Itazura na kiss / Mischievous Kiss:Love in Tokyo ( J-Drama)

     
          Esse foi um dos primeiro animes que assisti, depois dos clássicos, é claro. Digamos que, até eu assistir "Tsubasa Chronicles" e "Itazura na kiss", eu não fazia ideia de que poderia ter acesso aos outros animes. Tudo que eu conhecia eram os animes que passavam na tv aberta. Eu era uma alienígena? Talvez! Uma garota que era uma boa amiga na época me mostrou esse horizonte e me indicou vários animes. Nessa lista, claro, tinha "Itazura na kiss". Eu amo esse anime e todas as versões dos doramas. Ele segue uma linha bem clichê, entretanto, eu amo a forma completa que a história acontece, como o se apaixonar, conquistar, casar, a vida de casada, enfim, tudo aquilo que fico imaginando toda vez que leio uma história e ela acaba somente ou até onde, finalmente, o casal fica junto ou se casam. Esse anime é diferente, pois tem todo o desenrolar, por isso eu amo.

            O mangá foi lançando em 1990, ou seja, essa história tem a minha idade. Não foi terminada porque o autor faleceu antes de concluir, por esse motivo vão notar que cada versão de doramas tem um final diferenciado. O anime foi lançado em 2008, mas tem uma qualidade muito boa. Eu sou suspeita, porque realmente amo essa história, que me fez rir, chorar e sentir raiva. Quando o assisti pela primeira vez, revi umas 5 vezes só no mesmo mês. O primeiro dorama foi lançando em 1996. Esse ano, finalmente o achei e  assisti. Achei muito legal, apesar de ser antigo. Porém, o primeiro dorama que assisti mesmo foi "Playful Kiss", a versão coreana. Muitas pessoas não gostam, mas eu amo, mesmo não sendo uma das melhores versões. Ele está disponível na Netflix.



            Logo em seguida, encontrei a versão taiwanesa, "It Started With a Kiss" e a segunda temporada, "They Kiss Again". É MUITO antigo, mas até então ele era o que mais seguia à risca a história, de forma maravilhosa, então me apaixonei. Finalmente,  bem recentemente, lançaram um remake de tamanha perfeição, feito no Japão, "Mischievous Kiss: Love in Tokyo". Tem duas temporadas. Ele segue com muita perfeição o anime, incrementando algumas coisas que foram cortadas. É o meu favorito, até agora. Já vi 4 vezes. Recentemente, também foi lançada a versão tailandesa, "Kiss me". Eu gostei do dorama em si, mas como versão, achei fraca. Ano passado, foi anunciado que vai sair no Japão um live-action. Eu não estou empolgada, porque acho que o último que saiu já foi perfeito e não há a necessidade de mais.



            A história gira em torno de uma estudante apaixonada que, um dia, finalmente decide declarar seus sentimentos a um aluno muito popular e inteligente de sua escola. Entretanto, quando ela vai entregar sua carta cheia de amor, o garoto a olha com desprezo e diz que não quer. Um buraco negro simplesmente se abriu diante de seus olhos. Depois dessa desilusão amorosa, que rendeu a ela ser motivo de fofoca e chacota pela escola inteira, não poderia dar nada mais errado em sua vida. Era o que ela acreditava, entretanto, a pobre só estava sendo otimista. Ao finalmente se mudar para sua nova casa, um meteorito acaba a atingindo. Sem ter onde morar, um amigo de seu pai os convida para morar junto de sua família. Ao chegar à casa, ela ficou um pouco surpresa com o nome semelhante ao de alguém que ela conhecia, entretanto, como os amigos que a receberam de braços abertos não aparentavam com tal pessoa, ela apenas  aceitou como uma coincidência.
            Só que o destino estava confiante em pregar muitas peças na vida dessa jovem, ou talvez apenas tentando dar uma ajudinha para a felicidade dela, quem sabe? Enquanto conversavam, o filho da casa chegou. Ela não conseguia acreditar no que estava vendo. Tamanho foi o susto que levou, ao ponto de gritar como se tivesse visto algo aterrorizante. Sim, sim!!! A pessoa que estava diante dos seus olhos era o rapaz de quem gostava e que a tinha rejeitado há alguns dias. Qual é a chance de uma casa ser atingida por um meteoro e, depois, ir morar junto do garoto que gosta, mas que te rejeitou?? Isso é um presente ou uma tortura? E se for, qual dos dois estará ganhando o presente e quem estará sendo torturado?? A partir de agora, uma onda de emoções irá começar.



