Mortes que me deixaram muito triste


Atenção, esta é uma postagem que contém um nível elevado de SPOILER (quem avisa amigo é).
 Nunca esperamos que coisas trágicas aconteçam, eu muito menos espero que animes e mangás seriamente me deixem muito triste quando inesperadamente um personagem querido morre. Por isso não curto histórias que contenham tragédia, a vida real já é cheia delas, pelo menos nos animes e mangás gostaria que sempre tivessem finais felizes (de preferência sem morte), mas mesmo em animes (ou mangás) que menos esperamos isso acaba acontecendo e já aconteceram várias vezes, ao ponto de eu ficar deprê e chorar as pitangas.

Uma das mortes que mais me abalou foi a do Ren (de Nana), mesmo depois  de ter terminado de ler o mangá, quando eu estava sozinha, eu caia no choro como se fosse uma pessoa de verdade da minha vida que havia falecido. Para mim foi muito difícil aceitar aquela perda, ainda mais quando ele estava com tantos sentimentos mal resolvidos, eu não conseguia deixar de pensar o quão difícil seria para a Nana, que brigou feio com ele e já estava há um bom tempo sem falar com ele.


Ele morreu em um acidente de carro após perceber que estava sedo seguido por um paparazzi, como estava nevando, a pista estava muito lisa, naquele ultimo momento, ele escutou a Nana falando no rádio, foi quando ele perdeu o foco e bateu em uma parede. Me pergunto o que ele pensou naquele momento, sempre penso se, ao invés de ter ido atrás da vocalista de sua banda que estava sumida, ele tivesse ido ver a nana, como era o combinado, talvez ele estivesse vivo. Como as pessoas estão sempre procurando alguém para culpar, é claro que culpei a pessoa que menos gostava desta história, a Reira, foi muito triste, meu coração trincou e não sarou até hoje por causa dele.


Outro que me deixou em grande tristeza, o Ace (de One Piece), o pirata foi preso e condenado à morte, mas seu irmão, Luffy, enfrentou toda a marinha para salvá-lo e conseguiu liberta-lo, só que, para proteger o Luffy naquela guerra, Ace acabou morrendo.  Para mim foi tão inesperado, quando aquele episódio acabou, eu fiquei chocada e lágrimas e mais lágrimas cobriram meu rosto. Mas o mais triste foi ver a reação do Luffy, todo aquele sofrimento partiu meu coração mais ainda. Demorei um pouco para superar, ainda hoje, quando falo sobre, já começo a ficar com olhos cheios de lágrimas.


Não é segredo para ninguém que eu amava o Kaname (Vampire Knight), eu shippei ele mais que tudo com a idiota da Yuuki, eu nunca pensei que ele iria dar a vida dele para proteger os humanos. Vê-lo jogar o seu próprio coração em uma fornalha, mesmo que no final tenhamos uma surpresa, não consegui superar a perca dele naquele momento, foi muito inesperado, chorei e fiquei deprê um tempão com aquele maldito final (grr).


Shou Usui (mangá Black Bird), vilão e irmão mais velho do Kyo, que é o principal da história, ele morreu duas vezes neste mangá e nas duas não pude deixar de ficar triste. Mas na vez que ele morreu de verdade foi muito triste, trincou totalmente meu coração quando ele estava desaparecendo, ele correu para os braços da Misao que é a noiva do seu irmão a quem ele também amava.

Há outros personagens, como o L de Death Note e Jiraiya de Naruto Shippuden que foram inesperadamente tristes para mim, mas estes foram um dos que mais mexeram comigo. Eu sou dessas pessoas que sofrem mais com morte de personagens do que com pessoas reais (mas bem nunca tive perdas  tão próximas, somente  de conhecidos ou parentes distantes mesmo assim o normal e se abalar um pouco, não?) sou estranha, mas esta sou eu. E vocês, quais foram às mortes de personagens que mais os deixaram tristes?
10 comentários

Cunning Single Lady ( K-Drama)



Algumas pessoas carregam a ilusão de que uma vez que casamos com a pessoa que amamos seremos felizes para sempre, mas a verdade é que a partir do casamento uma nova história começa. Casamento pode parecer fácil, mas a verdade é que não se trata só de estar junto de quem amamos, o casamento une duas almas que estão lutando para ser apenas uma. Para haver o encaixe perfeito, haverá momentos difíceis: brigas, irá chegar a momentos tão difíceis que talvez você vá olhar para o seu cônjuge e perguntar, “cadê todo aquele amor do começo?”, vão se cansar e vão querer desistir. A verdade é que o amor é importante, mas em um casamento só amor nem sempre é capaz de mantê-lo firme, é por isso que hoje em dia muitos casais que eram inseparáveis não acharam outra solução a não ser se separar e seguir suas próprias vidas.


