Loveless


           

           Esse anime é um dos shounen-ai mais amorzinhos que conheço. São muito poucos nesse gênero que gosto, mas por "Loveless" eu tenho todo um apego especial, porque sou completamente apaixonada pela fofura do protagonista. Foi em 2012 que eu o encontrei. Naquela época, eu era a louca dos yaoi (boy love).
            Esse anime é a adaptação do mangá, que foi lançado em 2002 e ainda se encontra em andamento, embora esteja em hiato há uns cinco anos, o que me deixa bem zangada, porque faltam só 3 volumes para acabar a história. Pesquisei o que tinha acontecido com autora e fiquei mais zangada ainda quando descobri que ela deu pausa em "Loveless" porque está se dedicando a outro mangá. Termina "Loveless" logo, poxa! Pelo que vi, essa autora é bem acomodada. Nos créditos finais do mangá, ela deixava isso bem claro. Haja paciência!


            A editora Newpop trouxe essa história para o Brasil. Fiquei transbordando de felicidade. Claro que comprei cada um dos volumes. No momento, estamos parados no volume 7. Não sei se estão esperando a mangaka voltar do hiato para continuar, mas já tem 3 volumes  prontos, não sei porquê pararam. Se eles ousarem cancelar a publicação, vou ficar bem irada. O anime foi lançando em 2005, a qualidade não é das melhores, por ser antigo, mesmo assim, é muito bom poder ver o Ritsuka. Ele só falta me matar com sua fofura. Consigo entender perfeitamente como Soube deve se sentir.  Infelizmente, a história não foi tão longe. Provavelmente, por a história estar em andamento, eles inventaram um final que nos deixa intrigados. Talvez foi isso que me levou a ler o mangá pela primeira vez. Naquela época, eu não achei todo traduzido e arrisquei, novamente, ver em inglês.


            Antes de irmos para história, preciso explicar umas coisinhas. Essa história ocorre em um mundo fictício, onde os personagens são kemonimimi. Eles têm características de gato e desde o nascimento todos têm orelhas e rabinhos. No entanto, eles perdem as orelhinhas e o rabinho quando perdem a pureza, se tornando adultos. Outra coisa, é que nessa história existem umas pessoas que contêm poderes especiais, que não são conhecidas por pessoas comuns. Essas pessoas têm um nome que reflete sua habilidade e que aparece em seus corpos como tatuagem. As pessoas de nomes iguais estão destinadas. Através de seus nomes, eles compartilham um elo inquebrável, pertencendo um ao outro e formando uma dupla: um é o sentoke (combatente) e o outro o sacrifício. No entanto, entre eles existem os sentoke que são em branco, esses podem se unir a qualquer um, uma vez que o sacrifício marque seu nome. O sentoke luta pelo sacrifício e o obedece. O sacrifício é quem coordena a batalha e serve para dar potência ao poder do sentoke. Assim, eles entram em uma batalha mágica, invocando palavras.
            A história gira em torno de um garoto de 12 anos que, desde um terrível acontecimento há dois anos, luta desesperadamente para recuperar suas memórias e o seu próprio eu. Além disso, ainda sofre com o falecimento do seu irmão mais velho, a única pessoa que confiava, que foi assassinado e carbonizado na sua frente, na sala de aula do garoto. Ao recomeçar em uma nova escola, tentando carregar todo um fardo pesado demais para uma criança, ele tem tentado seguir em frente. Então, no final do seu primeiro dia de aula, na frente da escola, acaba conhecendo um jovem homem misterioso, que diz ser conhecido de seu irmão. Empolgado por conhecer um amigo de seu irmão, o convida para fazer memórias, que para esse garoto, que tem tanto medo de esquecer novamente algo importante, tirar fotos é a forma de registrá-las.


            Depois de passar alguns momentos juntos, o jovem homem diz ser o sentoki (combatente) de seu falecido irmão e que havia sido ordenado a se tornar sentoki do irmão mais novo. Assim, o garoto viraria seu sacrifício e seu relacionamento se tornaria de sentoki a servo e de sacrifício a mestre. O garoto estava totalmente confuso, sem entender nada do que isso significava, então o homem rouba um beijo e forma um laço. Logo em seguida, entra em combate com duas pessoas estranhas. O menino estava totalmente perdido, sem entender o que estava de fato acontecendo. Quem é esse homem, afinal? Após presenciar seu primeiro combate, o garoto fica mais ciente sobre uma realidade totalmente desconhecida. Eventualmente, ele descobre quem são os envolvidos na morte de seu irmão, então ele junta forças com o sentoki de seu irmão para que possa encontra-los. No entanto, será que ele pode confiar nesse homem? O que de fato aconteceu? Que mundo é esse totalmente desconhecido?


