Blood: The Last Vampire (live-action)

A primeira vez que vi o filme em anime, eu achei que era americano por causa do estilo da produção e os personagens, que falavam inglês, então desisti de ver. Por fim, encontrei o live-action e quase desisti quando percebi que poderia ser americano, por a maioria dos atores serem americanos. Ele até estava dublado, mas continuei assistindo quando reconheci a atriz que fazia a personagem principal, a qual eles diziam ser japonesa. Assim que bati os olhos nela, eu disse: essa mulher não é japonesa. Porém, eu tinha a sensação de já ter visto-a em algum lugar e, depois de analisar muito, percebi que era a atriz coreana Jun Ji-Hyun. Fiquei muito surpresa. Ela interpretou uma sereia recentemente em um k-dorama chamado “A lenda do mar azul”. Depois, também reconheci a atriz japonesa Koyuki, que fez "Kimi wa petto".


O live-action é um pouco antigo e foi produzido por chineses. A maioria dos atores são americanos, por isso estranhei muito, mas a história pede por isso, então não é de se estranhar tanto. Entretanto, ainda é estranho. Depois de ver o live-action, me veio a necessidade de encarar o anime que, embora eu não goste da ilustração dos personagens, assisti e vi que tem muitas coisas diferentes, então gostei muito mais de como a história do live-action correu. Fizeram mangá e jogos baseado nessa história. E, por fim, inspirados nesse enredo, fizeram "Blood+" e "Blood C", já falei de ambos aqui. A narrativa corre um tanto diferentemente, mas é a mesma protagonista. Acredito que "Blood C" pode ser inspirado na história do futuro de Saya, depois do filme principal ( poderia, só que não é).


 A história gira em torno de uma moça misteriosa, que na década de 60 caça demônios que se alimentam de sangue humano, servindo de ajuda para uma organização secreta americana que, em troca, a paga com sua fonte de vida. Seu objetivo é, um dia, encontrar o líder desses demônios e vingar a morte de seu pai. Após terminar um trabalho, é designada a ir investigar uma escola na base área americana, que está instalada em Tokyo por causa da guerra no Vietnã. Por não haver japoneses nessa escola, Saya acaba chamando muita atenção. Quando uns demônios disfarçados de garotas tentam matar uma estudante, ela a salva. Porém, a garota que testemunha aquela situação assustadora de um suposto assassinato começa a levantar suspeitas sobre a jovem ser a assassina, envolvendo até seu pai, que é general da base área. Todavia, a realidade pode ser muito mais assustadora do que um simples assassino.


Saya Otonashi, uma mulher misteriosa, metade humana e metade demônio, filha de uma original, é a única com força suficiente para combater de frente, com sua espada sagrada. Já viveu 400 anos. Deixou o amor e uma vida normal para ir atrás daquele que matou seu pai e todos que ela amava. Saya é um verdadeiro soldado que não mostra emoções, mas não quer dizer que não as tenha. É uma verdadeira máquina de matar. No anime diz que é um demônio, mas no filme diz ser uma espécie de vampiro. Na dúvida, coloquei demônio mesmo, que é tudo farinha do mesmo saco, por assim dizer.


            Alice Mckee é a filha rebelde e mimada de um general. Ela é comunicativa e animada, mas é um pouco excluída por ser filha de alguém da alta patente. Também não se esforça muito nas coisas e se acha um pouco. Depois de quase ser morta, o que ela nem percebeu, achou que era só uma briguinha entre adolescentes. Presenciou a morte das suas colegas, o que a deixou transtornada, em buscar a verdade. Depois de descobrir tudo, já era meio tarde: ela envolveu a família dela em algo muito perigoso, o que a custou muito caro.  No anime, Alice substituiu a enfermeira da escola, que descobriu a verdade de maneira bem cruel,  mas as duas foram taxadas de loucas, no fim.


            Onigen é o vampiro original. É apenas citado no live-action. Depois de Saya matar muitos demônios, ela foi atrás de quem estava aniquilando sua espécie. Durante a luta das duas mulheres, algo que eu já havia suspeitado é revelado.

            Eu ia parar de assistir, mas, no fim das contas, resolvi ir até o fim e falei "ainda bem". Eu gostei bastante do live-action, achei melhor que o anime. Então, indico com certeza, mas logo aviso: é antigo e achei dublado. 


Gênero:   Horror,  Sobrenatural,  Vampiros
Autor: Katsuya Terada

Anime:  1 ova

Live-action:  1  filmes


Onde Assistir:  

0 comentário

Postar um comentário