Este não foi o primeiro dorama que assisti que contém este tema de separação, o que me levou a assistir, nem lembro, embora não tenha me cativado tanto, mas mesmo assim me emocionou muito. Esta história envolve duas pessoas lamentáveis, Ae-Ra  é uma moça que valoriza muito sua boa aparência, a qual acredita que a levará a ter uma boa vida, ela conheceu o estudioso Jung Woo, um cara promissor, logo eles acabaram se gostando, o que os levou a se casarem, porém acabaram por ter um casamento fracassado, então se separaram.
Ae Ra passou por muitas dificuldades, pagando, sozinha, dívidas do seu casamento, entre outras coisas, porém Jung Woo era muito inteligente e acabou por ser um homem bem sucedido, um desenvolvedor de TI muito rico. Ae Ra, vivendo uma vida lamentável durante esses três anos após sua separação, descobre sobre seu ex que, diferente dela, estava vivendo uma vida fabulosa, então ela decidiu seduzi-lo por vingança, como ele pode estar vivendo bem depois de arruinar a vida dela.


Ae Ra é uma moça muito bonita, ficou um pouco acabadinha depois de um tempo de casada por estar passado por muitas dificuldades. No começo do casamento, seu marido era concursado e recebia bem, mas ele abandonou isso e foi correr atrás de seus sonhos e foi ai que a vida deles passou a desandar. Dívidas acumulando e ela tendo que trabalhar muito, porque ele estava apenas trabalhando em seus projetos. Determinada a ter sua vingança, ela conseguiu uma oportunidade de emprego na mesma empresa que ele e foi ai que seus planos começaram a andar.


Jung Woo ficou rico, mas ele parecia uma pessoa muito solitária, quando Ae Ra apareceu em sua vida novamente, ele acreditava que ela só queria voltar com ele por causa do seu dinheiro. Ele se machucou muito quando ela o deixou por acreditar que foi por causa da pobreza que eles viviam que ela o largou, então guarda muito rancor e nem se limita em jogar na cara dela tudo que perdeu por ter se separado.


Em várias coincidências, Ae Ra conhece Seo Kang Joon, que acaba trabalhando no mesmo setor que ela, ele é muito lindo, carinhoso e muito rico, embora seu pai seja dono da mesma empresa, ele preferiu trabalhar em um cargo mais simples e esconder o fato de ser herdeiro. Ele logo se sentiu atraído por Ae Ra, porém ele é mais novo e acaba sendo visto apenas como um irmão mais novo por quem ela tem muito carinho, o que eu lamentei muito, porque ele é extremamente fofo com ela, todo o carinho com que ele a trata, eles se dão tão bem, eu shippei arduamente os dois. Principalmente porque eu não queria que ela voltasse com Jung Woo, eles sofreram muito no passado, ambos machucaram de mais um ao outro, eu gostaria que ambos seguissem suas vidas, eu, apenas uma espectadora, fiquei totalmente machucada com a atitude deles, não acho que seja tão fácil se livrar de todas aquelas cicatrizes deixadas no coração.



Não foi um dos melhores doramas que assisti, o que mais me levou a gostar foi o possível casal Ae Ra e Kang Joon ,porque eles são incrivelmente fofos. Se você gosta deste tipo de dorama e estiver com tempo de sobra, assista, porque não?  Não é ruim, só não se tornou um dos mais queridos para mim. Já assistiram? Digam-me o que acharam.

Gênero:   Romance, comedia, Drama

Dorama: 16 Episódios

Elenco

Lee Min Jung
Joo Sang Woo
Kim Gyu Ri
Seo Kang Joon

Sinopse

Ae-Ra está focada em sua aparência como ela acredita que ele vai levá-la a uma vida melhor. Ela então conhece Jung-Woo que estudou engenharia. Eles finalmente se casar, mas eles também se divorciar. Após seu divórcio, Ae-Ra passa por momentos difíceis. Porém, Jung-Woo torna-se um bem sucedido desenvolvedor de TI e muito rico. Agora, Ae-Ra tenta seduzir Jung-Woo se casar com ela novamente.

Onde encontrar

2 comentários

Another Summer Kishis


É um mangá que contém apenas um volume, a história principal tem apenas dois capítulos e tem dois capítulos com Oneshots.  Eu achei as histórias interessantes, mas fracas por serem curtas e não terem profundidade.
A Primeira história envolve Touma Natsumi , uma menina que está trabalhando em uma cafeteria  nas suas férias de verão. Ela está frustrada por não ter namorado e ter que passar todas as férias sozinha e trabalhando por não ter o que fazer. Ela nem imaginava que este verão traria muitas emoções diferentes para ela, como descobrir que tem um tipo de poder espiritual, ser assediada por um fantasma bonitão e conhecer um rapaz Kanbayashi que a protegerá de tudo.


KanBayashi é de uma família tradicional que tem um dom espiritual muito forte, sua família tem uma estranha tradição. Ele é, na verdade, colega de sala de Touma, mas ela nunca havia percebido ele, diferente dele que sempre a percebeu.  Ele, na verdade, já sabia que ela tinha um poder espiritual, inclusive, tinha um fantasma que estava sempre espantando qualquer garoto que se aproximava dela, por isso ela acabava não arrumando namorado.  Ele é tímido e não faz amizade com ninguém, o que o torna um cara estranho aos olhos das outras pessoas. Touma foi a primeira pessoa a não achar que ele era estranho e ainda o elogiou dizendo que ele era incrível. Ele jurou que iria protegê-la de qualquer mal.

