Corpse Party ( J-Live-action)

           

            Como estamos em outubro, esse mês pede por terror, não é mesmo? É automático! Fora o horário de verão, que só falta nos deixar loucos, eu adoro essa época do ano. Encontrei esse live-action japonês na Netflix e fui assistir totalmente sem expectativa, afinal, poderia ser tão ruim quanto como o último que assisti, o “Kotodama” (clique aqui).  Porém, fiquei surpresa, pois achei muito bom. A produção foi até boa e os atores escolhidos se encaixaram muito bem aos personagens. Embora tenha algumas mudanças comparado ao anime, não houve nenhuma alteração que  comprometesse a originalidade. 


            Eu não fazia ideia que Corpse Party é dividido em várias séries, então acreditava que ele seguiria a mesma história do mangá que eu tenho, o “Corpse Party: musume”. Ele é MUITO icchi, por isso que, depois que li o primeiro volume, perdi o interesse. Ele conta uma história diferente e tem alguns personagens parecidos com a da primeira série, “Corpse Party: blood covered”, que é o mesmo da história do live-action. Também tem “ Corpse Party: another child”, que, pelo que analisei, tem uma história diferente e personagens bem diferentes das duas primeiras séries; e “Corpse Panty: book of shadows”, esse conta a história da menina de óculos que aparece nas duas primeiras séries. Ela não aparece no live-action.


            A primeira série tem um ova com 4 episódios. Eu não ia assistir, mas não resisti. Para ver se o live-action havia sido fiel, já que não li o mangá,  eu precisei ver por mim mesma. Não foi perda de tempo, pois é um anime muito bom, que compensa muito assistir. Primeiramente, "Corpse Party" era apenas um game de terror, mais tarde acabou virando mangá, com várias séries. Quem gosta de terror com certeza vai amar  acompanhar todas essas histórias, então fica minha dica de três estrelas para vocês. Um combo bem legal de  mangá, games, anime e filme.
            A história do live-action envolve alguns estudantes que, em uma noite de tempestade, estavam fazendo os preparativos para o seu último festival de cultura antes da graduação. A representante de sala da a ideia de fazerem um encanto chamado “Sachiko para sempre”, para que eles pudessem ficar conectados para sempre, mesmo depois da graduação. Nisso, a professora e a irmãzinha de um dos alunos, que chegaram no momento, acabam participando do ritual. Após concluírem, algo inesperado acontece: um terremoto. Quando se dão conta, estão em um lugar desconhecido, uma escola velha. Depois de explorar o local, se dão conta que estão em um dimensão diferente, em uma escola primária que foi demolida após um assassinato terrível. Agora, eles tem que lutar contra o sobrenatural para conseguir voltar para seu mundo com vida.


            Naomi Nakashima é uma vívida amiga de infância de Satoshi. Embora o trate a trancos e barrancos, a verdade é que ela se importa e gosta muito dele. Para ser mais direta, ela é apaixonada por ele. Quando estava nesse pesadelo, ela acabou se machucando, torcendo o pé, o que dificultou muito sua locomoção. Ficou muito chocada quando viu vários corpos destroçados diante de si e foi ajudada por sua amiga. O que me deixa um tanto de olhos revirados é como alguém que está em um lugar assustador daquele consegue dormir tão calmamente. Sim, a mocinha, enquanto sua amiga fazia o curativo, caiu no sono. Como assim??? Quem consegue dormir naquela situação???


            Satoshi Mochida é o medroso do grupo, porém o galã da história, já que é o crush das garotas da sala. Ele tem sua irmãzinha, Yuka, que acabou caindo junto deles nesse pesadelo. Embora seja um medroso, até que foi prestativo. Mas me diga quem deixa a irmãzinha ir sozinha ao banheiro ou a qualquer lugar sozinha em um lugar daquele???? Pelo amor! Eu fico impressionada como alguém pode achar que existe um lugar seguro quando estão envolvidos com o sobrenatural. Pelo menos verificasse o banheiro. Quem garante quem não tem um fantasma? Não!! Ele deixou a menina ir sozinha, claro que coisa boa não deu. Depois de se perder da irmãzinha, encontrou sua amiga de infância, Naomi, aterrorizada em um canto. Satoshi mostrou ter sentimentos por Naomi também .


