Citros



        Depois de um longo tempo, finalmente o gênero yuri deu as caras aqui no blog. Há algum tempo, encontrei esse mangá que foi lançando no Japão em 2012, que tem uma ilustração muito bonita. Nesse momento, ainda se encontra em andamento, no entanto, já deve estar muito próximo do seu fim. Há alguns dias, a editora NewPop anunciou que está para o trazer para o Brasil, o que me deixou feliz. Quero muito para a minha coleção. No ano passado, fiquei de boca aberta quando anunciaram o anime, e em janeiro desse ano ele saiu. Eu gostei muito da produção e arte dele. Vi que algumas pessoas criticaram o anime e outras não acharam a história interessante. Eu já li vários mangás japoneses yuris e são muito poucos os que são bons e, para mim, "Citros" saiu da mesmice irritante e enjoada de muitos yuris. Eu até mesmo já tinha desistido de ler, por achar muito chatos, foi "Citros" que me animou a continuar procurando boas histórias. Se você gosta desse gênero, eu fiz uma postagem de indicações (clique aqui). Vocês verão que "Citros" é o único japonês da lista.  


       A história gira em torno de uma adolescente brilhante que muda de bairro e de escola após o novo casamento de sua mãe. Ao começar seu primeiro dia em sua nova escola para garotas, a jovem tenta de tudo para fazer novas amizades e se esforça para encaixar o seu estilo com o jeito conservador da sua nova instituição. No entanto, seu jeito excêntrico não foi bem aceito pelos alunos e, principalmente, pelo conselho estudantil, que advertiu o seu modo de vestir e se portar. Ela não estava disposta a ser mudada e, por isso, acabou entrando em conflito com a presidente do conselho estudantil, uma garota rígida que trabalha duro pela escola. Depois de uma série de conflitos, finalmente chegou ao fim da aula e, enquanto seguia seu caminho, acabou por presenciar uma cena inesperada: a presidente conservadora aos beijos com um professor. Chocada, foi embora. Quando finalmente chegou em casa, acaba por descobrir que, além de um novo pai, terá uma nova irmã. Quando a porta se abre, fica paralisada quando vê que sua irmãzinha mais nova era a presidente do conselho estudantil. Agora, sendo obrigada a dividir o quarto com uma garota que não suporta, sua curiosidade vence diante do último acontecimento da tarde. Ao questioná-la sobre o beijo que viu, a presidente, com seu olhar frio, avança em sua irmã e a beija. Ao terminar, com o olhar triste, diz: “É assim que um beijo é.” A menina, totalmente paralisada, com seu coração a mil por hora, fica chocada quando percebe que seu primeiro beijo foi levado pela sua irmã mais nova. E agora? O que foi esse beijo? Como será o relacionamento de irmã delas a partir de agora?  



Yuzu Aihara é ousada, sincera, animada, alegre e espontânea. É uma garota muito estilosa, que segue a moda japonesa Gyaru, que é um estilo extravagante em que as meninas têm cabelos tingidos de cores diferentes, unhas grandes e bem decoradas, maquiagem pesadas e roupas bem coloridas, dependendo do estilo da Gyaru. Após seu pai falecer, viveu muito tempo só ela e sua mãe. Depois da mãe se casar, ela se mudou para um bairro mais nobre e passou a estudar em uma escola de meninas ricas. Apesar de ninguém parecer querer se misturar com ela na escola, acabou por fazer uma boa amiga, que aceita como é e diz ser como ela, secretamente. Yuzu luta para manter seu estilo e aparência, sempre se chocando com as exigências do conselho e da escola, ainda que seja difícil, às vezes, mas ela não está disposta a mudar por nenhuma democracia.  Depois de conhecer sua irmã e ter sido beijada, ela ficou um tanto instável. Estranhamente, a garota, que nunca havia tido uma relação e sequer estado com um garoto, passou a se sentir muito estranha em relação à sua irmã, que a ignorava friamente, apesar de tê-la beijado. Ao observá-la e passar por uma série de conflitos, a garota acaba reconhecendo que seus sentimentos, em relação à presidente, ou seja, a Mei, não são de irmãs.