            Ritsuka Aoyagi é um garoto extremamente adorável, que dá vontade de por em potinho. Apesar de seu olhar frio de primeiro impacto, na verdade, ele é delicado, puro e doce. Um garoto que, apesar de ter 12 anos, é muito responsável e tem um espírito muito forte. Ele acredita genuinamente que o seu eu de agora não é o seu verdadeiro eu. Em casa, ele sofre abusos de sua mãe, que está sempre agredindo-o fisicamente e psicologicamente, mesmo assim, ele apenas aceita isso sem falar nada a ninguém, embora isso seja algo bem evidente, já que ele está sempre cheio de curativos por todos os lados. Acho incrível como ninguém faz nada a respeito, inclusive o frouxo do pai dele, que quase nem aparece. Ritsuka faz tratamento psicológico e a mãe dele também deveria, pois está mais do que na cara que ela tem sérios problemas psicológicos.


“Eu nunca me tornarei propriedade de alguém, porque pertenço a mim mesmo, como meu próprio ser.”
            Na escola, ele arma barreiras afastando as pessoas, o que não significa que ele não queira amigos. Nessa nova escola, uma garota chamada Yuiko grudou nele que nem chiclete e agora eles são bons amigos. No começo, ele é sempre frio com as pessoas, mas, uma vez que as conhece melhor, se torna muito doce, o que acaba conquistando totalmente o coração das pessoas. Conhecer o homem misterioso que se chama Soubi mudou muito sua vida. Apesar de parte dele não confiar de jeito algum, outra parte sentia forte necessidade de estar sempre perto dele, um sentimento diferente, que nem ele entendia. Ritsuka parece ser frágil, o que da vontade de protegê-lo, mas estamos enganados, pois ele é muito mais forte do que pensamos. Mesmo a mãe dele sendo como é, ele não a odeia. Claro que tem aqueles momentos de ódio, mas ele a ama muito.  Ritsuka deseja mais que tudo ser amado. Antes, ele acreditava ser amado por seu irmão e isso era suficiente para ele.


(Atenção: spoiler!!!)
            Uma das coisas que tive noção, depois de ler três vezes o mangá, é que, na verdade,  o Ritsuka não tem distúrbio de personalidade. De fato, ele esqueceu algo do passado, mas por causa do trauma. As mudanças de personalidade, não acredito que aconteceram. Na verdade, acho que o fato dele esquecer as coisas e a mãe dele ficar jogando na cara que ele não é o Ritsuka, o fizeram acreditar que o seu eu não era o verdadeiro. Acredito que o verdadeiro problema é sua mãe, que é alguém que tem mexido em seu psicológico por tratar o Ritsuka dessa forma. O que me faz pensar é o porquê queimaram o irmão dele na sua escola, sentado em sua carteira, na sua frente. Quem fez isso queria causar alguma coisa diretamente ao pobre garoto. O pior é que isso é só a ponta do iceberg. Muitas coisas difíceis estão para acontecer, tudo isso está relacionado ao irmão mais velho.
(Fim do spoiler, por hora.)


            Soubi Agatsuma é um jovem muito bonito de 20 anos, universitário e cursa artes.  Seu passado é um tanto perturbado. Perdeu seus pais aos 6 anos de idade e, então, passou a viver com um amigo de sua mãe, que é um professor de uma escola de  pessoas especiais com poderes, os sentokes e os sacrifícios. Esse homem praticou todos os tipos de tortura com o pobre para torna-lo um sentoke muito poderoso. Soubi é um sentoke em branco, o que quer dizer que poderia pertencer a qualquer sacrifício que o quisesse. Mesmo sendo tratado das piores maneiras por esse professor, ele se apegou e sempre acreditou que seria o sentoke dele, no entanto, acabou virando o do Seimei, o adorável irmão de Ritsuka. A sua experiência não foi das melhores ao lado dele, no entanto, fizeram um elo inquebrável.