            Ayumi Shinozaki, representante da sala, gosta de histórias de terror, mas na prática ela ficou bem aterrorizada. Acompanhada pelo Yoshiki, eles estão em busca de como voltar para o mundo real. Descobre que, uma vez que ajudem as três crianças mortas a se livrarem dos seus ressentimentos com os papeizinhos do ritual, podem voltar. Então, vão atrás para solucionar tudo para voltarem. Entretanto, Ayumi, que também gosta (revira o olho) do Satoshi, acaba sendo dominada pela inveja  da relação da Naomi com ele e acaba sumindo com o papelzinho da sua colega, entregando um papel falso para ela. Dizem que quem ri por último, ri melhor, mas a única pessoa que riu aqui fui eu mesma. Sei que não devo rir da desgraça alheia, só que não sou santa.


            Yoshiki Kishinuma é um garoto que intitularam de delinquente, mas o acho mil vez melhor que Satoshi. Gosto é gosto. Ele gosta claramente de Ayumi, mesmo irritado por ela não enxergá-lo por causa de seu amor por Satoshi. Talvez ele apenas não seja o tipo dela. Kawaisou (coitado), Yoshiki. Ele continuava preocupado, a protegendo e se ferrado por causa dela. Que lindo!!!  No final, ele foi um verdadeiro herói para ela e se lascou, maravilha!!


            Seiko Shinohara é uma menina bem alegre, que ama sua amiga Naomi. Não só como amiga, muito mais que isso. Ela sabia dos sentimentos da amiga e apoiava, mesmo que fosse doloroso. Estava disposta apenas a continuar ao lado dela, o que já era suficiente. Ajudou a amiga, se preocupou com ela e, no fim das contas, sua amiga feriu seus sentimentos, o que a fez sair por aí sozinha. Já sabemos que quem sai por aí sozinha, geralmente, nunca acaba bem, não é mesmo???


            Mayu Suzumoto é uma garota meiguinha, que ama seus amigos. Está sempre junto de Sakutaro, que ela chama carinhosamente de irmão. Perdida, sozinha nesse pesadelo, acaba conhecendo os fantasmas de duas crianças, com as quais ela fica conversando alegremente, como se não fosse estranho. Quando Ayumi e Yoshiki a encontram, tentam afastá-la dos fantasmas.  Ela diz que não pode deixá-los sozinhos e que eles são bonzinhos. É verdade, eles mostram ser muito bonzinhos quando fizeram aquela coisa medonha com ela. Kawaisou, Mayu...


            Sakutaro Morishige é um rapaz  que tem uma feição intelectual. Não tenho certeza sobre sua verdadeira personalidade, entretanto, ele aparentou ser bem insano.  Não ficou aterrorizado diante dos cadáveres, mas sim excitado. Antes de perder a cabeça completamente, está muito preocupado com a Mayu, a quem ele parece ser bem preocupado. No anime, ele diz que é por causa dela que ele é capaz de ser uma pessoa melhor. Sem ela, Sakutaro perde o controle de si.  Ele se tornou bem assustador.


            Yuka Mochida, irmãzinha de Satoshi, é uma fofinha. Gosta muito de seu irmão e, em uma situação tensa como aquela, se encontra apertada para fazer o número 1.  Depois de se perder do seu irmão, ela se encontra desesperada pela escola quando se depara com Sakitaro totalmente louco. Com medo, se esconde dele e conhece uma garotinha de cabelos pretos e vestido vermelho, que a ajuda a fugir. Entretanto, ela acaba caindo na mão do pior fantasma possível. Pobre Yuka, sofreu muito nas mãos daquele fantasma.


            A sensei Yui foi a primeira a se ferrar. Quando a vi ali, no meio daqueles adolescentes, pensei: essa vai ser a primeira. Nessa história tem três crianças, duas delas foram mortas pelo fantasma da garotinha chamada Sachiko e a outra a própria. O zelador da escola, que foi obrigado a ajudar como fantasma, anda pela escola com um martelo, matando quem encontra em sua frente. A Sachiko é a fantasma rancorosa, que fez toda essa situação. Quase no final, conhecemos toda a  história dessa garotinha assustadora.

            É um filme muito bom. Não sei se posso dizer que me fez muito medo, sou estranha sobre isso. Só que, se analisar que eu ando me assustando facilmente, posso dizer que fez efeito sim. Então, tudo muito indicado: anime, mangás e o live-action. Aproveite que, quem tem Netflix, pode assistir com ótima qualidade.

Gênero:  terror,  suspense, horror, Sobrenatural
Filme:   1
Anime:   4 Episodio
Ova:   1 episodio
Mangá:   10 Volumes
Outras series mangás:   cada um com 3 volumes
Onde Assistir:  


Netflix

0 comentário

Postar um comentário