Special A

 


E lá vamos nós, para um anime MUITO antigo. Quem já o assistiu? Depois de uns 8 anos, finalmente revi, mas, dessa vez, não foi tão legal quanto a primeira. Sinceramente, eu esperava uma reação muito melhor da minha parte, mas a protagonista realmente não me animou. Por favor, não entendam errado, ela é maravilhosa, porém, não é o tipo que me atrai.  Eu, na verdade, gostei mais do desenvolvimento de outros personagens. Outra coisa que não curti foi a dublagem do protagonista. Achei aquela voz muito adulta, para um rapaz adolescente. O mangá foi lançado em 2003 e finalizado em 2009, com 17 volumes. Eu li, mas, a versão traduzida não está finalizada. Existe um spin-off que foi lançado em 2013, com um volume, mas não encontrei. A adaptação foi lançada em 2008, com 24 episódios. O desenvolvimento não acontece de acordo com o mangá, já que tem muitas coisas cortadas e mudadas. A produção não é ruim, mas dá para perceber claramente que não é uma animação recente.

A história gira em torno de dois adolescentes distintos, uma garota de origem humilde e um rapaz de origem nobre. Os dois são inteligentes e habilidosos, mas, apesar de eles terem esses aspectos em comum, estão longe de estar no mesmo nível, pois ele está sempre à frente dela em tudo. Todavia, isso é algo que, desde quando o conheceu, ainda pequena, não poderia aceitar. Assim, o fez o seu maior rival. Até hoje ela tenta vencê-lo em tudo, no entanto, continua sendo a número dois. Ele se diverte com a constante aproximação dela para vencê-lo, mas se sente frustrado pelo fato de que ela não consegue olhá-lo como ele a olha. E agora, como isso se desenvolverá?



Hikari Hanazono é uma pessoa que tem um grande coração, é atenciosa e cheia de compaixão por todos que precisam. É atlética, inteligente e competitiva. Na escola, ela é classificada como a número dois, e, junto de outros amigos, divide um espação especial para os melhores alunos da escola. Apesar de ser muito habilidosa em várias coisas, quando se trata de serviços domésticos, ela deixa desejar. Em termo de força, ela supera qualquer mulher por aí. Desde que conheceu Takishima, quando ainda criança, criou um sentimento forte de rivalidade. Então, está sempre correndo para o superar, mas, no meio disso, eles têm uma forte amizade, ainda que ela não admita, de fato, ser assim. Mesmo diante de inúmeras indiretas do rapaz, ela não percebe os sentimentos dele, muito menos se permite perceber os seus próprios. Demora muito para ela finalmente deixar a ficha cair. Foi uma cansativa espera, mas uma hora ela tinha que acordar, né?



Kei Takishima é um jovem que vem de uma família muito rica. Apesar de ser um adolescente, já tem responsabilidades de um adulto, e, mesmo não sendo necessário, faz questão de ir à escola. Está sempre quieto e um tanto indiferente a qualquer situação ao seu redor. As coisas só mudam quando a Hikari está envolvida, pois aí ele mostra outros comportamentos. Como uma criança prodígio, ele sempre foi bom em tudo que resolveu fazer. Ele é apaixonado pela Hiakri desde quando era mais novo. Foi por causa dela que ele passou a mudar muito, sorrir mais, fazer mais questão das amizades e por aí vai. Porém, apesar de ele sempre dar um jeito de demostrar como se sente, a garota não percebe, e isso o irrita. Na realidade, ele sabe que isso é umas das características adoráveis dela. Então, logo se acalma sobre a situação. Uma hora você vence, meu guerreiro. Na classificação da escola, ele é o número um.



Jun Yamamoto é classificado como o número três, na escola, e faz parte da mesma turma que os dois protagonistas. Ele é um garoto bonito, meigo e atencioso, porém, esconde um segredo, que é a sua outra personalidade que sempre desperta quando uma garota o beija. Ele se torna um sedutor, um verdadeiro garanhão. No desenvolvimento, uma garota acaba se apaixonando por ele e começa a perseguí-lo. Ele foge dela, mas acaba sendo vencido pela garota, que é bem persistente. Então, ele resolve mostrar o outro eu dele, achando que ela desistiria, mas a menina falou que aceitava as duas partes dele.  Contudo, Jun não parece confiante e começa a pisar na bola muitas vezes. Jun tem uma irmã gêmea, da qual é inseparável, e um amigo de infância também.



Megumi Yamamoto é a irmã gêmea de Jun. Sua classificação é quatro, na escola. É uma garota doce e gentil. Costuma se comunicar com as outras através de um caderno, para proteger a sua garganta. Apesar de ter uma voz bonita, pode ser realmente muito estridente e poderosa. Por essa razão, é preferível que ela não fale. Você escutará a voz dela a primeira vez, de fato, quando ela falar com uma pessoa por quem desenvolverá sentimentos ao longo do enredo. Já digo logo de cara que é o meu shippe favorito.



Tadashi Karino é o quinto na classificação da escola. Ele é muito inteligente, embora não demonstre muito. Ele, às vezes, pode ser inconveniente, por isso acaba sempre apanhando, de um jeito cômico, de Kei ou de Akira. Para mim, ele é a Hikari de calças. Eles têm muito em comum. Tem um bom coração, mas realmente não tem a capacidade de captar as coisas. Depois de muita luta e de pisar muito na bola, finalmente entende os sentimentos de Akira por ele e os dele por ela.



Akira Toudou é a sexta na classificação da escola. É uma moça elegante, inteligente e atenciosa, principalmente com garotas. Como uma boa filha de rico, é muito bem educada. Habilidosa quando se trata de culinária, é ela quem sempre prepara os aperitivos da turma. Ela tem um amigo de infância do qual, hoje, ela mantém distância, isso porque ele aprontou com ela. No entanto, ela não faz ideia da realidade que corre diante disso. Ela também conhece Tadashi desde criança, e sempre gostou dele romanticamente, mas ele só a irrita, então, ela acaba batendo nele. Somente mais tarde, ela realmente entende melhor seus sentimentos como mulher, no entanto, ele é um cabeça de vento e não percebe nada.



Ryuu Tsuji é o sétimo na classificação da escola. É um rapaz muito amoroso, atenciosos e protetor. Ele se dá muito bem com animais e tem uma casa cheia deles.  Apesar da sua classificação ser a sétima, é bem capaz, na realidade, de conseguir o primeiro ou o segundo lugar. A única razão de ele não chegar a isso é porque ele tem muito apego aos gêmeos, por isso perde mais tempo cuidando deles durante a prova do que fazendo suas próprias coisas. Nisso, acaba tendo uma pontuação menor. Contudo, isso não o incomoda, posso dizer até que ele vive a vida um tanto despreocupadamente. Quando os gêmeos começam a namorar, ele fica um tanto solitário e sofre por não conseguir cortar o cordão.

Enfim, esse anime tem muitos personagens maravilhosos. Eles são muito divertidos. Quem curte algo mais dinâmico, sem muito romance, uma coisa bem demorada de se desenvolver, aqui está o seu anime. Para mim, é meio chato por causa disso. Quem me conhece sabe que gosto de romance transbordando. Então, é isso. Dê uma oportunidade. É antigo, mas é muito bom.

0 comentário

Postar um comentário