rei sair dele, apesar de não estar realmente liberto. Rei parecia ter muito carinho e respeito por Sumi, e se preocupava genuinamente com a situação em que ela estava. Mesmo dizendo que era para o seu bem, no desenvolvimento, notamos que não é bem isso, afinal, ele deu 50% da sua própria vida para ela voltar a ser jovem. Rei tem uma noiva, que foi selada em outro biombo.  
            Esse dorama é muito bom, pois me fez pensar sobre a vida. Será que estou realmente aproveitando minha juventude como eu gostaria? Não estou desperdiçando meu tempo fazendo coisas que não me beneficiam em nada? Entre outras reflexões. Indicado!!!


Gênero:   Romance, Drama, Sobrenatural, Josie
Dorama:   8 episódios 
Mangá :   (Em andamento)
0 comentário

Playlist: Yui




       Yui é uma cantora de j-pop e j-rock. No ano de 2004, fez sua primeira audição em que, obviamente, passou. Não demorou para ela ser lançada no mercado. Ela é compositora de suas próprias músicas, toca violão, baixo e piano. Ela conquistou os corações dos japoneses e estrangeiros com sua linda voz e músicas capazes de tocar qualquer coração. Ela participou como protagonista do filme “Taiyou no Uta” (cliqueaqui), uma emocionante história que já passou por aqui no blog. Foi a música tema desse filme que me fez conhecê-la. Vamos à playlist, conhecer o trabalho maravilhoso dela!
            A primeira música é “Goodbye days”. Foi a primeira canção que ouvi dela, e confesso que já chorei muito escutando-a. Ela causa mais impacto ainda, depois de conhecer o filme do qual ela foi tema.


            A segunda música é “I Remember You”. Ela é muito linda e me faz lembrar muito do filme. Só não lembro se ela foi tocada nele também, porém, ela descreve bem algumas coisas em sua letra.


            A terceira canção é “Namidairo”. Música triste é comigo mesmo. Essa música é muito linda e expressa bem a profundeza do coração.


            A quarta música é “To Mother”. Uma música muito linda e doce, como quem está cantando.


            A quinta música é “Green alive”. Uma canção muito fofa, mas não sinto a voz dela expressar de forma que posso sentir tão profundamente. Contudo, não deixa de ser uma linda música de amor.


            A sexta música é “Again”. É a abertura do anime “Bleach” e uma das melhores do anime. Adoro muito. É muito divertida e tem uma letra maravilhosa.


            A sétima música é “Let’s face it”, muito divertida também.


            A oitava canção é “How Crazy”. Essa música é bem agitada e, pelo que pude entender, é como se falasse de seus problemas adolescentes e as pressões que teve que lidar.


            A nona música é “A Room”, que fala sobre altos e baixos de seu relacionamento com a pessoa que inspirou a letra.


            Ela tem várias canções. Algumas que eu nunca escutei. Eu gosto muito da voz dela e das letras de suas canções, porém, não é uma cantora que me fisgou, para ser sincera.  Talvez, você possa gostar muito de algumas de suas canções. Você a conhece? Qual a sua música favorita?

0 comentário