O Primeiro Oneshot conta a história de Hazuki, ela está namorando seu colega de sala mais cobiçado pelas meninas, ele sempre a convida para ir a sua casa estudar, mas desde que começaram a namorar, ele nunca se quer pegou em sua mão. Ela estava totalmente frustrada sem entender o que realmente ele pensava. Por outro lado, ele é meio irmão de um menino da mesma sala que é um verdadeiro playboy , por curiosidade de conhecer o quarto de seu namorado, ao qual nunca foi convidada, entrou no quarto errado e acabou sendo assediada pelo irmão de seu namorado. Depois ela cai em si de que está envolvida em uma rixa de irmãos e agora como ela conseguirá lidar com isso?


O segundo oneshot conta a história de Yoshikawa Momoyo, uma moça alegre, ela trabalha em uma confeitaria, ultimamente o movimento anda muito parado, por causa da nova loja de bolos que abriu. Obstinada em descobrir o que havia de especial nesta nova confeitaria, foi investigar, chegando lá, ela encontra alguém que ela nunca mais queria ver, o seu antigo vizinho, todas as memorias ruins que ela tentou esquecer voltaram para ela como um relâmpago.
Ele era o atual dono da confeitaria, no passado, ela o ofendeu por fazer bolos e ainda disse que o bolo dele era ruim. Neste encontro inesperado, ela acaba se envolvendo com ele em uma disputa em troca de uma receita que ele tanto queria dela, e agora quem ira ganhar?

Eu não tenho nada demais para dizer sobre, como eu já disse, achei que são histórias fracas, nada que de fato me envolva, mas tem historinhas curtas e fofas, como sou uma eterna apaixonada por romances, leio de tudo. E ai, já leu este?

Gênero:  Romance, Shoujo, Comedia,  Sobrenatural
Autor: OHYA Kazumi
Mangá: 1 Volumes

Sinopse

Natsumi Touma tem 16 anos de idade. Ela começou a trabalhar em tempo parcial em um café durante as férias de verão, enquanto ainda é uma estudante do ensino médio do primeiro ano. No entanto, a loja é um lugar onde Natsumi pode ver aqueles que não podem ser vistos. Sua intuição fica a cada dia mais forte neste lugar espiritual.

Onde ler


UnionMangá (Online) ( Autorizado pelos tradutor Ridisu)
2 comentários

Bokura wa Minna Kawaisou


Esse é um anime bem atual, nem eu sei como acabei vendo ele, simplesmente surgiu tal interesse, deixei minha lista de lado e resolvi assisti-lo. Como posso dizer, é um anime bem interessante, no princípio não me empolguei (porque o foco não era romance), mas conforme fui assistindo, eu passei a gostar mais e mais. Eu confesso, eu assisti esse anime por causa do possível romance que provavelmente era para ter.

Eu acho uma pena que não teve mais foco no romance, seria muito mais querido para mim, porque a kawai e o Usa são muito fofos juntos.
Usa, ele, na verdade, é um personagem muito comum, mas a forma fofa que ele age para tentar se aproximar da Kawai é realmente cute. Eu passei a gostar muito dele, a dedicação e a delicadeza com a qual ele age quando o assunto era ela.


E a kawai, que menina mais fofa, ela vive perdida em seu próprio mundo das histórias dos livros, colocando barreiras sem perceber, assim ninguém é capaz de se aproximar. Só um pouco, somente um pouco, mas senti que temos algumas coisas em comum, ela vai ficando cada vez mais fofa conforme passa o anime.
Para quem tem seus sonhos em morar sozinho ainda sendo um estudante, quem sabe você tenha (ou não) a mesma sorte que esse amiguinho. É a história do dia-a-dia de um adolescente que está morando sem seus pais, mas com uma série de companhias interessantes, em um Dormitório.



É um anime simples de vida cotidiana, mas é muito divertido, acredito que vão curtir. Vocês já assistiram?
2 comentários

Blood C


Quando comecei a ver esse anime, eu pensei: “que anime mais parado, será que e só isso mesmo?”. Quando você começar a ver talvez pense o mesmo, mas esta obra é algo completamente diferente do que aparenta, acredite. O anime em si está bem feito, embora o começo seja um tanto parado, mas achei a qualidade boa. Aqui no Brasil foi lançado o mangá, e, como tive a chance, claro que fiz minha coleção. Como sempre o mangá é mais detalhado.


Quem diria que uma garota como Saya não era uma garota normal? Na animação ela é alguém desajeitada e meiga, mas, no final, aposto que muitas pessoas vão ficar chocadas em saber que ela tem uma personalidade bem diferente da que primeiramente nos é mostrado. No filme ela está no seu eu verdadeiro, mas acredito que está um tanto misturado com o que ela aprendeu a ser um dia.