Mei Aihara é uma linda e séria garota. Severa, fria, disciplinada e de temperamento curto. É presidente do conselho estudantil e neta do presidente da escola só para garotas.  Mei da tudo de si para preservar a honra da escola, esperando o dia em que seu pai, que vive viajando pelo mundo, volte e herde a escola. Mei foi criada de modo muito severo. Seu pai, a quem admirava muito, saiu pelo mundo quando ela ainda era apenas uma criança e, apesar de dar duro, esperando-o, guarda muita mágoa por ele ter abandonado seu posto e a ela para seguir o seu sonho, que para garota era tão banal, comparado ao compromisso que tinha. Depois de conhecer Yuzu, automaticamente passou a não gostar dela, e o beijo que deu não foi nada para ela, era apenas com a intenção de manipular e fazê-la ficar quieta. Ela nem havia imaginado o estrago que havia causado. Acho que ela nunca imaginou que, por causa desse beijo, deixaria sua irmã consciente dela. Depois de passar por diversas situações em que era salva por Yuzu, ela passou a perceber o quanto era vazia. Apesar de não estar disposta a aceitar os sentimentos da sua irmã, ela estava sempre avançando nela, a procura de preencher esse vazio com a luz que só a Yuzu tinha.


            Harumi Taniguchi é a primeira e única amiga de Yuzu nessa nova escola. É uma garota alegre, gentil, perspicaz e descontraída. Apesar dela se manter discreta na escola, revela também ser uma Gyaru. Foi ela que explicou como funcionava a escola para Yuzu e ensinou os macetes para passar despercebida em certas situações. Harumi é bem determinada e, por isso, apesar de conviver todos os dias em uma escola conservadora, ela está disposta a manter seu eu verdadeiro, mas sem problemas, sendo discreta, pelo menos, na escola. Apesar de ser assim que pensa, as coisas podem perder a estabilidade, uma vez que sua irmã mais velha, superconservadora, antiga presidente do conselho estudantil, aparece. Ela se torna um gatinho assustado e oprimido.


Himeko Momokino é um membro do conselho estudantil. É uma garota rica, severa, inconstante e ciumenta. Quando não está na escola, se veste no estilo Lolita. É a amiga de infância e a mais próxima de Mei, por quem guarda um amor secreto por um longo tempo. Depois de notar a aproximação de Yuzu, a garota passa a ficar um tanto mais agressiva, deixando seus sentimentos evidentes. Para Himeko, o mais importante é proteger o coração de sua amiga, que já foi magoado demais. Ela acompanhou todas as fases dela e diz que nem sempre Mei foi fria como agora. Antigamente, costumava sorrir, mas sua responsabilidade, seu dever e a mágoa por seu pai ir embora a mudaram.  Himeko entra em uma grande competição com Yuzu em busca de atenção de Mei, mas acabam virando amigas, depois de perceber o bem que Yuzu estava fazendo na vida de sua querida e amada amiga.


Matsuri Mizusawa é amiga de infância de Yuzu. É uma garota travessa, inteligente e precoce. Por seus pais viverem sempre dedicados ao seu trabalho, Matsuri vive sozinha e, por não ter ninguém controlando, está sempre aprontando, para sair do tédio. Para conseguir mais dinheiro para poder se divertir, a garota envia vídeos de masturbação por aplicativo para velhos, no entanto, ela diz só fingir ser dela, pois, na verdade, são vídeos que ela encontra na internet. A garota fica enciumada quando descobre que Yuzu tem uma nova irmã e, por sinal, ainda está apaixonada por ela. Então, passa a causar várias situações para separá-las e salvar a pureza e bondade, que poderá ser manchada pela frieza e pelo coração sombrio de Mei. 


            Sara Tachibana é uma garota muito fofa, sonhadora, gentil, determinada e alegre. Tem uma irmã gêmea e são muito apegadas uma à outra. Sara acredita genuinamente em destino e se apaixonou à primeira vista por Mei, a pessoa do seu destino. O destino parecia querer pregar uma peça na vida dessas meninas, e fez Yuzu e Sara se conhecerem e virarem amigas, apoiando uma à outra em seus amores, sem ter ideia de que amavam a mesma pessoa. Quando, finalmente, podem confessar seus sentimentos, apesar de estar vivendo o melhor momento de sua vida, acabou descobrindo que ela e sua amiga gostavam da mesma pessoa. Sara ficou um tanto abalada com isso, me pergunto o que fará a partir de agora. O que o destino reserva para essas três?
            Eu gostei muito do anime, seguiu com perfeição a história original. Achei uma pena não terem continuado nas melhores partes da história. Nesse momento, o mangá está em uma parte bem tensa e estou ansiosa para ver a conclusão disso. Então, com certeza, eu indico esse anime e o mangá, claro. INDICADÍSSIMO!!!



Gênero:    Romance, Yuri

Autor: Saburouta
Mangá:  9 Volume  ( em andamento)
Anime:    12 episódios 

0 comentário

Postar um comentário