            Depois da morte de seu sacrifício, ele passou a viver feito um zumbi. Ficou esperando que o irmão mais novo viesse buscá-lo, mas, cansado de esperar, foi ele mesmo até o garoto. Seimei havia ordenado que, se algo acontecesse, era para que ele se tornasse o combatente de seu irmão mais novo, que não era para contar nada a respeito de uma série de coisas e que, para formar um laço com o garoto, ele teria que dizer que o amava o tempo todo e cativa-lo. Quando conheceu o Ritsuka, não fazia ideia do quão adorável aquela criança era. No começo, ele estava apenas cumprindo ordens, mas logo  ficou totalmente cativado pelo garoto, então suas palavras não eram mais mentiras. Ele realmente estava amando o garoto. Para Soubi é muito importante, é uma necessidade ser mandado e ser tratado como servo. É algo tão importante quanto respirar. É meio masoquista, mas quem pode culpá-lo? Foi criado dessa forma. No entanto, por mais que ele implorasse para Ritsuka tratá-lo como objeto, ele não concordava de jeito algum com isso, o que tornou difícil eles fazerem um laço de combatente e sacrifício. No entanto, o laço sentimental com certeza existia entre eles, uma pena não ser suficiente.


            Seimei Aoyagi é irmão mais novo de Ritsuka, um dos mais misteriosos personagens. Para Ritsuka, ele era um irmão maravilhoso, gentil e amável. Para outras pessoas, ele era impiedoso e desumano. Qual é a verdade? Apesar de um ou outro dizer essas coisas ruins a seu respeito, há quem diga que ele era uma pessoa muito popular, que estava sempre cativando as pessoas. Seimei era adorado por sua mãe. Antes, achava que ela havia pirado por causa da morte dele, mas depois vi que não, antes disso ela já  era assim. Ele foi supostamente morto pela sete luas, que é uma organização especial, nesse mundo de sacrifício e combatente que ele fazia parte. Ele deixou um testamento para Ritsuka, dizendo que deixaria seu combatente. 


(Atenção: spoilers!!!)
“Pode-se desistir facilmente do amor. Coisas como ódio podem mudar em um instante, mas algo como controle dura para sempre.”
            A verdade sobre Seimei aparece no mangá, começando por ele não estar morto. Ele é um personagem complicado, não dá para entender suas reais intenções e qual é o seu verdadeiro eu. O que é certo é que ele não é flor que se cheire, pois é capaz de você morrer envenenado. Seimei está se escondendo em algum lugar e, agora, está com o seu verdadeiro combatente, aquele que compartilha o mesmo nome de nascença que ele. O que não consigo entender é a intenção dele sobre o Ritsuka. Parece que Seimei tem um amor totalmente obsessivo por ele. O que ficou claro é que culpa da loucura da mãe é dele. A minha teoria é que o esquecimento do Ritsuka também é culpa dele.


          Agora, não sei se foi por causa do trauma ou se o pobre garoto viu seu irmão fazendo algo terrível, o que o fez ter medo e, então, ele fez algo para o garoto esquecer, por não suportar ser odiado pelo seu irmão amado. No entanto, pode não ser nada disso. O que me deixa confusa é se ele realmente ama o Ritsuka, se isso que ele faz é para prejudicar o menino ou para encurralá-lo para que ele só o tenha, só precise dele e só o ame. No volume 7, ele deixa claro que no mundo só existe uma pessoa por quem ele quer ser amado, e é pelo Ritsuka. Bom, o certo é que ele é sádico, vai ver que é por isso que tortura o coitadinho. Ele diz, também, que só está testando o amor do irmão.
            Tem muitos outros personagens que gostaria de falar, mas só falando desses três o texto ficou enorme. Espero que a mangaka resolva continuar logo e pare de ser folgada.  Eu gosto muito desse anime, então sou suspeita. Espero não ter deixado vocês confusos.  Eu indico muito que assistam ao anime, mas, em especial, leiam o mangá, porque, como esperado, é muito melhor que o anime e mais detalhado. Vale muito a pena. Então, venha conhecer o Ritsuka. Ele é adorável, é sério. IDICADÍSSIMO!!!



Gênero:    Romance, Shounen-ai, Drama, fantasia, misterio
Autor: Yun Kouga
Mangá:  12 Volume 
Anime:   12 episódios 

0 comentário

Postar um comentário