Eu gostava muito do Itsuki. No final, até torci por ele. Mas desde o começo eu Shippei o Fumito e a Saya. Quem diria que o Fumito seria tão sádico? O amor dele é totalmente sádico. Acredito no amor dele mesmo que seja meio louco.
Eu gostei mais do filme do que do anime. A história é interessante, mas acho que faltou algo para ser mais atraente. Também tem muita coisa em comum com o Blood+.
É um bom anime, mas não é atrativo, porque falta algo. Não foi perca de tempo, mas mesmo assim eu não indico este anime a não ser que você esteja com tempo sobrando. O filme é muito bom, só que para o entender teria que assistir ao anime, então, você escolhe. O mangá eu gostei.


E ai você assistiu? O que achou?
5 comentários

Playlist: Músicas Favoritas de One Piece


Muitas pessoas nem imaginam, mas eu carrego um amor quase que incondicional por One Piece. Entretanto, hoje não estou aqui para falar sobre o anime, mas sim sobre as músicas de abertura que tocaram meu Kokoro (coração). Assim como Naruto Shippuden, One Piece carrega uma extensa trilha sonora e algumas dessas músicas me comoveram, e até muitas vezes me incentivaram muito.


“Toda vez que eu olho para o céu depois da chuva, Me lembro de quando era um fracote. Eu perseguia alguém sem olhar o caminho, pensando "Eu quero ser mais forte". A palavra "obrigado" agora desapareceu no vento. Será que eu estou ficando mais forte? Ainda não sei a resposta. É por isso que eu continuarei seguindo em frente .“

One Day foi à música que mais me tocou e me comoveu, impossível escutá-la e não ficar emotiva, afinal,  esta música marcou um dos momentos mais triste do anime quanto também colocou a tona muitos sentimentos que eu tinha (ou tenho) dentro de mim. Esta música, com sua letra, tiveram grande influência em minha vida, sabe aquele momento que você se encontra perdida? Foi através dela que eu caí em mim, o que eu precisava era ser forte, buscar ser forte para resistir a tudo que está por vi. Então esta é uma música que me trás motivação. É uma das trilhas sonoras da minha vida.



“Eu nunca esqueci a lembrança daquele vasto céu infinito para o qual olhei aquele dia. Viemos juntos por um longo caminho, cada um com seu comprometimento no coração. Não há dúvidas, há coisas que devemos levar conosco. O sol vai nascer e brilhar igualmente em nossas dores. Eu acredito no futuro que se tornará um só algum dia. Vamos encontrá-lo juntos. Você é insubstituível. Não se esqueça, nós lutamos juntos

Fight Together, esta música realmente me emociona muito, como eu disse, eu tenho um amor quase que incondicional por One Piece, com isso, é claro que tenho muito carinho pelo bando do Chapéu de palha. Esta música realmente me faz lembrar-se de toda a trajetória que eles tiveram juntos, eu, que acompanhei tudo desde o começo, realmente não consigo não me sentir emocionada. Eu realmente amo muito essa história e seus personagens.


“Vou levantar as mãos e cantar! Seguirei sonhando sem descansar! Seguiremos navegando e assim superaremos todos os desafios. Levantando as mãos agora! Vou cantar, vou seguir em frente um pouco mais, respostas não irei deixar pra trás, acredito nessas palavras. Desde que cheguei, um novo mundo encontrei.”

Se tem uma coisa que One piece sempre me incentivou foi a correr atrás dos meus sonhos, então esta música ‘’Hands Up’’ realmente me enche de animação. É uma das minhas favoritas, mas eu sou uma pessoa muito emocional, até mesmo esta música animada me faz se sentir emocionada, afinal, me faz se lembrar de tudo que o Luffy fez e passou. Ele é o personagem por quem mais tenho amor e admiração, eu me emociono, porque é como se esta música fosse o Luffy, toda a letra transmite exatamente como ele é e como ele encara a vida dele. AMOOOO.

E como estamos falando de música de um anime de pirata, não posso deixar de compartilhar uma das músicas de pirata que mais gosto. Ela é cantada pelo Brook Nakama, do bando do Chapéu de Palha, “Binks No Sake”, sério, esta música é muito legal, eu e meu boy estamos sempre cantado ela por ai.  




0 comentário

City Hunter ( K-Drama)


Quando assisti este dorama pela primeira vez, fiquei muito excitada, afinal, era um dorama de ação com Lee Min Ho, como ele foi o segundo ator coreano que conquistou minha admiração, eu estava sempre procurando doramas com participação dele. Este foi baseado em um mangá japonês, tem 20 episódios e já faz uns cinco anos que foi lançado. Esta história corre em torno de uma vingança tramada durante longos anos por um ex-guarda-costas da casa azul (onde o presidente do país mora), no passado, ele e seus parceiros foram designados a uma missão secreta fora do país após o atentado que fizeram na Casa Azul. Depois de cumprirem seus objetivos, todos os soldados que participaram foram mortos, mas apenas um sobreviveu.
Jin-Pyo, irado com a traição, sequestra o filho recém-nascido do seu companheiro que foi morto e foge para outro país. Durante muitos anos, bolou uma grande vingança e treinou duramente Lee Yoon Sung, o recém-nascido que adotou como seu filho, que agora já era um homem. 