            Kotoko Aihara é uma garota distraída, desajeitada, alegre, romântica e muito sentimental. Não é boa nos estudos e por esse motivo faz parte da classe F. Não sabe cozinhar, entre outras coisas. Entretanto, ela  tem facilidade em  trazer alegria  por onde passa, fazer novos amigos e seu jeito sonhador induz as pessoas a sonharem também. Embora não seja inteligente, uma vez que decide alguma coisa, é muito determinada e se esforça até conseguir. Ela vive com seu pai viúvo, que é chefe de cozinha e tem um restaurante de comidas tradicionais japonesas. Quando tudo acontece e ela acaba indo morar na casa onde o garoto que amava morava, ela não sabia deduzir se era sorte ou azar naquele momento.



            Entretanto, quão mais próxima ela poderia ser dele se não fosse por essa oportunidade? Na escola, eles estavam distantes, afinal, ele era da classe A, a dos inteligentes. Essa era a chance única, ainda que um pedaço do orgulho dela dissesse no momento que foi rejeitada, de forma tão cruel, e que iria desistir desses sentimentos unilaterais de dois anos vendo-o pelas manhãs e seguindo-o até a escola. Mesmo ele sendo tão frio, ela não conseguiu deixar o que sentia de lado. Depois disso, ela que era apoiada pela mãe dele. Virou a casa de cabeça para baixo e, mesmo que ele rejeitasse mil vezes, ela continuava fortemente com seus sentimentos e dizendo o que sentia. Alguns vão dizer que é uma garota tola, porém, embora ela tenha sofrido tanto para conseguir alcançar o coração dele, a verdade é que ela é admirável por amar tanto um cara como esse e ainda ter conseguido fisgá-lo.



            Naoki Irie é um rapaz frio com a maioria das pessoas, bonito e muito inteligente, com o QI de 200. Não é muito de estudar, já que ele consegue lembrar de tudo que lê. É sempre o primeiro da classe, com a nota mais alta. Por ser tão inteligente, o rapaz não tem sonhos e nem ambições, afinal, ele pode conseguir fazer qualquer coisa. Como não precisa se esforçar demais para conseguir conquistar algo, nada tem muita graça para ele. Naoki é bom em tudo que faz, seja esporte e coisas de casa, como cozinhar. É bem popular entre as meninas, embora não mostre nenhum interesse. Kotoko virou a vida dele de ponta-cabeça. Por mais que ele quisesse simplesmente fingir que ela não existia, era quase impossível, já que a moça não era muito discreta com seus sentimentos.



            Sua vida pacífica acabou a partir do momento que ela passou a viver em sua casa. Se eles não passassem a conviver juntos, acredito que o Naoki nunca teria notado como sua vida era tediosa. Foi por ela ficar o envolvendo em suas confusões que ele passou a sentir, pela primeira vez, raiva, frustrações e outros sentimentos que ele nunca havia sentido. De certa forma, ele conseguiu sentir excitação quando essa onda de sentimentos vinha como uma tsunami toda vez que ela invadia sua vida. Então, tê-la por perto, embora o fizesse passar por situações irritantes, não era tão ruim. Kotoko foi a pessoa que deu direção à vida dele. Ela o ajudou a encontrar um sonho, quando disse que, com a inteligência que tinha, poderia ser um médico e salvar muitas vidas. Quem sabe em que momento a jovem atrapalhada conseguiu mesmo conquistar o coração desse rapaz frio? Naoki é insuportável em muitos momentos. Eu sempre pensava que nunca conseguiria suportar um cara como esse. Porém, tinha momentos, nos poucos momentos, em que ele deixava sua frieza e era realmente um cara legal.



            Machiko Irie é a mãe do Naoki, a melhor sogra ever. É uma mulher alegre e seu sonho era ter uma menina, porém seus filhos nasceram todos homens. Ela ama fotografias. Machiko-san é uma mãe bem controladora, entretanto, é porque quer o melhor para seus filhos, como toda mãe. Se você olha pelo lado de um filho, pode ser que você fique frustrado de como ela quer controlar tudo, mas olhando como nora, uma vez que ela gosta da garota, como a Kotoko, a qual ela  simplesmente adorava, ela vira uma verdadeira fada-madrinha. Eu ficava vendo aquilo e pensando "quero ser uma sogra assim". A senhora Irie está sempre com sua câmera, registrando os melhores momentos dos dois, dando a maior força para Kotoko fisgar o coração do Naoki e ainda  ajudando-a a se livrar da concorrência.



