Another Kingdom



Eu li este mangá porque a capa me oferecia exatamente o que eu estava procurando, um amor sobrenatural. Era  o que eu queria com todas as  forças do meu frágil kokoro. E o amor sobrenatural estava lá, mas não seguia bem o que eu esperava. Não  é uma história profunda, mas carrega de fato um enredo interessante que poderia ser muito melhor se a mangaká botasse mais emoção e um amor mais excitante.
Este enredo envolve uma colegial que, desde pequena, conseguia ver seres sobrenaturais que estavam sempre a perseguindo. Por isso, ela não tinha amigos e sempre ocorriam rumores estranhos sobre si. Por sua vez,  ela passou a matar aula.
Um dia, quando  estava matando o tempo, acabou encontrando uma criança misteriosa que dizia conhecê-la e que queria passar apenas um dia ao seu lado. Enquanto tentava descobrir quem era a criança, acaba sendo flagrada  matando aula pelo representante de sala.
Como a criança não queria deixá-la e a menina não podia levá-la para sua casa, o representante ofereceu sua casa  para  elas passarem a noite. E agora?  Quem é esse menino?  Por que ela se sente tão fraca? E porque O Representante, que diz não acreditar em seres sobrenaturais,  parece odiar tanto eles?
( Atenção, pode conter Spoiler)


Hatsuse Nanoa  é uma menina bem solitária que tem um coração muito lindo. Mesmo que, supostamente, as criaturas que a cercam só a queiram como alimento, ela quer os entender sem descriminação ou qualquer preconceito. Ela desejava que seres sobrenaturais e seres humanos fossem capazes de se entender, sendo assim, ela poderia viver normalmente sem ter que ignorar a outra parte que ela não podia simplesmente fingir não ver e ter o prazer de ter amigos e se divertir como uma adolescente normal.
“Achei que ela era digna de pena, porque ela podia ver coisas que os outros não podiam. Só isso. Foi o que diferenciou dos outros. Tinha tanta pena dela que mesmo que sua mão fosse pequena a visão dela era como se ela fosse uma luz no meio das trevas... Eu queria vê-la mais uma vez antes que eu desaparecesse.”

Akajita é um Yokai forte, muito perigoso e bonito (seus longos cabelos pratas me atrairam <3), entretanto ele conheceu Nanoa quando ainda era criança e por algum motivo ele criou um certo afeto por ela que talvez poderia ir além do querer apenas a devorar. Eu particularmente gosto muito dele, shippei muito os dois, queria muito que seguissem minha linha de desejo, seria pedir demais?


Yatou Kaname é supostamente um colegial simples, era o que ele queria passar, mas, na verdade, ele tem alguns dons sobrenaturais e odeia seres sobrenaturais. Ele não apareceu na vida de Nanoa ao acaso, na verdade, ele já tinha notado que tipo de pessoa  ela era e ficou um tanto curioso do porquê ela deixava eles se aproximarem. Oferecer sua casa também não foi só por ser um bom samaritano, ele apenas queria manter o inimigo por perto. Aos Poucos Kaname (amo esse nome <3) começou a mostrar várias faces e sua história misteriosa começou a tomar conta de todo o mangá.

É um Mangá que tem uma história interessante, mas não atingiu minhas expectativas. Eu diria que é um mangá bom, mas apenas isso. Já leram? O que acham?




Gênero:  Romance,  Drama, Romance
 Shoujo, Sobrenatural
Autor: Fujita Maki
Mangá: 2 Volumes


Onde ler


Mystery Killer ScansDonwload 

2 comentários:

  1. Acho que por ser curto não dá tempo de desenvolver a história direito. Assim, eu fiquei BEM na dúvida sobre esse mangá, não me passou impressão nenhuma sabe. Talvez eu leia se não tiver nada na lista, hahaha. Os traços já não me chamaram a atenção e a história parece normal. Eu li um bacana sobrenatural mas não consigo lembrar o nome, se por um acaso eu lembrar eu volto aqui e te indico, haha! Beeeijos <3
    www.prettythings.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois e li ele pelo mesmo motivo nada na frente hahah

      Excluir