 Lee Yoon Sung, embora não tenha tido uma infância normal na qual nunca teve de fato um carinho de quem acreditava ser seu pai, não tinha mãe, e treinava duro todos os dias, ele ainda assim cresceu com um coração caloroso. Ele não levava os ensinamentos de seu pai a sério até um dia perder alguém importante diante de seus olhos, quase todas as verdades sobre ele foram ditas pelo seu pai, o que o deu um empurram para participar desta vingança por conta própria.
Yoon Sung conseguiu trabalho na Casa Azul no TI, o que tornaria mais fácil para ele conseguir cumprir sua vingança. Diferente de seu pai, ele não tinha como objetivo os matar, assim como fizeram a sangue frio com aqueles soldados que estavam em ação pela pátria, mas sim desenterrar os podres destes políticos sujos e dar a eles algo pior do que a morte; prestigio poder, honra, tudo que eles conquistaram pisando em cima de outras vidas para conseguir ele ia tirar tudo.

Mas o que ele não esperava era que a garota que ele conheceu apenas por foto fosse acabar envolvida em tudo isso. Kim Na Na é quase órfã, sua mãe morreu em um acidente e desde então seu pai se encontra em coma, ninguém dá alguma esperança a ela sobre ele voltar, mas ela continua confiante que um dia ele possa voltar. Seu pai era guarda-costas na Casa Azul e o seu sonho era ser também, antes de conseguir passar no teste, ela tinha vários trabalhos de meio período. Conheceu Yoon Sung quando foi ser a motorista noturna dele, ela teve uma péssima primeira impressão dele, ele estava nos “pegas” com uma mulher no carro, zangada por tamanha safadeza, ela os largou no meio do caminho e foi embora.  Logo depois ela foi aceita, era a realização da vida dela, ela nem imaginava que ele também trabalhava na Casa Azul e foi assim que ela acabou envolvida com tudo isso.


Dizem que vingança é um prato que se come frio, mas como viver com tal frieza quando seu coração é tão caloroso? Sinceramente ele não serve para esse tipo de vingança que o pai dele anseia. Mesmo assim, ele mostrou ser surpreendente, quase um herói da justiça. Acho que tudo poderia ter ido bem se ele não tivesse se apaixonado, bem que um dos primeiros conselhos do seu pai foi não se apaixone.

Este dorama não me cativou, mas eu gostei dele, é um bom dorama para quem curte muita ação com pitadas de romance, este é teu dorama. Você já assistiu? Gostou? 


Gênero:   Romance, Ação, Suspense

Dorama: 20Episódios

Elenco

Lee Min-Ho
Park Min-Young
Lee Joon-Hyuk

Sinopse

Esse intenso e e belo thriller romântico, baseado no mangá de mesmo nome de Tsukasa Hojo, é um belo exemplo de um drama sobre vingança bem feito. Em 1983, 21 oficiais militares sul coreanos são enviados para a Coreia do Norte em uma missão secreta. Depois de completarem sua missão, eles são executados por seu próprio governo como uma forma de encobrir tudo. O único sobrevivente, Lee Jin Pyo, observa enquanto seu melhor amigo morre ao seu lado. Acolhendo o filho de seu amigo, Jin Pyo o cria como se fosse seu filho e o treina com um único objetivo: vingar-se dos homens responsáveis por esse massacre. Cerca de vinte anos depois, um jovem brilhante junta-se à equipe de comunicação internacional da Casa Azul (Casa Branca da Coreia). Lee Yoon Sung tem apenas um objetivo em mente: encontrar e eliminar os cinco homens responsáveis pelo assassinato do seu pai. Para isso, ele tem que esconder suas habilidades de combate e sua identidade para se infiltrar no governo. Durante sua busca por vingança, no entanto, ele também torna-se um justiceiro e recebe o apelido de "City Hunter" pela população, que conhece apenas uma figura obscura que expõe as injustiças na cidade. Dividido entre seu desejo de vingança e a garota inocente que ele ama, Yoon Sung deve lutar para sobreviver e escolher qual caminho ele vai tomar.

Onde encontrar

4 comentários

Anata ni Hana sasagemashou


Mesmo nos tempos modernos, ainda existem muitos lugares em que acontecem casamentos arranjados, nos quais não existe nenhum sentimento de homem para mulher, alguns se pegam obrigados a se juntar, muitas vezes, até a um estranho que nunca havia visto antes. Sempre que vejo uma história como essa, eu fico pensando em como essas pessoas são capazes de viver juntas, será mesmo possível o amor nascer com o tempo da convivência? Acredito que alguns  possam realmente se amar no futuro, mas também acredito que alguns apenas são estranhos vivendo na mesma casa.


A protagonista desta história, Seri Hatanaki, que é filha de uma família rica não muito conhecida, desde muito nova já era prometida para alguém, mesmo naquele tempo, ela sempre negou que aceitaria, o que é bem esperado de uma mulher independente, impulsiva,  teimosa e simples. Recém-formada, agora uma mulher de negócios, está começando sua própria vida quando enfim colocaram em questão que era hora de afirmarem o compromisso, o seu noivo não era alguém desconhecido, na verdade, eles foram muito amigos quando eram crianças até que por algum motivo acabaram se afastando.
O motivo para que ela não queira se casar é porque ela sonha em ter um relacionamento natural em que ela se apaixonará, namorará e, enfim, chegará ao desejo de se casar. Um casamento sem ninguém se impor, apenas por ambos se amarem demais e quererem ficar juntos, mas seu “noivo”, Yuzuki, continuou insistindo. Yuzuki, filho de uma família tradicional, não são ricos, mas têm um bom status social, é um belo homem de olhos frios, temperamental e um tanto pessimista (motivos tem de sobra), ele ama flores.