            Shingeki irie é o pai do Naoki, um  senhor alegre que tem uma empresa de games. Durante a história, ele precisou fazer uma cirurgia, o que fez o Naoki cuidar da empresa por um tempo até a sua melhora. Ele é um amigo muito íntimo do senhor Shigeo Aihara, pai de Kotoko. Eles passaram muitos momentos se ajudando, quando jovens. Têm uma linda amizade de muitos anos.


Coloquei essa foto dele adolescente, mas quando historia começa ele ainda é uma criança.
            Yuuki Irie é o irmão de Naoki. É um tanto frio como ele, bonito e inteligente. Está sempre chamando a Kotoko de estúpida e, no começo, não gostava dela por ela ter roubado seu quarto. Porém, depois dela ter virado a casa de cabeça para baixo e ter o ajudado em alguns momentos, ele começou a gostar dela um pouco. No dorama, uma garota que era parecida com Kotoko em matéria de inteligência começou a gostar dele, claro que o rapaz passou a rejeitá-la. Porém, com a ajuda da  Kotoko e da senhora Irie, que gostou dela, a garota teve uma hiperajuda. Garota de sorte. É uma gracinha o desenvolvimento da relação eles.        
            Kinnosuke Ikezawa é um rapaz alegre e otimista. Veio do interior para tentar uma vida diferente na capital. Acabou se apaixonando por Kotoko, a quem seguia e fazia de tudo por ela. Entretanto, um amor TOTALMENTE não correspondido. É um ótimo cozinheiro. Depois de terminar a escola e não ter conseguindo entrar na faculdade, resolveu seguir o rumo no qual ele tinha talento, treinando para ser um cozinheiro profissional e trabalhando  junto do pai da Kotoko. Ele seria perfeito para ela, afinal, se casassem, poderiam ser os sucessores do restaurante do pai dela. Mesmo ele se esforçando tanto e a seguindo para todos lugares, no final, não conseguiu ganhar o coração dela. Porém, mesmo ele achando que iria amá-la para sempre, não fazia ideia do que o destino reservava para ele.



            Christine Robbins é uma jovem estrangeira que, no anime, foi a noiva do Naoki em um casamento político arranjado. Porém, no dorama, ela é uma estudante de intercambio que acaba cruzando o caminho da Kotoko pelos campos. A senhorita Chris acaba por se apaixonar à primeira vista por Kinnosuke. No anime, como está sendo obrigada a  ser noiva de Naoki, ela apenas guarda para si e só depois que tudo acaba ela declara. Porém, no dorama, ela conhece-o quando a Kotoko a leva para jantar no restaurante de seu pai e declara seu amor à primeira vista, dando um beijo que o faz desmaiar. Uma das coisas mais engraçadas é quando ela diz para Kotoko que ela tem mau gosto para homens e que o Naoki era feio, porém Kinnosuke era lindo. Racho de rir. Muito engraçado. Aqui está outra garota que deu duro para conquistar o coração desse japa, que só tinha olhos para a Kotoko.



            Yuko Matsumoto é uma mulher linda, inteligente, quase uma fotocópia de Naoki. A diferença é que não chega a ser tão inteligente quanto ele. Ela é apaixonada por Naoki e foi estudar nessa faculdade de pouco prestígio para poder ficar perto dele  e conhecê-lo. A moça parecia confiante de seus dotes e que iria conquistá-lo, com certeza. Ela não contava com uma rival que, em matéria de persistência e amor por ele, não perdia para ninguém. 



            Muito outros personagens interessantes vão aparecendo, como as amigas de escola e faculdade da Kotoko, que ficaram ali apoiando a garota. Depois, ela mudou de curso para enfermagem e fez novos amigos, inclusive um deles se apaixonou por ela e deu a maior dor de cabeça para Naoki, que mostrou, pela primeira vez, ciúmes. Ele acredita que foi a primeira vez que sentiu ciúmes, mas eu não acho. Já o vi ter ciúmes outras vezes. Teve a jovem japonesa que ficou noiva do Naoki por um tempo, era uma jovem muito linda.
            Essa historia é maravilhosa. Eu sei que o cara principal pode parecer um babaca várias vezes, mesmo assim, não consigo não gostar dele. As poucas vezes que ele demonstra sentimentos são tão marcantes, que acabamos por esquecer de tudo.  Sou suspeita, mas eu indico mesmo, tanto o dorama quanto o anime. Se você curte uma história de romance bem desenvolvida, cheia de altos e baixos, porém completinha, assistam. IDICADÍSSIMO!!!


Gênero:     Romance, drama
Autor:   Kaoru Tada
Mangá:   23 volumes
Anime:   25  Episódios

Dorama:  32  EpisódiosOnde Assistir:  
Netflix

0 comentário

Postar um comentário