A verdade por trás do desespero em casá-lo logo é que a família carrega uma maldição aonde todos os primogênitos homens da família  acabam morrendo muito novos  por “N” motivos.  Então, a fim de trazerem um novo herdeiro a família, queriam que ele casasse o mais cedo possível. Seri mais tarde descobre sobre a maldição de uma forma totalmente desagradável, quando vai visitar a casa do seu “noivo”,  os ancestrais dele a encurralam, uma das coisas que ela mais tem medo são fantasmas, ela ficou aterrorizada. Depois de ser acalmada por Yuzuki, ela escutou tudo que eles tinham a dizer sobre a maldição, eles diziam que ela era a noiva predestinada.

Mas tudo aquilo não foi levado a sério até o momento que ela viu com seus próprios olhos ele quase sendo atacado. Ela o salvou, quando o médico particular estava cuidando de seus ferimentos, ela viu quantas cicatrizes ele tinha em seu corpo. Ela descobre que tem um estranho poder que afasta a maldição dele e tudo isso a assustava muito, mas ela não conseguia deixar de pensar sobre ele, tudo que ela conheceu sobre ele nesse pouco tempo, não conseguiu deixar de pensar em como deve ter sido difícil viver todos os dias com medo, então ela conseguiu ver razões para ele ter aqueles olhos que, mesmo que lindos, eram frios e para suas atitudes tão pessimistas e depressivas, não havia ninguém tão solitário quanto ele, tudo isso, todos os momentos com ele a fazem perceber que seus sentimentos haviam mudado, ela resolveu protegê-lo.


O Que o Yuzuki mais temia aconteceu, ela aceitou casar com ele quando descobriu que poderia protegê-lo, provavelmente por pena, isso era tudo que ele não queria vindo da mulher que ele amou nos últimos 12 anos, por causa disso ele resolveu cancelar o compromisso.  “Embora eu saiba que não vou viver muito, continuo querendo que você fique comigo.” Sinceramente, esta história me comoveu muito, não tem nada mais doloroso do que viver com medo de perder a pessoa que amamos, nunca esperamos que isso vá acontecer, mas pode vir a acontecer com qualquer um.


Eu gosto muito destes dois personagens, é muito difícil enfrentar o sobrenatural, então, por Yuzuki estar sempre correndo riscos, ele acabou por ficar fraco muito das vezes, o anseio que ele tinha por permanecer com sua amada o levava a ser egoísta. Mas quando ele pensava nos riscos dela se envolver, no sofrimento que ela sentiria quando ele partisse, tudo isso o colocava em agonia. Mas Siri me mostrou ser uma mulher muito forte, decidida e uma personagem que admiro muito, deixou todos os seus medos de lado e mergulhou de cabeça em seus desejos, e mostrou que mulher também é capaz de proteger o homem que ama.

Este é um mangá maduro, temos cenas hots (SIM), eu sou completamente encantada com os traços deste mangá, vale muito apena ler, tem quatro volumes e 22 capítulos de uma história muito quente e adorável de amor. Você já leu? O que achou?

Gênero:  Romance, Josei, Comedia, Drama, Sobrenatural
Autor: OHMI Tomu
Mangá: 4 Volumes

Sinopse

Seri é uma garota simples e feliz, vinda de uma família rica, mas pouco conhecida. A única coisa que a incomoda, é o casamento arranjado com Yuzuki, um amigo de infância. A intenção desse casamento, é juntar a família de Seri, que tem o dinheiro, e a família de Yuzuki, que em o reconhecimento e o respeito. Enquanto Seri se recusa a esse casamento, ela descobre coisas sobrenaturais ao redor de Yuzuki. Mas... Poderia esse casamento dar certo? E o que são essas coisas sobrenaturais?!

Onde ler


UnionMangá (Online) ( Autorizado pelos tradutor Ridisu)
2 comentários

Boku wa Imouto ni koi wo suru

Atenção este anime e Incesto se você não gosta deste tipo de historia não aconselho ler.

Falar desta história é um tanto constrangedor, eu confesso. Um mangá de 10 volumes (mas com apenas uma ova) faz um grande estrago em um coração puro, nos dividindo entre o certo ou errado. Uma história realmente kawaii quando se refere a amor, contudo, por ser incesto, se torna um pouco difícil de engolir, mas mesmo assim acabou por ser uma das minhas obras favoritas.
A ova tem apenas 50 minutos, mas é o suficiente para conhecermos bem o fator principal da história. Quando eu assisti a ova, fiquei louca querendo saber mais, e uma historia muito atraente. Então passei a ler o mangá, no começo, só consegui achar um site em inglês, mas com um tempo achei em português (mas está bem atrasado), então eu tenho acompanhado, quero muito saber como tudo isso irá acabar. De certa forma, é bem constrangedor dizer que gosto deste mangá, pode ser hipócrita da minha parte, mas eu gosto porque é uma história de amor de mangá/anime, não porque acho que é algo aceitável (acho um pouco difícil ter alguém que aceite).

Créditos na imagem

Esta história também já tem live-action, que não é recente, na verdade, é bem antiguinho, não ficou muito bom, mas eu já assisti algumas vezes por causa do meu ator favorito ser o principal, Jun Matsumoto (interpreta o Irmão Yori). Eu não curti a atriz que interpretou a irmã, Iku, e o ator que interpreta o amigo do Yori, Yano, no mangá ele é muito atraente, já no live-action não, mesmo assim, dá para assistir, mas acho que a ova é mil vezes melhor. Esta história gira em torno dos dois irmãos gêmeos, Yori que é um rapaz muito bonito, esperto e inteligente e a moça Iku, que tem beleza mediana, atrapalhada, meiga não é inteligente, como podem ver, não são gêmeos idênticos, contudo, eram muito unidos desde pequenos e dividiam o mesmo quarto.


Aos poucos Yori começou a mudar com a iku, evitando-a e sendo muito duro com ela, o que não era normal, mas atrás de tudo isso estava o desejo lascivo e incontrolável que o Yori carregava por sua irmã. A verdade é que ele sempre a amou, mas não como irmã, antes apenas estar com ela era o suficiente, mas chegando à adolescência desejos diferentes começaram a toma-lo. Quando criança, ele não entendia que isso era errado, mas agora que entende, ele tem travado uma luta constante consigo mesmo, tentou até namorar outra pessoa, mas isso só resultou em nada além de deixa-lo incontrolável, afinal, quando ele estava com outra garota, tudo que ele via era sua irmã. Que rumo ira tomar este amor proibido de Yori ele conseguira esconder para sempre?


É uma história muito forte e como já disse muitas vezes, bem difícil de engolir, mas me peguei torcendo pelo casal. Eu prefiro não imaginar, mas não posso deixar de pensar que deve ser uma dor insuportável sentir tal amor de nível tão proibido, você sabe que não deve, chega a sentir até repulsa de si mesmo, mas não consegue evitar, a atração, o amor é muito mais do que você consegue suportar, é esse tipo de amor que Yori mostra, meio que me dá muita dó dessas crianças.
Quando eu terminar o mangá, voltarei a falar sobre ele novamente, eu preciso ver aonde isso vai dar. Quem gosta de uma história de amor com nível máximo de proibido, esta é sua história, assistam a ova e leiam o mangá.
E ai, já assistiu? O que achou?
Bom, se você não assistiu, mas sentiu interesse, eu indico esse, embora a história seja incesto, é bem fofo.

Obs. : Ah, sim, por favor, só assista se você tiver uma idade madura, OK? ^^ Tem umas cenas um tanto eróticas.
4 comentários

Casais favoritos de mangás



O dia dos namorados já passou, mas o blog ainda está no clima romântico (para não dizer que não deu tempo para completar tudo). Falamos dos meus casais favoritos de amor proibido entre aluno e professor, depois sobre os meus favoritos de anime e ai doramas, para fechar, hoje quero falar sobre meus favoritos de mangás. Nunca achei que ia ser tão difícil separar os meus casais mais favoritos de todos, mas tem muitos, imagina, não querendo ostentar, mais já li mais de 200 mangás e sempre tem um casal mais encantador do que o outro. Foi uma escolha muito difícil, então eu escolhi aqueles casais que mais me fizeram vibrar e permanecem intactos em minha mente.

Não tem muito tempo, talvez um ano que passei a ler um mangá que me deixou tão encantada e apaixonada que acabei guardando este casal de forma especial em meu coração, Nike e Livius (Soredemo Sekai Wa Utsukushii). No fim do ano passado, descobri que havia saído o anime, assisti apenas em um dia, chorei do começo ao fim e ainda o terminei com sintoma de apaixonada. Sim, este casal causa isso em mim, sabe aquele suspiro pelos cantos que damos quando estamos cheios de amor? A princesa do reino da chuva foi para o reino do sol para se casar com o rei, quando ela chega para conhecer seu noivo, descobre que o Rei que dominou o mundo em apenas três anos após ser coroado é apenas uma criança.
Mas logo ela percebe que não é apenas uma criança, ele é muito maduro para sua idade, ele tem olhos de adulto, um dos motivos para ele querer casar com uma princesa do reino da chuva era por causa dos rumores sobre elas terem um estranho poder que chamava a chuva. Quando ele a ordenou que fizesse chover, ela não aceitou e ele a botou na prisão. E foi assim o primeiro encontro destas duas encantadoras almas destinadas.
creditos toshi wa yume 

Nike muitas vezes quis ir embora, pois Livius é um garoto frio, porém, aos poucos, ela passa a entender que, na verdade, ele não é este monstro pelo qual ele se passa e, pouco a pouco, cada dia se aproximando mais, acabaram de fato se apaixonando. Eles venceram a barreira do não ser a princesa adequada para o Rei do sol, venceram a barreira da Rainha, avó de Nike, aceitar, venceram a barreira da diferença de idade e provavelmente continuaram  se desenvolvendo cada dia mais, afinal, o mangá ainda não acabou.


Livius é um personagem totalmente apaixonante, afinal ele é o típico tsundere (personalidade que é inicialmente agressiva, que alterna com outra mais amável), ele é tão pequeno e novinho, mas tem atitude e uma cabeça de adulto, este contraste o torna mais fofo ainda e conforme ele ia se apaixonando pela Nike, ele ficava mais adorável (só de pensar, dá vontade de morder). Eu chorei varias vezes quando eles brigavam, quando eles ficavam longe um do outro, todo aquele sentimento de solidão por estarem brigados ou longe de quem amam é sabiamente passado por este casal, e o amor puro e verdadeiro é totalmente evidente da forma mais encantadora possível.

Hana e Vivi ( Hana to Akuma) compartilham uma adorável história de amor. Vivi é um demônio que resolveu morar na terra por se sentir muito entediado em sua vida no submundo, um dia ele encontrou um bebe na entrada de sua casa, geralmente ele apenas ignoraria, mas talvez aquilo pudesse curar seu tédio. Então ele colocou o nome de Hana na criança e pouco a pouco ela foi crescendo, não importava o quanto ele muitas vezes a esnobasse, ela estava sempre perseguindo ele e o presenteando com uma flor que sempre acabava morrendo quando ele tocava.

Quando Hana chegou a sua adolescência, começou a cobrar mais a atenção dele e a ser até mais persistente contra as ignoradas que ele dava. Um dia ela viu uma linda mulher entrar no quarto dele, foi a primeira vez que ela sentiu uma sensação estranha, pouco a pouco ela percebeu que o amava não como alguém que a criou, mas como homem. Logo as razões do porque ele a ignorava foi revelada, para ele, ela era tão preciosa, tão frágil quanto uma linda flor, ele tinha muito medo de tocá-la e ela morrer assim como acontece com as flores de verdade.

Ele demorou muito para compreender os seus próprios sentimentos sobre ela, afinal, ela ainda não era uma mulher, mas um dia ela bebeu uma poção mágica e se transformou em uma linda mulher, foi após isso que ele percebeu seus verdadeiros sentimentos.  Mas ele é um demônio e viverá por séculos ainda e ela, apenas uma humana fraca que morrera logo, ele resolveu deixá-la e voltar para seu mundo. Esta história é tão fofa, foi um dos mangás que mais me marcaram, chorei muito no final.


Princesa Nakaba e Príncipe Caesar (Reimei no Arcana), um casal que foi unido por aquilo que chamamos de casamento político, carregam uma dolorosa e amável história de amor. Príncipe Caesar é uma pessoa arrogante (como esperado dos nobres), ele teve algum caso com uma mulher que é a atual prometida de seu irmão, conheceu Nakaba no mesmo dia de seu casamento, logo ele puxou seus cabelos vermelhos e a insultou dizendo que ela era impura e não passava de um objeto que pertencia a ele.
Seu servo, presenciando isso, se irritou, ao mostrar seu descontentamento, Caesar o humilha por ele ser um sub-humano (meio animal e maio humano), então Nakaba repreende o servo e pede para ele pedir perdão ao príncipe. Inesperadamente ela acerta Caesar com um soco e diz: “é meu dever mostrar ao meu marido quando ele está agindo de forma errada” e claro que isso só fez piorar a situação, ele se irou, até mesmo ameaçou de morte, isso só foi o começo do conflito deles.

Cesar se sente uma pessoa vazia, não existia nada que ele quisesse, nada que ele ambicionasse, só havia vazio, mas no meio dos trancos e barrancos com sua esposa foi a primeira vez que alguém o fez se sentir necessário, o fez sentir que ele era capaz. Ninguém nunca havia o apoiado a melhorar, em dar o seu melhor em uma próxima vez, foi aí que Caesar percebeu o quanto Nakaba era valiosa, “esta mulher enriquece meu mundo”, ele tentou muitas coisas para conquistá-la. Ela já estava começando a se comover com sua gentileza, mas ela descobriu que o Rei mandou exterminar pessoas que eram importantes para ela e seu querido servo no passado, como ela poderia se deixar levar?

Por ela, talvez ela até o perdoasse, mas a pessoa que passou sua vida toda ao seu lado, seu servo a quem ela amava muito, estava muito ferido, ela sentiu que se abrisse seu coração, estaria traindo todas as pessoas que já foram e as que são especiais para ela.  Então uma caminhada para um doloroso amor começou, foi uma luta constante para que eles pudessem voltar a ficar juntos, foi uma história dolorosa e ao mesmo tempo amável.

Todos esses casais possuem histórias magníficas, mas ainda existem muitos outros encantadores, é muito difícil escolher. Mas por hoje foram esses que escolhi para fechar este tema de casal, espero que gostem de conhecer, também gostaria de saber quais são os seus favoritos de mangá.
2 comentários